Copa do Mundo / World Cup – Governo tenta amenizar a situação

O governo tenta diminuir o impacto constrangedor, mas a tendência é que as greves e manifestações aumentem nas capitais onde serão realizados os jogos da Copa. Membro do Comitê Organizador Local (COL), o ex-jogador Bebeto, falou hoje na Costa do Sauípe na Bahia sobre o assunto e pede mais uma vez união dos brasileiros.

 

Índios protestam no Congresso contra a discriminação. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Índios protestam no Congresso contra a discriminação. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

“A Copa é uma grande oportunidade de mostrar o país. Tenho preocupação, sim, mas cabe à gente confiar no bom-senso das pessoas, obviamente tomando as medidas de segurança das delegações. Temos muitas riquezas naturais e econômicas, mas a nossa força é que somos queridos no mundo. A gente não pode botar isso em risco. A imagem brasileira é nosso grande ativo e é um patrimônio de todos os brasileiros. Somos os anfitriões de uma grande festa. Como bom anfitrião, a gente tem que zelar não só pelos que chegam, mas também pelas imagens que a gente transmite mundo afora. O problema são essas imagens, a imagem de uma flechada, de uma privada jogada em um estádio, que é apenas um evento, mas isso atrapalha nossa imagem no mundo”.

Impostos

Esta foi a fala do preocupado ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Marcelo Neri. Segundo disse ontem (28), a violência contra a Copa repercute negativamente no exterior e ressaltou a queda da desigualdade de renda no país nos últimos 12 anos. “Os 5% mais pobres tiveram um aumento de renda líquida de impostos de 137% por pessoa e os 5% mais ricos, de 26%. A renda dos pobres está crescendo 5,5 vezes mais rapidamente do que a renda dos ricos”.

Índios protestam por demarcação e contra discriminação. Foto: José Cruz/Agência Brasil

Índios protestam por demarcação e contra discriminação. Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ministro só esquece de o quanto isso representa em valores reais para aqueles que ganharam e detém boa parte do patrimônio nacional, enquanto os outros suam e pagam a conta. Neste exato momento, enquanto escrevemos esta reportagem, os impostos pagos pelos brasileiros, somente nestes cinco meses iniciais de 2014, ultrapassa a marca dos 664 bilhões do Impostômetro – medidor de impostos da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), fixado na fachada da sede à Rua Boa Vista, 51, no centro de São Paulo. Segundo a entidade, até o final deste mês de maio, o brasileiro terá trabalhado apenas para pagar os impostos ao governo.

É bastante! Sempre que se levanta esse fato, existe uma comparação com países como a Noruega, Suíça ou Alemanha, por exemplo. Os dois últimos estarão aqui para disputar a Copa. O ministro terá uma ótima oportunidade para questioná-los sobre segurança, educação, saúde e a corrupção nos seus países.

G.S.S.

Saiba mais
Copa do Mundo / World Cup – Segurança e protestos no Brasil
Copa do Mundo / World Cup – Tour da Taça

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*