Boa forma: Drenagem linfática


Sexta-feira, 16 de setembro de 2016, às 10h49


A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. Essa técnica foi desenvolvida em 1932 pelo terapeuta dinamarquês Vodder e sua esposa, que posteriormente foi aprimorada, tornando-se conhecida até os dias de hoje.

Por Monica Abdalla*

A principal função da drenagem linfática é acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células, e os resíduos metabólicos; encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando para que sejam eliminados.

 

Técnica desenvolvida em 1932, tem como principal função acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Foto ilustratitva: Gabriel Bulla / Getty Images

Técnica desenvolvida em 1932, tem como principal função acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células e os resíduos metabólicos. Foto ilustratitva: Gabriel Bulla / Getty Images

 

Os movimentos da drenagem linfática são lentos e com pressão e sempre de baixo para cima, ou seja, dos membros inferiores para os membros superiores, lembrando que na drenagem não podemos usar força e sim pressão, desta forma, desconfie do profissional que o deixe sair com dores no corpo ou hematomas.

Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranquilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação anti-inflamatória do organismo. As sessões podem ser feitas até duas vezes por semana, o que é recomendado pelos profissionais da área após avaliação ou anamnese (ficha aonde os pacientes irão relatar histórico familiar de doenças, hábitos alimentares queixas de dores locais ou outras).

Em alguns casos é necessária a avaliação médica, pois a drenagem possui contraindicações as quais nem todas as pessoas podem ser submetidas. Pessoas com infecções agudas, insuficiência cardíaca, trombose, hipertensão arterial, asma brônquica, gestantes no inicio da gestação, pré e pós-cirúrgico, varizes profundas e pessoas portadores de câncer.

Os casos que necessitam de carta do médico autorizando o procedimento da drenagem linfática são pré e pós-cirurgias plásticas, gestantes e portadores de doenças cancerígenas, pois a massagem por estimular o metabolismo pode ocorrer metástase, ou seja, a doença pode se espalhar pelo corpo todo.

Todo o profissional responsável não atenderá seu paciente/cliente quando o mesmo estiver gripado, em estado febril, com alguma infecção ou doença de pele. Também não é recomendado fazer a drenagem no primeiro dia da menstruação, pois aumenta o fluxo sanguíneo ou em peles sensíveis (por exposição ao sol, por exemplo), pois pode causar ardência e desconforto.

A drenagem linfática também é recomendada para tratamentos de celulites, retenção de líquidos e gordura localizada, alertando que o procedimento não emagrece como prometem muitos profissionais. Nenhum tratamento estético tem o poder de fazer emagrecer ninguém. Depende do paciente/cliente associar ao tratamento uma boa alimentação (reeducação alimentar hipocalórica), deixar de fumar e fazer atividades físicas.

Procure um profissional de sua confiança.

*Monica Abdalla é formada em Massoterapia pelo Senac Tatuapé e Jornalismo pela FMU
Criolipólise: técnica congela gordura localizada. Fotos: Getty Image.Sobrefotos: aloart

Criolipólise: técnica congela gordura localizada. Fotos: Getty Image. Sobrefotos: aloart

Leia mais sobre
BOA FORMA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*