Congresso tem sessão para votação de vetos ameaçada por falta de quórum


Quarta-feira, 2 de setembro de 2015, às 12h58


Congresso Nacional | com reportagem de Murilo Souza

O Congresso Nacional (sessão conjunta da Câmara e do Senado) está reunido para votar vetos da presidente Dilma Rousseff a projetos de lei aprovados pelo Parlamento.

Entre eles, está o veto parcial (19/15) da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei de Conversão (PLV) 4/15, que flexibiliza o fator previdenciário – mecanismo usado para calcular a aposentadoria.

Pela regra vetada, poderia se aposentar com o salário cheio quem conseguisse atingir uma soma mínima de idade e tempo de contribuição. A regra 85/95 permite que a mulher se aposente quando a soma de sua idade a um mínimo de 30 anos de contribuição for de 85 e, no caso do homem, a soma da idade a 35 anos de contribuição der 95.

 

Sessão do Congresso Nacional para a análise de trinta vetos presidenciais. Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

Sessão do Congresso Nacional para a análise de trinta vetos presidenciais. Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

 

A presidente Dilma Rousseff vetou a regra com o argumento de que prejudicaria a Previdência Social em médio e longo prazos. A presidente propôs, por meio da Medida Provisória 676/15, um cálculo alternativo que, em geral, atrasa a aposentadoria em 1,5 ano em relação à regra vetada.

Foram incluídos ainda na pauta da sessão três propostas sobre questões orçamentárias.

Deputados e senadores discutem o Projeto de Resolução do Congresso 3/15, que amplia de 10 para 16 o número de relatorias setoriais do projeto de lei orçamentária (LOA). O quórum para a abertura da sessão, 1/6 de deputados (86) e senadores (14), foi alcançado. No entanto, para o início das votações são necessários 257 deputados e 41 senadores.

Diante da falta de quórum para votação de propostas, o líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), apresentou questão de ordem pedindo a suspensão da sessão do Congresso. O 1 º vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA) – que preside os trabalhos – decidiu manter o andamento da sessão, com o início da discussão do PRN 3/15.

Caso o número mínimo para votações seja alcançado, poderão ser votados também vetos presidenciais a projetos de lei aprovados pelo parlamento, como o que fornece uma alternativa ao fator previdenciário – mecanismo usado para calcular a aposentadoria – e o que prevê o reajuste das remunerações do Poder Judiciário de até 78,56%.

O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) criticou a decisão de Maranhão de não iniciar as votações pelos vetos. Faria de Sá chegou a apresentar questão de ordem questionando a decisão de Maranhão, mas teve o pedido negado.

Geraldo Alckmin e Dilma Rousseff, durante inauguração de unidade produtora de etanol celulósico, em Piracicaba, na quarta-feira (22) passada. Foto: Daniel Guimarães / A2 Fotografia

Geraldo Alckmin e Dilma Rousseff, durante inauguração de unidade produtora de etanol celulósico, em Piracicaba, na quarta-feira (22) passada. Foto: Daniel Guimarães / A2 Fotografia

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*