A expressão gráfica na educação

Sexta-feira, 15 de agosto de 2014 às 18h16

 

Instituto Ayrton Senna
Eixo Temático: Educação e Tecnologia

Por Simone da Silva Soria Medina, Ana Maria Petritis Liblik e Keilla Cristina Arsie

ias educaçãoComunicadores e educadores têm realizado estudos e pesquisas relacionados ao uso da imagem como forma de expressão e consequentemente de comunicação. É neste sentido que apresentamos este artigo, que relaciona a Expressão Gráfica com o processo de ensino e aprendizado, pois as representações pictóricas (desenhos, fotografias, histórias em quadrinhos, esquemas, gráficos, entre outras) se constituem em eficientes formas de comunicação, estando presentes no dia a dia dos alunos, em suas mais diversas formas de manifestação, principalmente na televisão, na mídia e no cinema. Tais representações podem, e devem, se tornar aliadas do processo de ensino, facilitando o aprendizado. Independente do conteúdo a ser trabalhado, a imagem se mostra útil, pois ela favorece a geração do conhecimento por intermédio de um modelo mental mais fiel à realidade, permitindo uma interação com outros temas e disciplinas. A utilização de imagens no ensino formal não é um tema recente, pois Comênio, ainda no século XVII, já mostrava ao mundo as potencialidades da Expressão Gráfica como uma eficiente forma de comunicação no sistema educacional. Neste artigo salientamos a necessidade do uso da Expressão Gráfica na Educação, porém queremos também, deixar claro que devemos usá-la com responsabilidade, pois as representações gráficas necessitam de leitura e interpretação apropriadas: elas sozinhas não transmitem o conhecimento de forma plena. Ao falar de leitura e interpretação de imagens, estamos falando de alfabetização visual, tema este que deve ser abordado nos cursos de licenciatura, de modo a preparar nossos professores a esta tarefa, pois precisamos entender as diferentes formas de comunicação, como ter acesso ao conhecimento e como produzi-lo.

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*