Carunchos em macarrão Barilla no Supermercado Yamauchi, outra vez!


Segunda-feira, 27 de junho de 2016, às 19h14


O fato foi constatado no domingo (5) de junho na hora da macarronada, provocando a revolta da consumidora e quase um “desastre à italiana”, não fosse um pacote extra.

Gerson Soares

A primeira vez que se constatou a infestação da massa, adquirida num supermercado do bairro, chegou à redação no dia 3 de abril, o que gerou uma reclamação e a reportagem: “Carunchos são encontrados em massa Barilla adquirida no Supermercado Yamauchi do Tatuapé”. Na época o supermercado emitiu seu parecer, assim como a Barilla. Depois da publicação, a marca enviou ao Alô Tatuapé amostras de várias massas em perfeito estado, deixando evidente a preocupação com seus produtos importados da Itália e a garantia de que chegam ao Brasil intactos, sem carunchos. Entregues aos distribuidores que os repassam aos revendedores, a responsabilidade de manter íntegros os pacotes recai sobre eles.

 

Produtos enviados pela Barilla à redação para comprovar a boa procedência do produto até chegar ao Brasil, após o desembarque a responsabilidade passa aos distribuidores e revendedores. Foto: aloimage

Produtos enviados pela Barilla à redação para comprovar a boa procedência do produto até chegar ao Brasil, após o desembarque a responsabilidade passa aos distribuidores e revendedores. Foto: aloimage

 

O que se imagina num caso destes é que todos os envolvidos tomariam providências para que o fato não ocorresse novamente, mas 60 dias após a primeira denúncia lá estavam novamente: carunchos e suas crias num pacote da mesma marca e no mesmo supermercado – desta vez mortos. E o que se pode deduzir? É que nem tudo o que poderia ter sido feito funcionou, mas quem vai pagar por isso é você consumidor.

 

Pacote de massa fusilli Barilla e cupom fiscal. Foto: aloimage

Pacote de massa fusilli Barilla e cupom fiscal. Foto: aloimage

 

A massa fusilli Barilla, que gerou a nova reclamação trazida ao Alô Tatuapé, foi comprada no dia 30 de maio e deveria ser consumida no dia 5 de junho, domingo, durante a tradicional macarronada da família. Anteriormente fora adquirida no dia 1º de abril para ser degustada no dia 3. Lembrando que quando o macarrão vai para a panela o molho já está pronto! Mas, segundo as informações que conseguimos apurar, além de ser indigesto comer macarrão com bichos... Os carunchos não fazem mal à saúde humana. No entanto, não vai ser fácil encontrar alguém querendo saborear um bom prato de massa Barilla com molho da “mamma”, queijo parmesão e... carunchos. Por isso, seria bem melhor que o estabelecimento tivesse mais cuidado.

 

Prato indigesto. La pasta ciutta a caruncho: macarrão infestado de carunchos, observe os pontos escuros, são os besouros que perfuram a massa, alterando sabor e aspecto. Foto: aloimage

Prato indigesto. La pasta ciutta a caruncho: macarrão infestado de carunchos, observe os pontos escuros e esbranquiçados, são os besouros que perfuram e se alojam na massa, alterando sabor e aspecto. Foto: aloimage

 

Esse tipo de infestação também pode chegar até a sua despensa, justamente se vier a bordo das compras no supermercado. Basta alguns deles para que tenha início a farra dos carunchos na sua casa, pois a capacidade reprodutiva do besouro é incrível. Porém, ninguém que já tenha passado pela experiência irá querer sua companhia (assista o vídeo). Encontramos vários tipos de informações, desde as mais indigestas acerca de encontrá-los num prato de comida pronto, até a perda de grandes quantidades de alimentos como farinha, feijão, arroz, macarrão e cereais, seus habitats prediletos nos lares.

 

Infestação de carunchos mortos encontrada no pacote de massa fusilli Barilla. Foto: aloimage

Infestação de carunchos mortos encontrada no pacote de massa fusilli Barilla. Foto: aloimage

 

Em contato com a Vigilância Sanitária desde a primeira infestação encontrada no dia 6 de abril, o órgão municipal deu um prazo de até 60 dias, a partir da data da reclamação, para efetuar uma fiscalização no estabelecimento Yamauchi, mas até a reincidência no dia 5 de junho não havia inspecionado o local, segundo as informações que constam nos arquivos do órgão. A Ouvidoria Geral do Município disse nesta segunda-feira (27) que iria enviar um ofício para saber o motivo.

 

No supermercado, a massa aumentou 14,47% em 15 dias. Compare os preços da imagem no destaque, feita no dia 8 de junho com a mesma prateleira no dia 24. Foto: aloimage

No supermercado, a massa aumentou 14,47% em 15 dias. Compare os preços da imagem no destaque, feita no dia 8 de junho com a mesma prateleira no dia 24. Foto: aloimage

 

Visitamos o supermercado três vezes antes de finalizar esta matéria, para informar melhor o público interessado. No dia 8 de junho, as massas Barilla estavam nas prateleiras e apenas como outra referência, o macarrão pene rigatte custava R$ 7,95 o pacote. No dia 11, ao retornarmos, os pacotes da marca não constavam no lugar de costume. Visitamos o mercado na semana seguinte e também não havia macarrões da Barilla. As massas retornaram na outra visita, na última sexta-feira, 24 de junho, ao preço de R$ 9,10 o pacote – um aumento de 14,47% em 15 dias, assim como o fusilli que aumentou na mesma proporção.

Se anteriormente estavam em promoção ou qualquer outra ação proposta isso é da livre iniciativa e ninguém deve meter a colher... ou melhor, o garfo. Mas uma coisa é certa: com caruncho ou sem caruncho quem sempre paga a conta é o consumidor.

 

"Massacre da família de carunchos": até agora ninguém informou como foram mortos. Foto: aloimage

"Massacre da família de carunchos": até agora ninguém informou como foram mortos. Foto: aloimage

 

E mais: mesmo que os bichinhos não façam mal à saúde, ao encontrarmos toda uma “família vítima de massacre” em um pacote, como mostra a foto acima, ficaram sem respostas as seguintes perguntas, mencionadas às assessorias das empresas Yamauchi e Barilla, aos órgãos Vigilância Sanitária e Ouvidoria Geral do Município:
– Como os animais morreram?
– Foi por meio de dedetização?
– Se sim, essa técnica utilizada envolve química?
– Afeta a saúde humana?
– Será que alguém poderia explicar, ou será preciso chamar o CSI?


Veja abaixo as respectivas notas dos interessados

Supermercado Yamauchi

Apesar das questões, o SAC do Supermercado Yamauchi emitiu a seguinte nota no dia 7 de junho:

“O Supermercado Yamauchi preza pela qualidade de seus produtos e respeito ao consumidor.
Não houve nenhum registro de ocorrência referente ao produto mencionado em nossa central de atendimento, de qualquer forma todo o depósito foi fiscalizado pelo setor de qualidade da empresa não havendo irregularidades constatadas.
Assim, ficamos à disposição do consumidor através do Fale Conosco no nosso site para a imediata resolução do problema.”

Barilla

A assessoria da marca Barilla também não respondeu sobre o assunto, no dia 8 de junho, mas emitiu a nota padrão:

“A Barilla do Brasil lamenta o ocorrido com o produto adquirido pela consumidora.
Informamos que na embalagem fechada, as massas Barilla mantêm-se perfeitas para o consumo em até 24 meses.
Aguardamos o contato da consumidora pelo telefone 0800 553199 para que possamos compartilhar das soluções cabíveis o quanto antes”.

Vigilância Sanitária e OGM

A Vigilância Sanitária do Município confirmou que após os 60 dias o local não foi inspecionado.

A Ouvidoria Geral do Município (OGM) disse que vai apurar e que o caso poderá ser acompanhado uma vez por semana.

É óbvio que um supermercado não procederá exatamente desta maneira, caso seja vítima de infestações em seus estoques. Mas se o pior acontecer na despensa do seu lar, aí vai uma dica.

Aproveitar os alimentos infestados cabe a cada um, mas em nossa opinião, somente em último caso. Afinal com saúde e os alimentos que ingerimos não se brinca.

Assista ao vídeo e saiba que além das dicas os carunchos também detestam folhas de louro.


Acabar com os carunchos gorgulhos Lucy Mizael personal organizer

 

Parque do Piqueri: este já é considerado um maciço verde integrado à floresta urbana. Foto: aloimage

Parque do Piqueri: este já é considerado um maciço verde integrado à floresta urbana. Foto: aloimage

Leia mais sobre
TATUAPÉ

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*