Arte e bom humor contra a crise da água


Segunda-feira, 23 de março de 2015, às 18h09


Lambe-lambes pela cidade ajudam a disseminar dicas de adaptação e aumentar a pressão sobre o governo estadual. Manual de Sobrevivência também é lançado neste Dia Mundial da Água.

 

São Paulo enfrenta a maior crise hídrica de sua história. (© Bruno Fernandes / Greenpeace).

São Paulo enfrenta a maior crise hídrica de sua história. (© Bruno Fernandes / Greenpeace).

 

Por Luciano Dantas do Greeenpeace

São Paulo amanheceu diferente nesse 22 de março, Dia Mundial da Água. Em todos os cantos da cidade, muros, ruas, avenidas e viadutos, lambe-lambes passam dicas e mensagens para nos adaptarmos à uma das maiores crises ambientais da história da cidade: a falta de água nas torneiras de milhões de paulistanos. Com bom humor, os lambes também querem que a população pressione o governo estadual - o maior responsável pela destruição dos mananciais que abastecem a cidade - para o enfrentamento responsável da crise.

Greenpeace Brasil - Dia da Água. Fotos: Divulgação: Greenpeace

Arte contra a crise da água

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*