Geraldo Alckmin segue com larga vantagem em SP
out03

Geraldo Alckmin segue com larga vantagem em SP

Sexta-feira, 3 de outubro de 2014, às 12h44 Veja o que dizem as pesquisas divulgadas nesta terça-feira, dia 30 de setembro, quanto ao governo do Estado de São Paulo. Ibope – ​Na mais recente rodada de pesquisa realizada em São Paulo pelo IBOPE Inteligência a pedido da TV Globo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) se mantém na liderança, apesar da queda de quatro pontos percentuais (p.p.), tendo agora 45% das intenções de voto.       Em outro patamar estão Skaf (PMDB), com 19% das menções (oscilação positiva de 2 p.p.), e Padilha (PT), mencionado por 11% dos entrevistados (crescimento de 3 p.p. em comparação com a rodada passada). Os demais candidatos (Laércio Benko, do PHS, Gilberto Natalini, do PV, Maringoni, do PSOL, Raimundo Sena, do PCO, Wagner Farias, do PCB e Walter Ciglioni, do PRTB) somados têm 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 13% e aqueles que não sabem ou não respondem são 10%. Intenção de voto para o Senado Na disputa para senador em São Paulo, José Serra (PSDB) permanece na liderança, com 35% das intenções de voto. O senador Eduardo Suplicy (PT) tem 26% das menções, enquanto o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (PSD) varia de 5% para 8% nesta medição. Brancos e nulos totalizam 12% e aqueles que não sabem ou não respondem são 14% (eram 17% na semana passada). Segundo turno O IBOPE Inteligência simulou um cenário de segundo turno entre Alckmin e Skaf: se o segundo turno fosse hoje, o candidato do PSDB venceria as eleições com 49% das intenções de voto (eram 54% na medição anterior), contra 28% do peemedebista (crescimento de 4 p.p. em comparação à semana passada). Intenções de voto em branco ou nulo totalizam 14% e os entrevistados que não sabem ou preferem não responder são...

Leia mais
Alckmin alcança 51% dos votos em SP
set27

Alckmin alcança 51% dos votos em SP

Sábado, 27 de setembro de 2014, às 21h09 O candidato à reeleição ao governo do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), venceria no 1º turno do pleito se a eleição fosse hoje, conforme pesquisa do Datafolha.       O último levantamento feito no dia 10 de setembro, Alckmin tinha 49% dos votos e agora está com 51%, enquanto seu concorrente mais próximo, Paulo Skaf (PMDB) manteve os 22%. Alexandre Padilha (PT) está com 9%; brancos e nulos somam 16%. Durante o debate realizado ontem pela Rede Record de Televisão, Alckmin disse ter sofrido ataques paralelos dos dois concorrentes, mas não fez perguntas a eles, que reclamaram de não terem a chance de se defender. Antes do debate os candidatos avaliaram o encontro. Perguntado se os 51% garantiam a eleição, o candidato do PSDB disse que a eleição só está ganha após a apuração. “Mas quero agradecer a confiança, é com enorme humildade que a gente recebe esse resultado”, afirmou. Skaf disse que “todo debate é sempre e uma oportunidade para que os candidatos possam expor suas ideias”. Questionado sobre o debate Padilha aproveitou para atacar. “Acho que é um primeiro debate, já que o candidato Alckmin vem fugindo dos debates anteriores, nós desafiamos ele para estar presente e discutir abertamente”. Na avaliação final, o debate seguiu a previsão de críticas e ataques ao candidato Geraldo Alckmin. Foram levantadas questões sobre a crise da água e segurança pública, transportes, saúde e educação. Além dos pretendentes ao governo de São Paulo, já citados, também participaram Gilberto Natalini (PV), Gilberto Maringoni (PSOL), Laércio Benko (PHS) e Walter Ciglioni...

Leia mais
Governo de SP: Alckmin pode vencer no 1º turno
set24
Leia mais
Geraldo Alckmin lidera em SP, com 49%
set20
Leia mais
Os candidatos de SP e a velha política
set08
Leia mais