Cia Estável de Teatro volta com a peça A Exceção e a Regra nas estações da CPTM


Sábado, 25 de abril de 2015, às 13h23


Dando sequência ao projeto Expedições, grupo leva o clássico de Bertolt Brecht para a linha Turquesa da CPTM. As sessões são gratuitas.

O projeto já passou pelas linhas Esmeralda e Rubi e agora segue para mais 4 apresentações na linha Turquesa. As sessões acontecem dia 10 de abril (sexta-feira, às 20h) na Estação Ribeirão Pires; dia 17 de abril (sexta-feira, às 20h) na Estação Mauá; dia 20 de abril (segunda-feira, às 20h) na Estação Santo André e dia 27 de abril (segunda-feira, às 20h) na Estação São Caetano.

 

 A Exceção e a Regra. Foto: Jonatas Marques

A Exceção e a Regra. Foto: Jonatas Marques

 

A montagem tem direção de Renata Zhaneta e traz no elenco Andressa Ferrarezi, Daniela Giampietro, Juliana Liegel, Luiz Calvvo, Nei Gomes, Osvaldo Pinheiro, Sérgio Zanck, Paula Cortezia e Zeca Volga.

A cada apresentação, o grupo disponibiliza esteiras de palha para acomodar a plateia. O local de apresentação também será escolhido próximo a bancos comuns, em todas saídas das estações, para acomodar todo tipo de público.

Na trama, uma pequena caravana participa de uma corrida em direção à cidade de Urga, a expedição que chegar primeiro ganha como prêmio uma concessão para explorar petróleo. Durante a viagem são expostos a relação entre explorador e explorado, assim como os mecanismos que legitimam o abuso de um e a submissão do outro.

 

 A Exceção e a Regra. Foto: Jonatas Marques

A Exceção e a Regra. Foto: Jonatas Marques

 

Associando a relação da expedição ao caminho percorrido pelos trabalhadores diariamente nas viagens de trem, o grupo propõe estabelecer um diálogo com a classe trabalhadora. Ao colocar em perspectiva questões pertinentes à sociedade, a obra brechtiana oferece um importante instrumento para a compreensão das atuais crises do capitalismo e de suas inevitáveis consequências para a ordem mundial. A encenação pressupõe o espaço da rua como meio de ampliar o alcance político e popular do texto.

 


Serviço:
A Exceção e a Regra com a Cia Estável de Teatro.
Dia 27 de abril (segunda-feira, às 20h) na Estação São Caetano.
Duração – 60 minutos. Espetáculo de Rua - Classificação Livre. Telefone para informações – 11 98121 6554 ou 98567 8567. Ingressos - Grátis.

Saiba mais:

Com apoio do Proac Circulação a Cia Estável de Teatro apresenta o projeto Expedições, uma série de apresentações do espetáculo A Exceção e a Regra, clássico de Bertolt Brecht (1998/1956), por estações da Companhia de Trens Metropolitanos de São Paulo (CPTM).

Ao todo serão 25 estações (outras datas e locais serão divulgados em breve), em 18 municípios cobertos pela malha ferroviária da CPTM. As sessões são gratuitas e acontecem nas saídas das estações, possibilitando o acesso do público que não precisa pagar passagem de trem para assistir o espetáculo.

Para o grupo, o resultado mais importante do espetáculo no que diz respeito ao retorno do público foi a constatação da relevância e da atualidade da obra de Bertolt Brecht no atual panorama sócio-político brasileiro.

“Refletindo o texto metaforicamente, pretendemos levar nosso teatro àqueles que diariamente realizam, assim como a personagem O Carregador de Brecht, uma trajetória árdua no sistema onde a humanidade é uma exceção”, explica o ator Osvaldo Pinheiro.

Tendo o teatro épico, e sua relevância social e política, como principal eixo de seus estudos estéticos, a Cia Estável de Teatro busca imprimir em sua prática novas possibilidades de interlocução com o entorno imediato.

Dessa maneira, desenvolve há 8 anos uma intensa pesquisa junto aos 1.200 homens em situação de rua, acolhidos do albergue Arsenal da Esperança, localizado na região da Mooca. Uma, dentre outras tantas ações resultantes desta experiência, foi a montagem do espetáculo a Exceção e a Regra, um dos textos mais montados do dramaturgo alemão de Bertolt Brecht.

Desde 2012, o grupo realiza uma intensa circulação com o espetáculo por espaços não convencionais, praças e sedes de outros coletivos teatrais na cidade de São Paulo e no interior do Estado. Em 2013, contemplados pelo Prêmio Myriam Muniz de Teatro apresentaram a peça nas cidades de Fortaleza e Solonópole, no Ceará e Campo Grande e Dourados, no Mato Grosso do Sul, ambas em 2014. Participaram de importantes festivais e mostras de teatro de rua como VII Mostra de Teatro de Rua de São Miguel Paulista, I Mostra Pela Paz, III Feira de Teatro de Rua em Sorocaba e Votorantim, Mostra do Gueto no Espaço Clariô, II Festival Flaskô, XIX Mostra de Teatro Monte Azul, VI Festical, Semana de História Unifesp, no encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua (RBTR) no Acre, dentre outros.

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*