80 anos nos caminhos do Judô brasileiro

O kodansha Luiz Tambucci, que conquistou o 9º Dan em 1996, diz que ainda tem muito para aprender, espiritual e tecnicamente: “Sinto-me mais fanático ainda pelo Judô”.

Antes de mais nada queremos afirmar que temos a honra de poder escrever poucas e resumidas linhas sobre Jigoro Kano, o Judô, a Kodokan e Luiz Tambucci, um dos seus mais antigos seguidores. Estas páginas são infinitamente acanhadas para falar dessa arte – que está difundida por diversos países –, seu fundador ou discípulos.

Conhecida no idioma português por Kodokan, foi a primeira escola de judô, fundada em 1882 no Japão, por Jigoro Kano, no bairro de Shimoya em Tóquio. O significado de Kodokan seria Instituto do Caminho da Fraternidade (ko = fraternidade, irmandade; do = caminho, via; e kan = instituto), atualmente Instituto Kodokan. Seu fundador enfrentou dificuldades no início, mas a escola logo se tornou célebre.

Idealizado e desenvolvido por Jigoro Kano, o judô se tornou um dos esportes mais conhecidos e praticados no mundo, assim como no Brasil e um dos representantes brasileiros mais destacados, pela sua dedicação, além de outros fatores preponderantes para a elevação ao 9º Dan, é Luiz Tambucci sensei, considerado o Kodansha (ver quadro à página 38) mais antigo do judô brasileiro.

Sua história nos tatames começa aos 9 anos de idade e chega aos dias atuais com o aperfeiçoamento da técnica e carisma que completam neste ano 80 anos, dedicados ao esporte. Ministrando aulas, enriquecendo semanalmente com técnicas de solo do Judo as aulas de Jiu Jitsu da academia Xtreme Gold Team, além de outras atividades ligadas ao esporte, e mais recentemente emprestando seu próprio nome ao Dojô do CEPEUSP (Centro de Práticas Esportivas da universidade de São Paulo), Luiz Tambucci é uma daquelas pessoas que nascem para ensinar e merecem ser veneradas e homenageadas.

 

Tambucci ao lado do seu mestre Yashuisi Ono.

Tambucci aplica técnica do Uki Otoshi no aluno José Carlos Barbagli.

Certificado de graduação.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*