Ética teve Julio Botelho, “o maior ponta direita do mundo”
maio20

Ética teve Julio Botelho, “o maior ponta direita do mundo”

Em 1956 ele já jogava na Fiorentina, time italiano. Foi um dos primeiros jogadores brasileiros contratados por times estrangeiros. Naquele mesmo ano, ele já conquista o primeiro Scudetto. Ainda hoje, o jogador brasileiro é lembrado como herói, aqui ou lá.

Leia mais