Câmara dos Deputados premia gestão transparente de recursos públicos

camara marisa izar

Dona Marisa Izar recebe o prêmio.

A Câmara entregou nesta terça-feira, em sessão solene, o prêmio “Transparência e Fiscalização Pública” ao procurador da República em São Paulo Aureo Marcus Makiyama Lopes e ao presidente da Tractebel Energia, Manoel Arlindo Zaroni Torres.

O prêmio, que existe desde 2003, é uma iniciativa da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle como forma de incentivar pessoas e entidades que se destacaram por práticas transparente de gestão e pela fiscalização administrativa, patrimonial e de recursos públicos.

“Estamos plantando sementes que a Câmara quer ver espalhadas em nome de um Brasil mais rico e justo”, disse o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, durante a premiação.

Sociedade civil

O presidente da Tractebel Energia foi escolhido na categoria sociedade civil. Engenheiro eletricista formado pela Escola Federal de Engenharia de Itajubá (MG), Zaroni Torres é especialista em Administração Geral pelo Centro Europeu de Educação Continuada (Cedep/Insead), em Fonntainebleau, na França.

A indicação de Manoel Arlindo Zaroni Torres foi feita pelo deputado Edinho Bez (PMDB-SC), presidente da comissão. Segundo o deputado, as ações de transparência desenvolvidas por Zaroni passam principalmente pela abrangência e pelo grau de detalhamento do relatório anual de sustentabilidade produzido pela empresa.

Como patrono da categoria sociedade civil foi escolhido o ex-deputado federal Ricardo Izar (1938-2008).

Plenário Ulysses Guimarães durante a premiação. Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Plenário Ulysses Guimarães durante a premiação. Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Governo

Na categoria governamental, o prêmio foi entregue ao procurador da República em São Paulo Aureo Marcus Makiyama Lopes, indicado pelo líder do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP). O ex-ministro da Agricultura Dejandir Dalpasquale (1932-2011) foi escolhido com patrono do prêmio nessa categoria.
Representando o PSDB, Vanderlei Macris (SP) disse que a transparência deve estar presente em todos os vínculos entre pessoas, entidades e governos e destacou o trabalho desenvolvido pelo procurador da República em Campinas, Aureo Lopes. “Dr. Aureo tem se sobressaído pelo caráter inovador do projeto Teia Social, que se caracteriza pelo compartilhamento com voluntários interessados de toda a sociedade de práticas de fiscalização com o uso da internet”, disse Macris.

“A transparência contribui também para aumentar a participação das pessoas em todos os processos”, disse Aureo Lopes.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, apoiou a iniciativa que chega a 20ª edição. “Além de dar voz aos agraciados e ouvi-los, estamos plantando sementes que a Câmara quer ver espalhadas em nome de um Brasil mais rico e justo”, disse Alves.

Também presente à sessão, o Advogado-Geral da União, Luís Inácio Lucena Adams, disse que o prêmio reafirma o compromisso do País com a necessidade de eterna vigilância e participação dos cidadãos no processo democrático.

Reportagem – Murilo Sousa
Edição – Natalia Doederlein
Agência Câmara Notícias
alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*