Pondé lança “A Era do Ressentimento”

Sexta-feira, 4 de junho de 2014 às 9h32
O filósofo mais polêmico do país apresenta sua obra mais recente em noite de bate-papo e autógrafos, em Curitiba.

ponde livro

Foto: Divulgação. Foto do destaque: Priscila Fiedler / Central Press

Luiz Felipe Pondé, autor do “Guia Politicamente Incorreto da Filosofia”, lança no próximo dia 24, em Curitiba, o livro “A Era do Ressentimento” (Ed. Leya). O evento faz parte do projeto “Encontro com a Palavra”, promovido pelo Conselho da Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Netto do Graciosa Country Club, em parceria com a UniBrasil e com apoio da Editora Leya, Freguesia do Livro e Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Colunista do jornal Folha de S. Paulo desde 2008, Luiz Felipe Pondé é graduado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia e Filosofia Pura pela Universidade de São Paulo, doutor em Filosofia Moderna pela Universidade de Paris e pós-doutor pela Universidade de Tel Aviv, Israel. Atuou como professor convidado nas universidades de Marburg (Alemanha) e de Sevilha (Espanha). Professor do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da PUC-SP e da Faculdade de Comunicação da FAAP, ministra diversos cursos na Casa do Saber. Também escreveu “Contra um mundo melhor” (LeYa, 2010), “Crítica e Profecia – Filosofia da Religião em Dostoievski” (Ed. 34, 2003), “Conhecimento na Desgraça – Ensaio de Epistemologia Pascaliana” (EDUSP, 2004), “O Homem Insuficiente” (EDUSP, 2001) e “Do Pensamento no Deserto – Ensaios de Filosofia da Religião” (EDUSP, 2009).

Na nova obra, Pondé aponta suas armas para a mediocridade contemporânea, numa época afogada em narcisismo. “Ofereço esta agenda a todos que, como eu, estão fugindo das modas de um mundo viciado em seus próprios ridículos fantasmas de sucesso”, afirma o autor, na sinopse do livro. E completa: “assim como Freud traiu nossa falsa inocência infantil, pretendo trair nossa mediocridade”.

Segundo o filósofo, a psicologia nietzschiana do ressentimento deveria ser mais levada a sério quando se discute política no mundo contemporâneo. “Provavelmente, daqui a mil anos, não vão lembrar da nossa época como a época do IPad – vão lembrar da nossa época como a era do ressentimento. Somos uma civilização de mimados, que não é capaz de escutar nenhuma crítica sem achar que é uma questão de ofensa pessoal”, afirma.

O bate-papo, seguido de autógrafos, acontece a partir das 19h30, na sede social do Graciosa Country Club. Mais informações pelo telefone (41) 3015-5005 – ramal 1335.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*