A anorexia em diferentes fases da infância


Terça-feira, 9 de maio de 2017 às 13h48


De acordo com especialista, na adolescência, esse distúrbio afeta um número maior de meninas no início da puberdade, devido as mudanças que ocorrem no corpo. Leia a matéria da SPSP.

Desde a infância, a alimentação é uma das principais chaves para a garantia de bem-estar físico, mental e emocional. Mas, apesar de todos os cuidados, as crianças podem desenvolver diferentes tipos de transtornos em seu desenvolvimento, e a anorexia, mais comum do que se imagina, pode ser um deles.

 

Dra. Flávia, expõe que "na infância, a alimentação é permeada não só por questões fisiológicas, mas também pela afetividade que temos com nossos cuidadores". Foto: divulgação / SPSP

 

As causas do distúrbio alimentar na infância nem sempre são equivalentes na fase adulta, quando geralmente estão envolvidas questões estéticas que levam a um emagrecimento forçado e, consequentemente, ao desenvolvimento da doença. Bebês de colo que apresentam recusa na alimentação ou dificuldade no próprio desenvolvimento podem apresentar um quadro de anorexia precoce. Apesar de não ser comum, esse tipo de transtorno deve ser investigado a fundo. Em geral, essa precocidade serve como sinal de alerta para investigação de problemas mais graves como autismo e psicose.

Passada a fase do colo, a anorexia que se desenvolve é sempre considerada de origem multifatorial, podendo existir por componentes orgânicos ou por questões psicológicas. Antes de tudo, é necessário que a criança passe por uma bateria de exames e descarte possibilidades de que esse transtorno esteja associado a doenças graves como cardiopatia.

Segundo Dra. Flavia Escrivão, psicanalista, especialista em psicologia clínica e membro do departamento científico de Saúde Mental da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), na infância, a alimentação é permeada não só por questões fisiológicas, mas também pela afetividade que temos com nossos cuidadores. Para as crianças, a comida não é apenas fonte de energia, mas representa um momento de vínculo com quem as alimenta.

“Em geral, a anorexia na criança se manifesta apontando para uma dificuldade do vínculo do cuidador com essa criança. É necessário que se entenda o que está acontecendo dentro dessa relação. As patologias são formas de expressar alguma angustia sentida pela criança”, explica a dra. Flavia.

Além disso, a anorexia na infância pode ser classificada como simples quando o quadro se estabelece por algum evento especifico da vida da criança como o desmame, a ansiedade da mãe na introdução alimentar ou alguma internação passageira. Nesses casos, na maioria das vezes, a intervenção do pediatra já é suficiente para melhora do caso.

Já a anorexia grave seria a persistência desse quadro. “A principal causa, depois das patologias, é realmente esse relacionamento que se estabelece entre cuidador, criança e alimento. A anorexia que persiste aponta para esse problema”, reforça.

Na adolescência, a anorexia afeta em maior número as meninas no início da puberdade devido ao início das mudanças corporais. A mesma influência daquilo que é produzido como conceito de beleza passa a atingir as garotas de 12 anos. “Tem sido observado que os quadros têm aparecido cada vez mais cedo, por causa desses padrões estéticos que passam a ter mais peso a cada dia”, afirma.

Em todos os casos, o acompanhamento médico é extremamente importante. Em casos mais críticos como a anorexia precoce, anorexia grave e na adolescência é importante que aconteça o acompanhamento psicológico, visto que estão, na maioria das vezes, vinculados à questões psicológicas.

medicinasaude

Acesse a nova página especial sobre Medicina&Saúde, onde encontra todos os os posts do site sobre o assunto com um só clique. Ilustração: aloart

Leia mais sobre
MEDICINA&SAÚDE

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*