Copa do Mundo no Brasil e o turismo sexual que está superando a Tailândia

Reportagem: Rahad Abir para o Guardian Liberty Voice
Tradução: Google
Edição: Gerson Soares

Sob o título, Brazil World Cup and Sex Tourism, o Guardian Liberty Voice (GLV), site da cidade de Nevada, estado americano de Las Vegas, publicou no início de abril uma matéria sobre o turismo sexual no Brasil, relacionando-o com a Copa 2014.

Segundo o GLV, que tem na liberdade de expressão uma de suas premissas, o turismo sexual no país não é nada novo. “A Copa do Mundo que será realizada no Brasil e o turismo sexual são dois tópicos totalmente diferentes, mas de alguma forma há uma conexão. O turismo sexual no Brasil não é nada, novo, mas a Copa do Mundo é um grande negócio. O maior país da América Latina está lentamente superando a Tailândia como um dos destinos mais populares para férias de sexo. Além disso, há um outro bom motivo por trás desta indústria florescente. Brasil vai sediar a Copa do Mundo de 2014, que começará em 14 de junho (sic!) e termina em 13 de julho. Além disso, a Copa do Mundo não seria o fim da história, o país também vai sediar os Jogos Olímpicos de Verão de 2016”.

Turismo sexual no Brasil: Foto divulgada pelo site Guardian Liberty Voice, de Nevada - Las Vegas.

Turismo sexual no Brasil: Foto divulgada pelo site Guardian Liberty Voice, de Nevada – Las Vegas.

A reportagem de Rahad Abir é extensa e afirma que milhares de visitantes são esperados no país e as prostitutas já estariam aprendendo inglês e fazer acordos com os bancos, a fim de receber pagamentos com cartão de crédito. “Para elas, esta parece ser uma oportunidade séria”, afirmou.

“No Brasil, a prostituição é legal para aqueles que tem dezoito anos ou mais. Mas este país sul-americano tem o pior nível de prostituição infantil, entre 250.000 e 500.000 crianças supostamente envolvidas no negócio. Os críticos advertem que a prostituição de menores pode subir durante a Copa do Mundo”, afirmou Abir.

O Guardian Liberty Voice, deixou de citar que os próprios pais levam meninas para se prostituírem em troca de favores ou dinheiro. Essa situação é mais comum nos estados da federação onde a pobreza e a fome falam alto, mas a ignorância desenvolvida através de anos de abandono, berra. A reportagem é longa e mostra um Brasil cruel com sua gente menos esclarecida, afortunada e por anos a fio desconhecida.

De acordo com a matéria publicada no dia 5 de abril deste ano, “a prostituição e o turismo sexual no Brasil, nos últimos cinco anos, passou por uma reformulação, especialmente nas cidades mais ricas e maiores. Bordéis no Brasil agora estão competindo com bares e discotecas do hotel. As meninas são atraídas para a prostituição, por causa do dinheiro fácil, enquanto os salários, por outro lado, são muito baixos.

O Brasil é o maior país católico do mundo, que, até meados dos anos 1980, foi governado por uma ditadura. Com a retomada da democracia e uma economia estável, tornou-se uma nação mais liberal desde a década de 1990. A razão pela qual a indústria do sexo tem crescido aqui é porque o país tem uma maior aceitação da pornografia e tornou-se mais aberto ao falar sobre sexo.

A internet também tem tido uma grande influência. Existem vários sites no Brasil, com milhares de fotos de meninas que podem ser chamados para atender para o sexo. No entanto, como a lei insiste, a palavra prostituição não pode ser usada.

Durante a Copa do Mundo prevê-se que o turismo sexual será um dos fatores que atrairá os turistas no próximo mês de Junho. O Brasil tem muitas praias exóticas, atraindo um número recorde de turistas. Mas a reputação erótica do país há muito tem vindo a atrair um tipo indesejado de turistas. Muitos operadores de férias brasileiras trazem milhares de solteiros europeus à procura de sexo barato.

Em São Paulo, o Café Millenium (sic!) é declaradamente o maior bordel, com cerca de 300 meninas em uma noite movimentada. Lá dentro, há um bar, uma pista de dança e quartos de hora em hora para ser alugado. Ele também tem uma piscina, um restaurante, um palco para apresentações musicais, um cabeleireiro, uma loja e um centro de fitness.

Ao cair da noite, nas ruas de pontos turísticos, acontece tudo ao vivo. Prostitutas se misturam com turistas, dançando ao seu lado e olhando para potencial clientes. Elas ficam em torno de bares de praia para pegar os turistas estrangeiros, principalmente da Europa.

Como os hotéis começaram a barrar as meninas menores de 18 anos, os clientes começaram a alugar apartamentos ou os chamados motéis de amor. Especialistas dizem que muitas meninas menores de idade usam identidades falsas. Os motoristas de táxi supostamente trabalham com as garotas que são jovens demais para entrar nos bares.

O governo recentemente começou a distribuir milhares de kits contendo informações sobre como denunciar o abuso infantil. O país também iniciou uma campanha intitulada ‘eu sou feliz sendo prostituta’, que é acreditado para incentivar prostitutas a usar preservativos.

com a proximidade da Copa do Mundo e o turismo sexual, o governo da presidente Dilma Rousseff agora está muito preocupados com o último. Tanto que o futebol e funcionários do governo estão se esforçando para acabar com o comércio sexual de crianças antes do evento começa em junho. As autoridades estão tentando limpar a sua imagem como uma das capitais do turismo sexual do mundo”.

Assim encerra-se mais esta reportagem sobre o país, que acreditamos deveria ter uma imagem bem diferente. Escrita por um jornalista estrangeiro diretamente para o mundo que nos visitará dentro de poucos dias.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

3 Comentários

  1. De um ponto de vista histórico segundo o canal “The History Channel” no documentário “O Sexo na Idade Antiga” (tradução livre) tanto a prostituição como o homossexualismos e alguns outros atos sexuais que na sociedade atual são considerados hediondos fora aceitável e praticado sem repressões ou julgamentos na idade antiga.

    Levando em conta a saúde “O Ministério da Saúde” estudou e afirma não haver dano a saúde dos profissionais que se prostituem desde que os mesmo se previnam.

    A prostituição e o sexo em si começou a ser reprimido junto com o crescimento do cristianismo religião que abomina tais atos justificando tais opressões com argumentos como “é pecado pois não agrada ao senhor Deus”.

    O Brasil hoje é um Estado Laico ou seja religião e governo separados, com a regularização da prostituição fica claro a intensão de bem-estar para os profissionais dessa área visando garantir que os mesmo tenha seus direitos assegurados (o que nem sempre acontece).

    Um jornal Norte-Americano publica uma matéria sobre o nosso pais de forma desrespeitosa, alavancando diversas vezes a frase “capital do turismo sexual do mundo” desafiando o nosso governo de forma ofensiva e ainda ganha repercussão nos meios de comunicação do nosso pais. (triste)

    Já a prostituição na sua forma legal deve ser respeita como qualquer outra profissão (médico, advogado e etc) vendo que a atividade foi legalizada e entendida pelos nossos governantes. Fatos que devem ser abolido e a prostituição infantil e pais que incentivem as essa atividade a menores através de uma rígida fiscalização por parte dos órgãos competentes.

    Envie uma Resposta
    • alotatuape

      Prezado Cleyton,

      A reportagem faz referência, justamente àquilo com o que você também concorda: “No Brasil, a prostituição é legal para aqueles que tem dezoito anos ou mais. Mas este país sul-americano tem o pior nível de prostituição infantil, entre 250.000 e 500.000 crianças supostamente envolvidas no negócio. Os críticos advertem que a prostituição de menores pode subir durante a Copa do Mundo”, afirmou Abir. Meio milhão de crianças se prostituindo ou sendo prostituitas, até mesmo entregues pelos pais que sofrem com a pobreza e a ignorância é alarmante e em nossa opinião deve ser divulgado. São tristes situações, documentar esses fatos sobre o próprio país e pior ainda, ver que apesar de toda a cultura implícita nas nossas tradições e também nas da Tailândia, a falta de governos comprometidos levaram-nos a esta situação. Agradecemos seus comentários. Seja bem-vindo.

      Envie uma Resposta
  2. De um ponto de vida histórico segundo o canal “The History Channel” no Documentário “O sexo na Idade Antiga” (tradução livre) tanto a prostituição como o homossexualismo e outras formas de atos sexuais que na sociedade atual são considerados hediondos foram normais e se encaixava liberadamente nos costumes de diversas civilizações

    Envie uma Resposta

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*