A menos de 50 dias da Copa, ainda há dúvidas, muitas

Gerson Soares

A pior delas é quanto a possibilidade de a Arena Corinthians não estar totalmente preparada no dia da abertura. Mas não é só isso.

A imprensa internacional se organiza para o mundial de futebol que acontecerá daqui a 49 dias no Brasil. O prazo final da Fifa para a entrega dos estádios já está ultrapassada, foi em dezembro do ano passado. Ronaldo, que faz parte do Comitê Organizador da Copa, já afirmou que isso faz parte do jeitinho brasileiro.

Visita de comitiva do FIFA, COL e governo à Arena Corinthians Foto: Paulino Menezes/Portal da Copa

Visita de comitiva do FIFA, COL e governo à Arena Corinthians
Foto: Paulino Menezes/Portal da Copa

O ministro do Esporte Aldo Rebelo, disse que nunca viu um casamento não acontecer por causa do atraso da noiva, ao tentar justificar a lentidão. Quanto aos protestos que poderão azedar os planos do Comitê, inclusive o da reeleição da presidente Dilma Roussef, que afirma em seu blog que esta será a Copa das Copas, o presidente da Fifa Joseph Blatter tenta se convencer de que o futebol estará protegido e afirma que está otimista, incitando todos a isso.

A verdade é que ninguém quer desacreditar a Copa 2014, mas está difícil esquentar o clima do evento que gerou tanta insatisfação popular devido aos gastos do governo, um dos temas principais dos protestos de junho do ano passado, e coincidentemente completarão um ano durante o evento.

Rio de Janeiro - Brasil, Tour da Taça. Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Rio de Janeiro – Brasil, Tour da Taça. Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Antes de ontem (terça, 22), o Rio de Janeiro estreou o Tour da Taça – uma exposição com vídeos, edições dos Mundiais, bolas das copas e lazer –, que visitará pela primeira vez todas as capitais de um país-sede da Copa do Mundo. A cidade maravilhosa hospedará o troféu até sábado, quando terá início o tour por 27 capitais brasileiras, terminando em São Paulo com a chegada programada para o dia 29 de maio.

Na terça também, uma comitiva da Fifa esteve em São Paulo para verificar as obras do estádio onde será realizada a abertura do mundial. “A Arena Corinthians estará pronta para a Copa”, afirmou à imprensa o secretário-geral da entidade Jérôme Valcke. “Não podemos perder um só minuto, porque tem muito o que fazer. Não só para a Odebrecht, mas para as outras empresas que estão trabalhando no entorno. Estamos correndo contra o tempo, mas posso afirmar que o estádio estará pronto para a abertura e para os outros jogos”, disse.

Acompanhando o Secretário da Fifa, o ministro do Esporte Aldo Rebelo comentou as obras do entorno e deu o tom do pensamento governista que norteia a realização do evento. “Tive a oportunidade de circular pelas redondezas do estádio, para ver as obras que estão em execução, algumas concluídas, outras bastante avançadas. Essa região recebe obras que elevam o padrão de vida dos seus moradores e ajudam a traçar um caminho de esperança para a população da zona Leste”. Foi preciso a Copa do Mundo chegar para que a zona Leste tivesse alguma esperança. Será que tem?

O clima é tenso. Para aliviar, o site do governo relativo à Copa 2014, mostrou 50 benefícios no dia em que faltavam 50 dias para a abertura do evento. O primeiro deles, segundo o Portal da Copa, é o aumento de turistas que gastarão mais e da visibilidade do Brasil. Outro item apontado é a infraestrutura para receber os turistas, com 196 milhões investidos nas cidades-sedes. Para arrematar citamos o item 11, dos benefícios trazidos pelo mundial: Transporte Coletivo. “São 45 obras de mobilidade urbana que priorizam o transporte coletivo e representam investimento de R$ 8 bilhões. Algumas ficarão prontas depois da Copa do Mundo”, destacada o site.

Alguém já ouviu falar da Radial Leste, em São Paulo, cidade sede da abertura? Da Marginal do Rio Tietê? Rodovia Ayrton Senna e a chegada matinal ao Aeroporto de Guarulhos ou a São Paulo?

Operários trabalham durante a visita da comitiva da FIFA à Arena Corinthians em São Paulo. Foto: Paulino Menezes/Portal da Copa

Operários trabalham durante a visita da comitiva da FIFA à Arena Corinthians em São Paulo. Foto: Paulino Menezes/Portal da Copa

Diferente de como pensam Ronaldo e Rebelo, o jeitinho brasileiro não deve estar agradando nada ao Secretário da Fifa nem ao Presidente da organização nesta reta final. No futebol, o brasileiro sabe que o europeu nunca teve muito jogo de cintura e soube aproveitar-se muito bem disso na história dos mundiais. As noites de sono do francês e do suíço não devem estar sendo muito tranquilas e a ginga que vai rolar no campo deve ser a menor das suas preocupações.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*