CPI Mista da Petrobras ouvirá gerente de Contratos


Segunda-feira, 10 de novembro de 2014, às 18h

 

CPMI da Petrobras. Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

CPMI da Petrobras. Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Agência Senado – A CPI Mista da Petrobras volta a se reunir nesta terça-feira (11) para ouvir o gerente de Contratos da empresa, Edmar Diniz Figueiredo, que deve ser questionado a respeito de pagamento de propina a funcionários para facilitar negócios com a SBM Offshore, empresa holandesa que fornece navios-plataformas. Os contratos da SBM com a Petrobras somam US$ 27 bilhões.

Em depoimento à CPI Mista em junho, a presidente da Petrobras, Graça Foster, afirmou que uma sindicância interna não encontrou evidência de pagamento de propina a funcionários da empresa.

Na reunião de amanhã a comissão de inquérito deve definir também se convoca ou não o presidente licenciado da Transpetro, Sérgio Machado, e o ex-diretor de Serviços da Petrobras, Renato Duque. Os dois teriam sido citados por Paulo Roberto Costa como envolvidos no esquema de corrupção na companhia. Paulo Roberto Costa fez acordo de delação premiada com a Polícia Federal e o Ministério Público em troca de redução da pena.

Existe a possibilidade de que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot se manifeste sobre o acesso da CPI Mista à delação premiada de Paulo Roberto Costa.

Havia a expectativa de a CPI Mista também ouvir na terça a diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard. Ela, no entanto, pediu para depor em outra data, pois tem um compromisso no dia previsto. A audiência pode acontecer em 26 de novembro.

 


Assuntos relacionados

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*