Brasil tem kit inédito para diagnóstico de HTLV
fev27

Brasil tem kit inédito para diagnóstico de HTLV

O Brasil está na liderança de importante conquista na área da saúde. A notícia é da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos). Pesquisadores do Centro de Terapia Celular do Hemocentro de Ribeirão Preto (SP) desenvolveram, com apoio de R$ 1 milhão da Finep, um kit diagnóstico capaz de confirmar, com 100% de acerto, a infecção por HTLV. Da mesma família do HIV, com a diferença de não causar a imunodeficiência, este vírus também é transmitido por relação sexual desprotegida, compartilhamento de agulhas e seringas e da mãe infectada para o filho, principalmente pelo aleitamento materno. Estudos mostram que, do total de infectados, entre 1% e 5% irão desenvolver alguma doença relacionada ao HTLV. O tipo I é associado a doenças graves neurológicas degenerativas e hematológicas, como a leucemia e o linfoma (tumor) de células T, responsáveis pela defesa celular. São elas que regulam o funcionamento do sistema imunológico. Já o segundo tipo ainda não se tem esclarecida a ligação com enfermidades. O projeto do kit diagnóstico foi financiado pela Finep por meio de chamada pública destinada a apoiar projetos de instituições públicas de ensino e pesquisa desde que desenvolvidos em parceria com uma empresa. A empresa Gene ID, parceira do projeto na chamada pública, é a candidata natural a produzir o kit. Metodologia atual Hoje, um exame de sangue de rotina pode indicar a possibilidade de infecção pelo HTLV, mas há necessidade de confirmação do diagnóstico. “Nem todo exame positivo se confirma”, afirma o professor Dimas Covas, médico especializado em infecções transmitidas pelo sangue. Daí a relevância deste diagnóstico, já que a doença leva anos para se manifestar. Segundo Covas, a certeza da infecção permite o correto acompanhamento do paciente, o aumento da segurança em casos de transplante e transfusão de sangue, além de evitar a transmissão da mãe para o filho, hoje considerada a principal via de contaminação. Na atualidade, a única forma de confirmação do HTLV é pelo exame western Blot, que não é 100% seguro. Ele busca no organismo evidências indiretas da infecção, como a detecção de anticorpos contra o vírus. Ao contrário, o kit desenvolvido pelo Hemocentro utiliza tecnologia molecular, o que permite a busca direta do vírus no organismo. Outro diferencial refere-se ao valor do exame. Enquanto o importado sai por R$ 170,00, o teste nacional tem custo estimado em R$ 10,00, ou seja 17 vezes menor. A Finep é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. seu objetivo é fomentar a ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou...

Leia mais
ETIs oferecem oito horas de estudos
fev26

ETIs oferecem oito horas de estudos

Escolas de Tempo Integral (ETIs) têm mais de 200 mil alunos da rede pública. Estudantes passam oito horas por dia na escola e recebem três refeições. Mais de 200 mil jovens recebem educação em tempo integral no Estado de São Paulo. Estes alunos da rede pública de ensino passam oito horas por dia na escola e recebem três refeições, preparadas por nutricionistas. O Governo do Estado também inova criando o Vence, programa que permite ao aluno conciliar o Ensino Médio no período matutino e Ensino Técnico à tarde. Ao todo, 64 mil alunos já receberam certificado técnico, garantindo qualificação para o mercado de trabalho. Do Portal do Governo do...

Leia mais
Copa SP 14 incentiva prática esportiva
fev26

Copa SP 14 incentiva prática esportiva

A posição da revista e do site Alô Tatuapé não mudou quanto à realização da Copa Mundial de Futebol no Brasil, somos contra até que diversas questões ligadas à qualidade de vida dos brasileiros sejam resolvidas e os gastos com o evento tivessem sido organizadamente distribuídos para tanto. Mas uma iniciativa da Prefeitura de São Paulo ligada a Copa 2014, mostra o quanto é possível fazer com tão pouco, usando apenas o que há disponível no aparato esportivo público. Acompanhe a notícia. Copa do Mundo: 572 garotos já estão em campo Cada subprefeitura montou uma seleção para disputar o campeonato que fará homenagem aos países que estarão na Copa do Mundo A partir desta semana, 572 garotos de 13 e 14 anos estarão no clima da Copa do Mundo. Organizada pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, a copa de futebol entre subprefeituras receberá até sexta-feira (28) as inscrições dos atletas, selecionados desde o início de janeiro em peneiras e jogos preparatórios nos campos de várzea cidade. Projeto inscrito no comitê oficial da cidade para a Copa do Mundo (SPCopa), o campeonato será disputado entre 15 de março e 3 de maio. Cada uma das 32 subprefeituras representará um dos 32 países que disputarão o mundial de futebol a partir de 12 de junho. O campeonato, apelidado como Copa SP14, tem por objetivo unir a prática esportiva, o bom desempenho escolar — todos os jogadores devem estar regularmente matriculados e terem frequência comprovada em alguma instituição de ensino — e o aspecto cultural, já que cada subprefeitura terá o envolvimento com uma nação. Dois critérios foram utilizados para definir qual subprefeitura iria representar cada país: afinidade com a colônia e sorteio. A Mooca, tradicional bairro italiano, por exemplo, vai jogar com a camisa da Squadra Azzurra. A Sub Santo Amaro, que vai defender as cores da camisa alemã, também tem relações históricas com imigrantes alemães. No final do século 19, germânicos e escandinavos se instalaram no Alto da Boa Vista, bairro de Santo Amaro. Nas demais situações, os atletas e a população local terão a oportunidade de conhecer mais sobre a cultura de outros países. Os jovens de São Miguel Paulista, por exemplo, serão informados sobre as peculiaridades do Uruguai, campeão mundial que já mandou uma série de materiais informativos sobre o turismo e a cultura locais. Já os meninos de Santana/Tucuruvi vão receber os folhetos enviados pelo Consulado da Bélgica. Locais dos Jogos — Cada subprefeitura utilizou uma forma diferente para montar sua seleção. Em Ermelino Matarazzo, zona leste, os garotos interessados em defender a Holanda participaram de peneiras. No Campo Limpo foram promovidas eliminatórias entre as equipes...

Leia mais
Inclusão para dependentes químicos
fev26

Inclusão para dependentes químicos

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta terça-feira, 25, a inclusão de dependentes químicos, em tratamento, no Programa Emergencial de Auxílio Desemprego (Frente de Trabalho). Em parceria com a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, a Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania irá oferecer reinserção social aos interessados, com tratamento, trabalho e capacitação profissional, dando ao participante a oportunidade de uma nova vida. “O tratamento do dependente é essencial e precisa de acompanhamento”, ressaltou Alckmin. O programa disponibilizará, inicialmente, 40 vagas da Frente de Trabalho para a contratação de interessados que aderiram ao Programa Recomeço. As primeiras 13 pessoas que já se inscreveram no projeto estão em tratamento no Centro de Referência de Álcool, Tabaco e outras Drogas (Cratod). Os participantes irão trabalhar nos prédios da Secretaria da Justiça, como auxiliares de serviços gerais e administrativos, ou no Cratod, oferecendo apoio a novos usuários em busca de tratamento/ajuda. Desde a criação do Programa Frente de Trabalho, é a primeira vez que as vagas são disponibilizadas a dependentes químicos em tratamento. O contrato da Frente de Trabalho terá duração de nove meses e prevê uma ajuda de custo mensal de R$ 395 (vale transporte e vale refeição). Os dependentes irão trabalhar de segunda a quinta-feira, seis horas por dia, devendo manter-se em tratamento no Cratod. Na sexta-feira, deverão participar de curso de capacitação profissional. Balanço O Programa Recomeço foi criado pelo Governo do Estado de São Paulo, no ano passado, para tratar dependentes químicos e familiares. Ações integradas entre as secretarias da Justiça e da Defesa da Cidadania, Saúde, Assistência Social e Emprego e Relações do Trabalho são oferecidas para tratamento de saúde, reinserção social, apoio familiar e frente de trabalho. De acordo com o grupo gestor do Programa Recomeço, atualmente existem 2.359 vagas de acolhimento social e saúde, com previsão de abertura de mais 848 vagas nos próximos meses. Após a implantação do Plantão Judiciário no Cratod, em 21 de janeiro do ano passado, 3.230 dependentes químicos foram internados até 21 de janeiro de 2014. Dessas internações, a maioria ocorreu de forma voluntária, totalizando 2.873 casos. As involuntárias, que ocorrem a pedido de parentes ou terceiros, somam 353 casos e as compulsórias, que são por decisão judicial, totalizaram...

Leia mais
Poda de árvores atrapalha na Emília Marengo
fev25

Poda de árvores atrapalha na Emília Marengo

  A Rua Emília Marengo, na altura do número 1073, quarteirão ocupado atualmente pela GET3 (Gerência de Engenharia de Tráfego) da CET (Companhia Engenharia de Tráfego), teve a passagem de pedestres impedida de sábado (22) até hoje (24), por volta das 11h da manhã. O fato foi noticiado pelo Bom Dia São Paulo da Globo e chama atenção pela falta de rigidez da CET consigo mesma ou com a Eletropaulo, autora da poda das árvores deixadas na calçada, atrapalhando e colocando a vida de pedestres e motoristas em risco. Segundo informações da própria GET3, às 11h desta manhã, a Eletropaulo providenciava a retirada dos galhos podados deixados na calçada.     Até então, os pedestres tinham de fazer malabarismos para passar pelo local, Antes disso, nesta manhã, alguns cavaletes foram colocados a fim de protegê-los. Porém, essa medida atrapalhou o trânsito matinal da Rua Emília Marengo, afunilando parte da pista no sentido Centro. Medidas arriscadas e improvisos, precisam ser cada vez mais pensados no bairro, que recebe enorme fluxo de veículos todos os dias. Algumas delas têm causado polêmica quanto aos seus custos/benefícios. Se a CET tivesse multado a Eletropaulo e a si mesma, por atrapalharem o trânsito e os pedestres, bem em frente ao prédio do órgão que deve preservar as condições de tráfego nas vias da cidade, com o agravante de ser uma gerência, caberia recurso. Seria só enviar o formulário abaixo (trocando a palavra veículo por outra mais conveniente que representasse a falta cometida) através de carta, a todos os cidadãos que tiveram seus dias prejudicados, seguindo as recomendações do quadro...

Leia mais
Imigrante de 91 anos atravessa a zona Leste de bike
fev24
Leia mais
Seca nordestina em São Paulo
fev24

Seca nordestina em São Paulo

Por que o cenário do abastecimento de água é dramático. Os mais recentes dados sobre o Sistema Cantareira começam a desenhar um cenário bastante agonizante. Com menos de 20% da sua capacidade, o Sistema fez acender tardiamente o sinal de alerta, próximo do emergencial. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP – já fala abertamente em caso de gravidade com a possível aproximação dos níveis de apenas 14% de sua capacidade. A situação do Sistema é grave por uma razão banal. O Diretor Metropolitano da SABESP, Paulo Massato, afirmou no ano passado que o Sistema Cantareira teria sérias dificuldades em manter o abastecimento da região da grande São Paulo caso chegasse a 14% por um simples motivo: a gravidade. O complexo sistema de túneis que leva água da Cantareira à Estação de Tratamento de Guaraú depende meramente da simples Lei da Gravidade, velho fenômeno natural de atração de corpos. A água situada acima – Cantareira – desce por gravidade para a Região Metropolitana para abastecer a população. Até meados do século XIX a água era transportada em potes de barro – cântaros – através de burros de cargas para fornecimento da incipiente cidade de São Paulo. Daí o nome da Serra ao norte da Cidade: Cantareira. Com a redução para os perigosos níveis de 14% da capacidade, o Sistema Cantareira perde a dinâmica “água morro abaixo”, ficando a água em situação estática nas represas. Os técnicos e membros do Comitê da bacia hidrográfica da região dos rios Piracicaba, Jundiaí e Capivari apontam para o risco deste fenômeno jamais ocorrido desde a inauguração do Sistema, o chamado volume morto. Volume morto é simplesmente a falta de movimentação de água entre represas. O risco está na baixa quantidade de água e na necessidade de sucção do nível residual de água. Ao bombear o residual do Sistema perde-se em qualidade (excesso de sedimentos e materiais orgânicos) e coloca-se ainda mais em risco a combalida Cantareira. Reestabelecer o Sistema somente apostando num inverno altamente úmido com chuvas torrenciais, algo pouco comum no Sudeste. Se, no passado, gravidade para a SABESP eram os níveis de 20% da capacidade, hoje se opera em condições abaixo dos níveis do agreste nordestino. Nunca antes na história da gestão do Sistema Cantareira a SABESP se deparou com o cobertor tão curto. Com pouca margem de remanejamento, outros sistemas começam a apontar para o esgotamento, como o Alto Tietê, Cotia e Guarapiranga, que operam no limite. Bombardear nuvens está mais para o desespero dos operadores da SABESP do que para solução técnica eficaz. O verão de 2014 começa a caminhar rumo ao outono com...

Leia mais
WiFi grátis na Sílvio Romero chega até final de abril
fev24

WiFi grátis na Sílvio Romero chega até final de abril

Publicado em 24 de fevereiro de 2014   A praça Sílvio Romero, no Tatuapé, em breve será mais um dos locais contemplados pelo WiFi Livre SP. Uma iniciativa da Prefeitura que iniciou o projeto no dia 24 de janeiro, inaugurando a primeira unidade do WiFi Livre no Pateo do Colégio, em comemoração aos 460 de São Paulo. “A ideia do WiFi Livre é trazer um público novo para ocupar os espaços públicos da cidade e, por meio da diversificação, mudar a cara de São Paulo”, enfatizou Fernando Haddad, durante a inauguração. “Isso deve alterar a maneira como o paulistano usa as praças”, completou. Serão 120 praças a receberem o WiFi livre até o final do primeiro semestre, divididas em quatro lotes entre as duas empresas vencedoras da licitação. A empresa encarregada da instalação na zona Leste da cidade é a WCS (Wireless Comm Services), e segundo as informação da Secretaria Municipal de Serviços a instalação na Praça Silvio Romero deve acontecer até o término do mês de abril. Ainda segundo a Secretaria, os usuários do sistema não precisam fazer cadastro prévio para utilizar a conexão que será de 512 kbs para download e upload. A fim de garantir o conforto do público, estudos vem sendo realizados junto ao Fundo do Mobiliário Urbano para a instalação de mobiliários, incentivando o cidadão a ocupar os espaços de forma acolhedora. Privacidade – Para garantir a privacidade dos usuários, a Coordenadoria de Conectividade e Convergência Digital (CCCD), coordenadora do programa ao lado da Prodam, está elaborando um documento, a partir de dados e informações coletados por meio de uma consulta pública, que garanta ao usuários do WiFi Livre navegarem sem ter seus dados coletados ou usados sem a devida autorização e conhecimento. Os únicos dados que serão coletados são os que dizem respeito ao controle da qualidade do serviço como velocidade de conexão, usuários simultâneos, consumo total de banda e pontos de...

Leia mais

Toninho Paiva homenageia Confrade Braz

No dia 15 de fevereiro, foi oficializada a denominação da Passarela Confrade Antonio Castelão Braz, situado sobre Avenida Aricanduva, na Zona Leste de São Paulo, conforme a Lei nº 15.696, de 15 de abril de 2013, de autoria do vereador Toninho Paiva (PR). As informações são da assessoria do Vereador. A cerimônia aconteceu, conforme o pedido da família, na data do aniversário do homenageado que completaria 80 anos de idade na data. Destacado empreendedor do ramo de contabilidade e integrante da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP) ou ‘Vicentinos‘, movimento católico dedicada à caridade e justiça fraterna, o Confrade Braz – como era conhecido, muito se dedicou em favor das pessoas necessitadas. Cerca de 100 pessoas participaram do ato solene que contou com a presença dos familiares do homenageado: a viúva Maria Helena Nogueira Braz e suas irmãs Avanir Nogueira Moisés e Luci Nogueira Paulilo, os dois filhos, o desembargador Dr. Afonso Celso Nogueira Braz e Ana Lúcia Nogueira Braz, os netos André Braz e Noeli Godinho Nogueira Braz, e Maria Conceição Braz, uma das irmãs do prestigiado; também participaram do evento o Subprefeito de São Mateus, Fernando Elias Alves de Melo, os confrades e consócias da SSVP, o Padre César Gobbo da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, da Vila Diva, na Zona Leste, e moradores da região. A passarela que homenageia o Confrade Braz, falecido em 2011, está localizada na altura do número 6750 da Avenida Aricanduva, entre os Bairros de Cidade Líder e São Mateus, pertencente às Subprefeituras de Itaquera e São Mateus, na Zona Leste da cidade. Carinhosa homenagem Durante a inauguração, o vereador Toninho Paiva (PR), emocionado, afirmou ser um momento de perpetuar o nome do ‘amigo e confrade’ por sua dedicação ao próximo como um homem da comunidade. “Poucos conheceram o trabalho e a dedicação aos mais necessitados do meu amigo, confrade, conhecido como nosso general Braz que hoje completaria 80 anos e nos deixou saudade. Por tudo que fez merece ter sua história e o nome perpetuados nesta região como uma carinhosa homenagem”, ressaltou. Para simbolizar a homenagem, o vereador Toninho Paiva entregou a cada um dos familiares presentes, ao Pe. César Gobbo e a amigos vicentinos um fac-símile com o texto da Lei que denomina a passarela. Após a entrega dos fac-símiles, Pe. César ministrou a bênção ao logradouro seguida de uma oração e do descerramento da fita pelo vereador junto com os familiares, oficializando o nome da passarela. Ao final da cerimônia, todos cantaram parabéns ao Confrade Braz seguido de um momento coletivo de oração. Biografia Confrade Braz: pai de família, empreendedor e homem de religião dedicado aos necessitados Antonio C....

Leia mais
Política de transportes – Mobilidade urbana
fev20

Política de transportes – Mobilidade urbana

São Paulo, onde o delírio e a paixão de ser paulistano só são superados pelo caos dos horários de pico, no que diz respeito à mobilidade urbana da maior cidade da América Latina. Tatuapé, localizado na zona Leste de São Paulo, é um dos bairros de maior fluxo populacional da cidade, cercado de uma das maiores infraestruturas urbanísticas da grande metrópole. Radial Leste, Estação Tatuapé, 6h30 da manhã. Até às 8h, a tensão é grande no local, que recebe o fluxo das dezenas de milhares de passageiros das linhas de ônibus, metrô e trens. Com a retirada de algumas linhas de ônibus que percorriam a zona Leste, a situação que já é caótica se torna cada vez mais insustentável. Devido também ao incessante crescimento populacional, o fluxo de pessoas que utilizam os transportes coletivos só tende a aumentar na região. Moradores, são unânimes em afirmar que a situação piorou no Tatuapé, seja com faixa exclusiva ou não. O que eles apontam é a dificuldade de entrar nos coletivos. A estação Tatuapé do Metrô, ocupa o topo da lista de acessos impossíveis nos horários de pico e os ônibus vêm logo em seguida, ao lado dos trens. Apesar disso, muitos passageiros ainda preferem tentar a sorte nos ônibus que chegam menos lotados, como constatamos hoje, fato que não ocorre todos os dias. A lotação decai ao longo do período entre o início da manhã até às 8h, mas até chegar nisso, haja paciência. Parte da dificuldade em acessar os coletivos, decorre do fato de que muitos passageiros insistem em permanecer próximos às portas, havendo espaços no interior dos ônibus. Apesar de que devemos levar em conta, que esse espaço é relativo ao já conhecido sistema lata de sardinhas, ou seja, mínimo ou quase nenhum. Mas também foram vistos vários coletivos sem lotação excessiva, ainda sob a visão de que lotação por aqui, é quando simplesmente não há lugar para mexer o pé do lugar. Assim, os passageiros imaginam que será difícil descer e se acumulam, dificultando o embarque. A demora dos ônibus que param na Estação do Tatuapé irrita os passageiros que vêm de áreas mais periféricas da zona Leste. “Ontem (19) eu demorei 35 minutos para conseguir entrar no ônibus, hoje foram 15 minutos”, comparou uma usuária do sistema. O Tatuapé recebe um grande fluxo de usuários das linhas do Metrô, CPTU e ônibus. Apesar das reclamações de quem já está acomodado nos coletivos quanto à demora, a situação dos que precisam embarcar nos coletivos é ainda pior. Paula, que tentava embarcar num dos ônibus e não conseguiu, nos conta que já chegou a esperar 40 minutos no ponto...

Leia mais
Robô vai guiar cirurgias no ICESP
fev19

Robô vai guiar cirurgias no ICESP

Equipamento importado dos EUA chega ao Icesp e vai beneficiar mais de mil pacientes em três anos. O governador Geraldo Alckmin apresentou nesta quarta-feira, 19, um robô inédito em hospitais públicos paulistas que vai guiar cirurgias de pacientes do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), unidade ligada à Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, na capital paulista. O equipamento irá beneficiar 1.070 pacientes da instituição, nos próximos três anos, com procedimentos minimamente invasivos. Sentados à frente de um console, os cirurgiões do Icesp irão acionar os comandos do robô e terão visão tridimensional, com profundidade, o que deverá permitir maior precisão das intervenções em relação às cirurgias convencionais e àquelas guiadas por videolaparoscopia. “Esse equipamento é um grande avanço para a medicina e para a ciência. A robótica significa um salto, como foi a laparoscopia há três décadas. Ela traz mais segurança, muito mais precisão ao cirurgião e um tempo menor de internação”, explicou o governador durante o evento. As cirurgias com o robô, importado dos EUA, irão acontecer em cinco diferentes especialidades oncológicas: urologia, ginecologia, cabeça e pescoço, aparelho digestivo e cirurgias do tórax. Espera-se que o novo equipamento, além de permitir cirurgias mais precisas e menos invasivas, propicie um tempo de recuperação mais rápido e menos dor aos pacientes, assim como menor tempo de internação no hospital e, consequentemente, maior rotatividade dos leitos. Três cirurgias já foram realizadas pelo Icesp com o novo robô, no mês de fevereiro, para retirada de tumores malignos da próstata. A Secretaria de Estado da Saúde irá investir R$ 2 milhões no custeio das cirurgias realizadas pelo robô, que foi adquirido pelo Ministério da...

Leia mais

Omega nos Jogos Olímpicos de Inverno

Sochi 2014: OMEGA introduz novo equipamento no hóquei e lendas do esporte visitam Pavilhão OMEGA. A OMEGA, junto com a Federação Internacional de Hóquei no Gelo, desenvolveu o sistema de IH Whistle Detection (detecção de som de apito para hóquei no gelo) – uma nova tecnologia inovadora que está presente nos jogos de hóquei no gelo nos Jogos Olímpicos de Inverno Sochi. Durante o jogo, cada oficial que atua no gelo é equipado com um microfone sem fio, que se comunica com o scorekeeper (oficial que registra os gols) no banco de cronometragem. O sistema automático de Whistle Detection monitora o sinal auditivo durante o jogo e pausa o relógio assim que ele detecta o som do apito do oficial. O som do apito é detectado e o relógio é pausado dentro 1/10 de segundo – o que é pelo menos meio segundo mais rápido do que um cronometrista que pausa o tempo manualmente. Este sistema garante a precisão do registro do tempo pausado que resulta em tempos adicionais para jogar. O sistema de Whistle Detection funciona num princípio semelhante ao reconhecimento de voz. Este equipamento conhece a assinatura sonora de três apitos diferentes aprovadas pela Federação Internacional de Hóquei para os Jogos Olímpicos de Inverno em Sochi. Lendas do hóquei russo Vyacheslav Fetisov e Andrey Nikolishin falam da sua experiência no esporte e dos Jogos em casa Lendas do hóquei visitaram o Pavilhão OMEGA e falaram sobre um dos esportes mais emocionantes dos Jogos de Inverno. Os russos Vyacheslav Fetisov e Andrey Nikolishin- dois dos maiores nomes do hóquei – e Mikhail Zakharov, secreterário de imprensa do time de hóquei russo, foram os convidados de honra do Pavilhão OMEGA para falarem sobre o esporte. Com inúmeras vitórias na Stanley Cup, duas medalhas de ouro olímpicas (1984, 1988), uma de prata (1980) e sete títulos mundiais, Fetisov é um dos maiores nomes do hóquei no mundo. Além dos diversos títulos como jogador, ele foi o técnico da seleção da Rússia nos Jogos Olímpicos de Salt Lake City, em 2002 e atualmente é membro do comitê anti-doping de atletas. Fetisov foi um dos escolhidos para ser o porta-bandeira na cerimônia de abertura dos Jogos de Sochi pela sua contribuição para o esporte russo até hoje. Falando das Olimpíadas em casa, ele disse que após a experiência de 10 edições, a atmosfera e a vibração da cidade sede fazem destes Jogos diferente do resto. Campeão mundial e medalhista de bronze, Andrey Nikolishin começou sua carreira profissional no HC Dynamo de Moscou. Jogou no seu país durante quatro anos e chegou a ser nomeado o jogador do ano na temporada 1993-94, passando...

Leia mais
Economia de água pode abastecer 600 mil
fev19

Economia de água pode abastecer 600 mil

Bônus para quem reduzir o consumo faz sobrar água para abastecer 600 mil pessoas. Moradores da Grande São Paulo abastecidos pelo Sistema Cantareira diminuíram o consumo em 2.120 litros por segundo. O incentivo econômico criado para quem diminuir o consumo de água obteve um importante resultado. Na segunda semana de vigência do bônus, os moradores da Grande São Paulo abastecidos pelo Sistema Cantareira diminuíram seu consumo em 2.120 litros por segundo. Isso significa um volume de água suficiente para atender 600 mil pessoas – uma cidade do porte de São José dos Campos ou Osasco. “Tivemos uma boa resposta da população, que está ajudando bastante”, afirmou nesta terça-feira, 18, o governador Geraldo Alckmin, durante evento em Carapicuíba. Ele destacou a resposta cada vez mais positiva dos moradores, já que a redução no consumo na primeira semana do incentivo havia sido de 500 litros por segundo. O governador ressaltou, porém, que a situação do Sistema Cantareira continua crítica por causa da falta de chuvas e do calor excessivo e que é fundamental que a população evite qualquer tipo de desperdício. A economia feita na segunda semana do bônus criado pela Sabesp representa uma diminuição no volume de água tratado e distribuído para quase 10 milhões de pessoas entre 9 e 16 de fevereiro. Assim, esses 2.120 litros a menos de água produzida por segundo significam, ao fim de uma semana, 1,3 bilhão de litros. Água suficiente para encher 520 piscinas olímpicas. A criação do bônus para quem economizar água ocorreu devido ao verão mais atípico dos últimos 84 anos, com o pior índice de chuvas da história e calor recorde. Sem precipitação, as represas do Sistema Cantareira não enchem justamente no período em que isso deveria ocorrer. “É a maior seca dos últimos 84 anos na região do Cantareira. As chuvas ocorridas de quinta a domingo ajudaram o sistema a estabilizar. Teremos alguns dias secos agora, mas a partir do fim de semana teremos chuvas intensas, segundo a previsão meteorológica. É importante, porém, que chova no local certo”, destacou o governador. Nesta terça-feira, o Sistema Cantareira estava com 18,4% da capacidade. Na mesma data de 2011, o nível era de 87,8%. O período chuvoso, que vai de outubro a março, serve para alimentar as represas. Durante a estiagem (de abril a setembro), a água estocada no verão é utilizada para abastecer a população. É como se fosse uma caixa-d’água residencial, só que em proporções enormes: as quatro represas do Sistema Cantareira podem armazenar quase 1 trilhão de litros de água. Outro fator importante é que não adianta chover forte na cidade de São Paulo, pois não há como represar essa...

Leia mais

Deville adota política 100% livre do cigarro

Rede hoteleira é a primeira do país a realizar ação em âmbito nacional Desde o dia 17 de fevereiro, as oito unidades da Rede de Hotéis Deville espalhadas pelo país se tornaram 100% livres do cigarro. A medida, inédita entre os grupos hoteleiros com atuação nacional, tem o objetivo de garantir o bem-estar dos clientes e incentivar hábitos e práticas saudáveis. A ação segue uma tendência mundial de diminuição do número de leitos para fumantes. Na Rede Deville, que possui unidades em Cascavel (PR), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Guaíra (PR), Maringá (PR), Porto Alegre (RS) e Salvador (BA), além de duas em construção nas cidades de Campo Grande (MS) e Campinas (SP), a redução vinha sendo gradativa. Nos últimos cinco anos, os hotéis readequaram a oferta de apartamentos para não-fumantes, devido a uma demanda dos hóspedes. “Os próprios fumantes pediam para ficar em apartamentos para não-fumantes e isso nos obrigava a aumentar essa disponibilidade”, explica o diretor de operações da Rede Deville, José Mário Espíndola. Além disso, pesquisa divulgada em 2013 pela Universidade Federal de São Paulo aponta que o número de pessoas que fumam caiu 20% no Brasil, nos últimos seis anos. Em 2006, o percentual de tabagistas era de 19,3%, sendo que, no ano passado, esse número caiu para 15,6%. Ao todo, o Brasil tem 20 milhões de fumantes, sendo 533 mil adolescentes. A pesquisa ouviu 4,6 mil brasileiros, em quase 150 municípios. A mudança no perfil do hóspede também foi notada nos restaurantes e nas áreas de lazer dos hotéis. “Atualmente, há uma exigência muito maior por uma estrutura para prática de esportes, como academias e pistas de caminhada”, revela Espíndola. Outro demonstrativo dessa preocupação maior com a saúde ocorre durante as refeições, quando as pessoas buscam alimentos mais saudáveis. “Com o passar dos anos, fomos aumentando o número de produtos light e diet no café da manhã, além de incorporar aos cardápios de almoço e jantar pratos mais leves”, revela o diretor. A partir de agora, os hóspedes da Rede Deville não poderão fumar dentro dos apartamentos e nas áreas internas dos hotéis. Porém, as unidades do grupo possuem espaços específicos para fumantes, com jardins, quiosques e outros ambientes externos. O GRUPO A Rede Deville começou suas atividades em 1974 com o Hotel Deville Colonial, no centro de Curitiba. Desde então, vem crescendo e se consolidando como um dos principais grupos hoteleiros do país. Atualmente, atua como operador e investidor nas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste, com nove hotéis, 1.479 acomodações e mais de 1.100 funcionários. Administra o São Paulo Airport Marriott Hotel (SP), Deville Salvador (BA), Deville Porto Alegre Aeroporto (RS), Deville...

Leia mais

MS e ANS suspendem 111 planos de saúde

  Ministério da Saúde e ANS anunciam suspensão da comercialização de 111 planos de 47 operadoras. Medida beneficia 1,8 milhão de consumidores que já contrataram esses planos e deverão ter seus problemas assistenciais sanados. A partir da próxima sexta-feira (21), 47 operadoras de planos de saúde estarão proibidas de comercializar 111 planos de saúde, em função do descumprimento de prazos e das negativas indevidas de cobertura assistencial contratada pelos consumidores. Dos 111 planos, 83 estão sendo suspensos a partir deste 8º ciclo de Monitoramento da Garantia de Atendimento e 28 permaneceram com a comercialização proibida, desde o ciclo anterior, por não terem alcançado a melhoria necessária para serem reativados. Entre as operadoras, 31 permaneceram na lista de suspensões. O ministro da Saúde, Arthur Chioro, e o diretor-presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo, anunciaram nesta terça-feira (18/2), em Brasília, as suspensões e reativações de planos de saúde. Devido aos problemas assistenciais apontados pelos consumidores e averiguados pela ANS, estão sendo aplicadas suspensões preventivas, por um período de, no mínimo, três meses. A atual suspensão beneficia 1,8 milhão de consumidores que já contrataram esses planos e agora deverão ter seus problemas assistenciais solucionados. “A suspensão é uma medida preventiva tomada pela ANS no sentido de melhorar o acesso e dar garantia aos diretos dos consumidores de planos de saúde. Mais do que uma ação punitiva, ela faz parte de um conjunto de medidas tomadas pela Agência com o objetivo de dar resposta rápida à sociedade no que diz respeito à melhoria da qualidade da assistência”, destacou Chioro. Ao todo, 77 planos de 10 operadoras que conseguiram melhorar o acesso e a qualidade dos seus serviços neste ciclo estão sendo reativados. Outras 22 operadoras tiveram reativação parcial de seus planos autorizada pela ANS – 45 dos planos dessas operadoras agora estão sendo liberados. A reativação desses 122 planos, ao todo, representa uma melhora assistencial que atinge diretamente mais de 3,5 milhões de consumidores. “Quando nós suspendemos a comercialização de algum plano, estamos protegendo aquele consumidor até que a operadora possa melhorar o serviço que está sendo prestado e, só então, tenha permitida a entrada de novos beneficiários”, ressaltou André Longo. Entre 19 de setembro e 18 de dezembro de 2013, período de coleta de dados deste 8º ciclo, a ANS recebeu 17.599 reclamações sobre 523 planos de saúde – alta de 16% no número de reclamações em comparação ao período anterior. Este é o maior número de reclamações desde que o programa de monitoramento foi implantado, em dezembro de 2011. “É importante destacar a interlocução da agência com os beneficiários no intuito de captar essas reclamações. Essa capacidade...

Leia mais
Censo do Samba Paulistano – 100 anos de Carnaval
fev19

Censo do Samba Paulistano – 100 anos de Carnaval

SPTuris lança Censo do Samba Paulistano com homenagem aos 100 anos do Carnaval de São Paulo. Órgão de turismo municipal divulga a terceira edição da publicação que, em ano de Copa do Mundo no Brasil, coincide com o centenário da primeira convocação da seleção brasileira de futebol. O ano era 1914. Nascia em São Paulo a primeira escola de samba da cidade – o Grupo Carnavalesco Barra Funda – e também era convocada pela primeira vez a Seleção Brasileira de Futebol. Cem anos depois, o Carnaval de São Paulo tornou-se uma das maiores festas populares do país e a seleção foi campeã mundial nada menos do que cinco vezes. E as coincidências não param por aí. No mesmo ano em que o Brasil receberá a Copa do Mundo, São Paulo também comemora seus 460 anos e os 120 anos desde a chegada de Charles Miller à capital paulista trazendo a novidade deste novo esporte até então desconhecido em terras brazucas: o futebol. Em homenagem as essas paixões – o samba paulista e o futebol – a São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos) lançou nesta terça-feira (18), no Anhembi, a terceira edição do Censo do Samba Paulistano. Com destaque para a história do Carnaval na cidade e também curiosidades sobre sua relação com o futebol, a publicação atualiza ainda informações fundamentais, como a localização das escolas e blocos oficiais, o investimento médio das agremiações na montagem dos desfiles, a utilização de áreas públicas, a ficha técnica de cada escola e um novo Carna-cardiograma, um gráfico que mostra, ano a ano, quem venceu a disputa do desfile desde o seu início no Sambódromo, possibilitando comparar o “sobe e desce” das escolas ao longo dos últimos 22 anos. O grande diferencial desta edição, no entanto, é o inédito “Quem é Quem no Samba Paulistano”, um glossário com mais de mil referências de nomes de pessoas que tiveram grande envolvimento com o samba da capital, como explica o vice-presidente e diretor de eventos da SPTuris, Ítalo Cardoso. “A ideia é homenagear aqueles que contribuíram para o desenvolvimento do Carnaval de São Paulo. São pessoas que se sacrificaram e dedicaram suas vidas a essa grande manifestação artística popular”, diz. A publicação é conseqüência de um grande levantamento realizado ao longo de dois anos pela equipe do Observatório do Turismo da Cidade de São Paulo, núcleo de estudos e pesquisas da SPTuris, juntamente a outros consultores. O resultado foi um extenso banco de dados sobre as personalidades marcantes do samba paulistano, que continuará sendo registrado. “O Censo do Samba, a partir desta terceira e histórica edição, torna-se um documento vivo. Qualquer...

Leia mais
Veículos apreendidos serão compactados
fev18

Veículos apreendidos serão compactados

Publicado em 18 de fevereiro de 2014 Alckmin inicia compactação de veículos apreendidos na capital. Liberação dos pátios permitirá a melhora da logística da apreensão e, consequentemente, a fiscalização de veículos. “Fizemos um leilão para a empresa que fará a compactação de 13.500 veículos, dos quais 62% já estão liberados. E temos uma licitação aberta para mais 32 mil. Chegaremos a 45 mil veículos”, afirmou Alckmin. O governador destacou que essa medida se soma à Lei dos Desmanches, que combate o roubo de veículos, pois quebra a cadeia econômica em torno do crime ao endurecer as exigências para a venda de peças usadas. Na Argentina, lei semelhante reduziu em 50% os roubos de carros e motos. “Isso tem dupla importância para a segurança pública, pois inibe o roubo de carros para tirar peças e o latrocínio. Por outro lado, libera os pátios para a polícia poder fazer uma ação vigorosa e recolher carros e motos que estejam irregulares. E também é bom para o meio ambiente porque nos permite separar óleos, fluidos, catalisadores, baterias, pneus e dar a tudo isso o encaminhamento correto”, disse o governador. O roubo de veículos tem forte vínculo com os latrocínios: 50% dos casos ocorrem numa tentativa do ladrão de roubar um carro ou uma moto. A medida é o primeiro passo para resolver um passivo de mais de 25 anos de veículos apreendidos criminalmente, que foi causado por entraves judiciais que impediam a liberação desses veículos dos pátios. Em maio do ano passado, a Justiça autorizou que fossem realizados leilões dos 45 mil veículos apreendidos em pátios na cidade de São Paulo, atendendo a um pedido da Secretaria da Segurança Pública (SSP). O leilão dos veículos apreendidos no Pátio Santo Amaro aconteceu no dia 16 de janeiro. Os veículos foram arrematados por R$ 808.839,35, em lote único, pela empresa Trufer Comércio de Sucatas Ltda., responsável pela descontaminação, compactação e trituração das carcaças. A empresa vencedora tem autorização para vender o material para reciclagem. Não há custo para a SSP para a realização do processo. Após a autorização para a realização do leilão, também é necessária a autorização de cada juiz responsável pelos processos a que os veículos estão vinculados para que seja feita a compactação. A permissão é necessária pois esses veículos são provenientes de apreensões criminais, ou seja, resultam de ocorrências de roubo, furto, estelionato etc. O processo total está previsto para acontecer em 180 dias. Para preservar o meio ambiente, o processo segue exigências de órgãos reguladores e fiscalizadores do setor, inclusive descontaminando as áreas onde os veículos estão apreendidos. A iniciativa é a primeira etapa do projeto para desocupar os...

Leia mais
Nutricionistas do Consea falam sobre  o novo Guia Alimentar
fev18

Nutricionistas do Consea falam sobre o novo Guia Alimentar

O novo Guia Alimentar da População Brasileira (edição 2014) elaborado pelo Ministério da Saúde (MS) orienta os brasileiros sobre os cuidados com a saúde e como manter uma alimentação saudável e balanceada: a recomendação é pelo consumo de alimentos frescos, de procedência conhecida e utilizando como base da dieta alimentos in natura (de origem vegetal e animal), como carnes, verduras, legumes e frutas. O manual também recomenda que as pessoas optem por refeições caseiras e evitem a alimentação em redes de fast food (refeições prontas). A iniciativa de rever o Guia Alimentar para a População Brasileira é bem vinda e necessária, avalia a nutricionista Elisabetta Recine, conselheira do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea). Documentos desta natureza precisam atualizar suas recomendações à medida que a realidade muda. E isto certamente aconteceu em relação à alimentação. Do ponto de vista populacional tivemos mudanças profundas na estrutura de renda e consumo e, por outro lado, a alimentação tem ocupado espaços importantes na mídia em geral com informações, em grande parte das vezes, limitadas, simplistas e que expressam poderosos conflitos de interesses , diz a conselheira, que é professora da Universidade de Brasília (UnB). Articular a dimensão individual com a coletiva, propor recomendações que também articulem o espaço do indivíduo com os fatores de determinação social da alimentação, diferenciar-se de uma revista ou reportagem descartável são vocações de um Guia Alimentar , complementa. O manual foi elaborado em linguagem acessível e destina-se tanto ao cidadão como a educadores e profissionais de saúde. O documento foi formulado com o apoio do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (USP) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS). Para Anelise Rizzolo, que também é conselheira e professora da UnB, o Guia Alimentar é o parâmetro norteador das diretrizes alimentares brasileiras. Nele devem estar contempladas as múltiplas relações e condições que envolvem as escolhas alimentares, visando propor alternativas saudáveis, éticas, economicamente viáveis e sustentáveis para o sistema agro-alimentar. É fundamental que o Guia dialogue com problemáticas geradoras de insegurança alimentar e nutricional, como o uso abusivo de agrotóxicos e a regulação da propaganda de alimentos ultraprocessados, sinalizando o papel das políticas públicas para seu enfrentamento . O guia também recomenda a utilizar com moderação óleos, gorduras, sal e açúcar. Produtos industrializados devem dar lugar aos alimentos in natura. Isso porque os produtos processados têm adição de sal ou açúcar para torná-los mais duráveis, palatáveis e atraentes. De acordo com a presidenta do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Piauí (Consea-PI), Norma Sueli Alberto, o Guia Alimentar da População Brasileira...

Leia mais
Governo lança novo Guia Alimentar
fev18

Governo lança novo Guia Alimentar

Ministério da Saúde recomenda o consumo de produtos naturais e que brasileiro avalie a procedência dos alimentos. Novo guia orienta evitar produtos industrializados prontos para o consumo. População poderá enviar sugestões até 7 de maio Essas são as principais recomendações do novo Guia Alimentar da População Brasileira (edição 2014), que está sendo elaborado pelo Ministério da Saúde. A publicação orienta os brasileiros sobre os cuidados com a saúde e como manter uma alimentação saudável e balanceada: a recomendação é pelo consumo de alimentos frescos, de procedência conhecida e utilizando como base da dieta alimentos in natura (de origem vegetal e animal), como carnes, verduras, legumes e frutas. O manual também recomenda que as pessoas optem por refeições caseiras e evitem a alimentação em redes de fast food (refeições prontas). A população poderá contribuir com a elaboração do novo guia, que encontra-se em consulta pública até o dia 7 de maio, acessando o endereço eletrônico www.saude.gov.br/consultapublica. As contribuições serão avaliadas pelo Ministério da Saúde e poderão constar do documento final. “O guia é uma fonte segura para orientar os brasileiros para uma alimentação saudável, com base em evidências científicas e com recomendações debatidas com diferentes especialistas e setores da sociedade”, afirma o ministro da Saúde, Arthur Chioro. “A intenção é promover a saúde da população e contribuir para a prevenção de doenças como a obesidade, diabetes e outras doenças crônicas relacionadas à alimentação”, enfatiza. O manual foi elaborado em linguagem acessível e destina-se tanto ao cidadão como a educadores e profissionais de saúde. O documento foi formulado com o apoio do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (USP) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), ligada à Organização Mundial de Saúde (OMS). Por Fabiane Schmidt, da Agência...

Leia mais
CET no seu bairro
fev13

CET no seu bairro

O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (13), na sede da Secretaria Municipal de Transportes (SMT), situada na Rua Barão de Itapetininga, 18, no Centro de São Paulo, e será posto em prática a partir desta segunda-feira (17). O programa CET no seu bairro – Melhorando a Mobilidade, irá abranger 70 bairros da capital, sendo que a cada mês serão sete bairros – divididos na hierarquia do órgão através da GETs (Gerência de Engenharia de Tráfego) que receberam a visita de um posto móvel ao lado do qual será montada uma tenda para a ouvidoria dos pedidos e também das reclamações, a partir desta segunda-feira (17). “A ideia é abrir um canal direto com os munícipes e ouvir suas questões e nenhuma reclamação vai ficar sem resposta”, afirmou o secretário Jilmar Tatto. “Esta é uma situação inédita para o CET”, frisou. Ele explanou sobre várias situações e disse que haverá a participação de outros órgãos como as Subprefeituras e a Ilume, além de setores educacionais da CET. A cada mês a SMT irá divulgar os próximos bairros a serem visitados, abrangendo todas as regiões Norte, Sul, Leste e Oeste. Ainda não foi divulgado quando o Tatuapé e Jardim Anália Franco receberão a visita da Unidade Móvel, mas os primeiros bairros serão, os seguintes: – Capão Redondo/Monte Alegre; – Vila Ede; – Vila Zatt; – João XXIII/Jardim Educandário; – Jardim Myrna; – Mascarenhas de Morais; – Parque Paulistano/Vila Mara. “Vamos fazer intervenções simples que acabam facilitando a vida das pessoas que estão nos bairros visitados. Projetos mais complexos ficarão para intervenções mais demoradas”, alertou, dizendo que muitas vezes um obstáculo pode atrapalhar a manobra de um ônibus numa rua estreita causando transtornos. Também avisou que a CET está tentando diminuir os acessos à esquerda. “O motorista que vai entrar à esquerda num semáforo, por exemplo, acaba atrapalhando todo o tráfego e estamos diminuindo isso ao máximo”. Sobre a reportagem do Alô Tatuapé (leia em http://alotatuape.com.br/?p=2190), o Secretário Municipal dos Transportes concordou com a proposta do site/revista, no sentido de que poderia haver demarcações nas ruas onde existem duas faixas de rolamento que nas esquinas se transformam em três, indicando com setas a direção a seguir, à direita ou esquerda. “Mas precisar mandar alguém nos locais, caso a caso”. Este já será um bom começo. Quanto às valetas, Tatto mencionou o engajamento das Subprefeituras no programa CET no seu bairro. “Vamos pedir às Subprefeituras para analisar e alterar a geometria das valetas”, explicou. Referindo-se a outro fato citado pelo Alô Tatuapé, quanto às dificuldades que as valetas causam e o atraso para avançar na maioria dos cruzamentos do bairro. Sobre as...

Leia mais
Nova Tamoios já tem duplicação
fev13

Nova Tamoios já tem duplicação

Nova Tamoios Planalto deixa a viagem ao litoral norte mais segura. Pistas duplicadas e passagens em desnível aumentam a segurança e encurtam o tempo na estrada.   A Nova Tamoios Planalto foi modernizada, com a duplicação das pistas, que ampliaram a capacidade de tráfego. O trecho que vai de São José dos Campos até a serra tornou o trajeto para o litoral norte mais seguro e mais curto. A nova rodovia também possui barreiras de concreto dividindo as duas pistas, telas antiofuscantes, acostamentos com três metros de largura, retornos e passagens em desnível. Com a melhoria na Nova Tamoios, os negócios, comércio e turismo de todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte serão beneficiados. A notícia é um alívio para quem pretende passar o Carnaval no Litoral Norte de São Paulo, pois a maioria dos motoristas estava utilizando a Rodovia Oswaldo Cruz. No último feriado da Proclamação da República, dia 15 de novembro do ano passado, a demora para chegar da capital paulista ao litoral norte na cidade de Ubatuba chegou a 10 horas ou mais. Falta pouco – Rodovia, que é a principal ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte de São Paulo, teve a capacidade aumentada em 98% no chamado trecho do planalto. Os 16 mil usuários diários da Nova Tamoios vão trafegar em uma rodovia mais moderna, segura e com maior fluidez. O trecho da obra foi entregue no dia 24, pelo governador Geraldo Alckmin – as pistas duplicadas vão do km 11,5 ao km 60,48. Com a duplicação, a capacidade de tráfego da via é ampliada em 98%, passando de 1.820 para 3.600 veículos por hora. “São 49 km de duplicação, mais de 20 intervenções importantes em obras, viadutos, passarelas. Este é um sonho não só da região, mas de todo o Estado de São Paulo, que é ter uma ligação duplicada com o litoral norte”, disse o governador. Fonte: Portal do...

Leia mais
Sabesp pede para economizar água
fev13

Sabesp pede para economizar água

Apesar das boas notícias de que São Paulo está conseguindo economizar água, a falta de chuvas causa tensão. O Sistema Cantareira, principal fonte de abastecimento da Grande São Paulo, enfrenta uma das piores estiagens dos últimos 10 anos. Os níveis dos reservatórios estão baixos e exigem a colaboração das pessoas no uso racional da água. O nível do reservatório da Cantareira caiu abaixo dos 20% de sua capacidade no dia 9 último. Cartazes, dicas e outros materiais foram produzidos para auxiliar na orientação de clientes da Sabesp em casas, prédios, escolas ou estabelecimentos comerciais. Condomínios, instituições comerciais, escolas e outras unidades podem colaborar ativamente com pequenas mudanças, poupando água especialmente no verão e nas épocas de estiagem. O material adverte sobre a lavagem de carros, calçadas e quintais. Aconselha o uso do balde e a retirar as sujeiras com a vassoura. Reaproveite o máximo de água que puder. O material educativo para orientar os clientes pode ser baixado e compartilhado com os amigos ou afixar no seu prédio ou trabalho. Siga o link abaixo e seja um guardião das águas. Colabore com o uso racional da água: http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=544 Se preferir poderá copiar a imagem direto do post ou no facebook do Alô Tatuapé, o importante é divulgar para não faltar...

Leia mais
Cassado Donadon
fev13

Cassado Donadon

Depois de passar por mais um vexame, proporcionado pela chegada com trajes de presidiário ao Congresso Nacional do agora ex-deputado Natan Donadon (ex-PMDB-RO), a Câmara dos Deputados cassou o seu mandato em votação aberta, sistema inaugurado nesta quarta-feira (12). O voto aberto em cassações, levou 467 deputados a votarem a favor e apenas uma abstenção do deputado Asdrubal Bentes (PMDB-PA) – que recorre de condenação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por esterilização de mulheres no Pará, segundo a acusação. Com isso, a Câmara dos Deputados voltou atrás na decisão de agosto do ano passado, quando foram 131 votos pela absolvição e 41 abstenções, sob votação secreta. A cassação de Donadon, põe fim aos seus dias de deputado-presidiário como ficou conhecido. “O voto aberto constrange o coração dos deputados”, disse ele ontem. Condenado pelo STF, a mais de 13 anos de prisão por formação de quadrilha e desvio de 8,4 milhões de verbas públicas da Assembleia Legislativa de Rondônia, através de fraudes em contratos de publicidade. Os desajustes que ainda ocorrem na política são tão escabrosos, que em agosto do ano passado Donadon pode votar na sessão plenária do Congresso Nacional que pediu sua própria cassação e foi absolvido, fato que levou deputados do PSB a recorrerem ao Conselho de Ética da Câmara, sob o argumento de que a condenação pelo STF é considerada quebra de decoro parlamentar, além do fato de o deputado ter votado durante a sessão que analisou o seu caso, o que é proibido. O voto secreto era lamentável para o deputado federal Ricardo Izar, principalmente durante o período em que assumiu a presidência do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, quando pediu a cassação dos envolvidos no Mensalão. “O Conselho de Ética condena, mas a Câmara absolve através do voto secreto”, disse ao Alô Tatuapé em 2006. Falecido em 2008, deixou seu legado em prol da moral na política. Seu filho, deputado Ricardo Izar Jr. (PSD), seguiu os passos do pai e hoje preside o mesmo Conselho de Ética, que condenou Donadon. O voto aberto é uma consequência das manifestações ocorridas nas ruas de todo o país em junho do ano...

Leia mais
Perguntas enviadas à Secretaria Estadual da Saúde
fev11
Leia mais
Trânsito: Fechando cruzamentos
fev10

Trânsito: Fechando cruzamentos

Publicado em 10 de fevereiro de 2014   O trânsito no Tatuapé piora bastante com a volta às aulas. Seria oportuno contar com a ajuda dos órgãos responsáveis, para propagarem campanhas inteligentes e esclarecedoras, como os horários em que as faixas exclusivas de ônibus podem ser utilizadas por qualquer veículo, pois apesar das placas ainda existe confusão entre os motoristas devido ao excesso ou a falta de sinalização. Outra campanha importante seria quanto ao fechamento dos cruzamentos, onde não há semáforo, implantando placas de advertência e divulgação. Este é o caso do Tatuapé. Existem inúmeros cruzamentos, com e sem semáforos, onde o trânsito para devido a falta de preparo dos condutores. As campanhas precisam levar à conscientização os motoristas quanto ao respeito pelos direitos individuais, há muito esquecidos quando se trata dos bons costumes. Citamos alguns exemplos indicados por especialistas e motoristas experientes: – Use de gentileza para com o outro motorista, você também receberá; – Não buzine, use a buzina apenas para situações de emergência; – Não feche os cruzamentos em hipótese alguma; – Não fazer provocações desnecessárias, como fechar o caminho do outro quando este precisa fazer uma manobra, entrar numa via ou utilizar um acesso; – Olhe para a sua frente e tente enxergar adiante, muitas vezes perceberá um semáforo no vermelho ou o trânsito parado, portanto não adiantará acelerar demais, use o bom senso....

Leia mais
Trânsito: Faixas exclusivas
fev10

Trânsito: Faixas exclusivas

Vídeo faixas exclusivas de ônibus – Av. Regente Feijó Estamos em contato com a CET para mostrar as dificuldades dos motoristas nos trechos de faixas exclusivas de ônibus, onde em espaços curtíssimos eles devem fazer manobras arriscadas para se livrar das multas e principalmente assegurar-se de que não serão abalroados. Leia mais:...

Leia mais
Trânsito no Tatuapé: Pergunte à CET
fev07
Leia mais
Pelos velhos caminhos da SP-Santos
fev06
Leia mais
Aniversário do João Perez
fev06

Aniversário do João Perez

Leia mais
Solução israelense corrige coluna lesionada
fev05

Solução israelense corrige coluna lesionada

As informações são do site www.pletz.com, leia a reportagem na íntegra e assista aos filmes (idioma inglês). Curve-se. Flexione. Estenda. Gire. Apesar de essas palavras serem comuns para a maioria das pessoas, elas (literalmente) dão arrepios nas espinhas de milhões que sofrem de dor lombar crônica em todo o mundo. A Premia Spine é uma empresa israelense que busca tornar essas palavras inofensivas mais uma vez para pacientes, com um implante espinhal revolucionário. A empresa israelense está oferecendo um tratamento alternativo para pacientes que receberam a prescrição de operações de fusão espinhal. Ao invés de anexar uma estrutura rígida de parafusos e hastes à coluna do paciente, o sistema TOPS – Total Posterior Solution (Solução Posterior Total) da Premia Spine é um implante espinhal que recria os movimentos naturais das costas, dando aos pacientes não apenas uma faixa maior de movimentos, como também alega uma recuperação mais confiável e mais rápida. O desenvolvimento na Premia Spine começou em 2003, com inspiração em outros campos da medicina. Cirurgiões ortopédicos, que deixaram de fazer uso da fusão anos atrás, agora defendem a substituição de toda a articulação por um implante artificial. O CEO da Premia Spine, Ron Sacher, busca aplicar os mesmos procedimentos de substituição total da articulação do joelho e quadris que revolucionaram a ortopedia para transformar os tratamentos da parte inferior da coluna. “Havia uma época em que as pessoas tinham os seus joelhos e quadris fundidos com hastes de metal”, diz Sacher à NoCamels. “As pessoas caminhavam com uma perna reta. Elas não conseguiam dobrar a perna, pois aquela articulação fora eliminada. A gênese deste programa era solucionar o problema de estenose espinhal (compressão da medula espinhal), possibilitando que os cirurgiões removessem as articulações e contassem com um implante como o nosso para recriar a função normal de toda a coluna posterior, muitas vezes comprometida pela cirurgia de fusão. É como remover as paredes inferiores de um edifício alto”. O sistema TOPS é um dispositivo mecânico que fica entre duas placas de titânio que recriam os movimentos normais de flexão, extensão, curvatura e giro, sem torções e voltas em excesso. É um tratamento específico para pacientes diagnosticados com um bloqueio da medula espinhal na parte inferior das costas (estenose espinhal) e vértebra deslocada (espondilolistese de baixo grau). O elemento mais importante a ser executado em uma cirurgia para pacientes com estenose espinhal é a limpeza do bloqueio da medula espinhal e dos nervos circundantes. Se o bloqueio não for limpo, a dor intensa e o torpor persistirão. Entretanto, quanto mais um cirurgião limpar, menos estável a coluna vertebral se tornará. Um paciente com um canal espinhal limpo e...

Leia mais