Cunha afirma que atuação do governo no Senado não vai constranger a Câmara


Quarta-feira, 12 de agosto de 2015, às 12h39


Agência Câmara Notícias / Luiz Gustavo Xavier
e Agência Brasil / Carolina Gonçalves

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, comentou hoje sobre o conjunto de 28 propostas que o governo começou a negociar ontem com a base governista do Senado, incluindo o presidente do Congresso, Renan Calheiros, para tentar reduzir a crise política e melhorar a situação econômica do País. “É uma tentativa de dizer que só existe o Senado e que está tudo bem. Mas isso não vai constranger a Câmara”, disse Cunha.

Para o presidente da Câmara, não adianta apresentar propostas boas se o ambiente é ruim. “E o que faz o ambiente ruim é a perda de confiança”, afirmou. “O governo tem que fazer sua parte, que é recompor sua base e cortar gastos.”

 

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

 

Cunha ressaltou que o governo precisar atuar dos dois lados, tanto na Câmara quanto no Senado. E lembrou que o Senado não aprovou todo o ajuste fiscal proposto pelo Executivo, quando Renan Calheiros decidiu devolver a medida provisória que reduzia o benefício fiscal de desoneração da folha de pagamentos, em março. “Se o Senado tivesse aprovado todo o ajuste, o país estaria numa situação melhor.”

AGU

Questionado por jornalistas sobre a conversa que teve por telefone com o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, na sexta-feira passada, Cunha afirmou que tratou apenas da decisão da AGU de assinar pedido da senadora Rose de Freitas (PMDB-ES) para anular a aprovação pela Câmara de três contas de presidentes da República.

Adams afirmou à imprensa que Cunha cobrou da AGU que pedisse ao Supremo Tribunal Federal (STF) a invalidação das provas coletadas na Câmara contra ele. “Ele [Adams] está mentindo. Não tratei desse assunto com ele”.

Cunha criticou a interferência da AGU na questão da aprovação de contas presidenciais e disse que vai tirar do órgão a competência de representar a Câmara nos tribunais superiores. Segundo Cunha, a Câmara possui advogados em número suficiente para defender a instituição nesses tribunais.

STF

De acordo com o que foi divulgado há pouco pela Agência Brasil, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou que levará hoje (12) ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso as explicações sobre a votação na Câmara das contas de governos anteriores. Segundo Cunha, as explicações foram solicitadas pelo ministro Barroso. Há seis dias, os deputados aprovaram as contas dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (2006 e 2008), Itamar Franco (1992) e Fernando Henrique Cardoso (2002) – todas com parecer favorável da Comissão Mista de Orçamento.

“Vou mostrar as informações e mostrar tudo o que aconteceu. Vou levar as comprovações de tudo e apresentar a ele (ministro Barroso). Fazer meu papel de defender a Casa”, afirmou Cunha. O deputado informou que iria ao STF no final da manhã. A assessoria do STF não confirmou o encontro, pois a agenda oficial do ministro Barroso não foi divulgada.

O pedido do STF foi motivado por ação movida pela senadora Rose de Freitas (PMDB-ES), que preside a comissão. No dia seguinte à votação, a parlamentar entrou com mandado de segurança alegando que o processo foi ilegal, pois as contas têm de ser votadas em sessão conjunta do Congresso Nacional e não da Câmara separadamente.

O argumento de Rose de Freitas é o de que essas operações passam pela análise técnica do Tribunal de Contas da União (TCU) e depois pela avaliação da comissão composta por deputados e senadores. A última conta analisada pela comissão foi a de 2008. Desde 2002, não é feita a análise anualmente.

Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante coletiva fala sobre denúncias na operação Lava Jato e declara-se opositor ao governo Dilma Roussef. Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), durante coletiva fala sobre denúncias na operação Lava Jato e declara-se opositor ao governo Dilma Roussef. Foto: Luis Macedo/ Câmara dos Deputados

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Renata Campos e filhos recebendo o busto do ex-governador Eduardo Campos: durante a homenagem aos 50 anos de nascimento do ex-governador Eduardo Campos, seu filho caçula Miguel, toca a estátua do pai, entalhada em madeira. Foto: Wagner Ramos/ Sei

Renata Campos e filhos recebendo o busto do ex-governador Eduardo Campos: durante a homenagem aos 50 anos de nascimento do ex-governador Eduardo Campos, seu filho caçula Miguel, toca a estátua do pai, entalhada em madeira. Foto: Wagner Ramos/ Sei

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*