Depósito de lixo no Tatuapé: sujeira aparece do nada e fica a céu aberto


Segunda-feira, 6 de abril de 2015, às 07h15 – Atualizado às 09h43


Lixo de todo o tipo é deixado na Rua Henrique Dumont esquina da Rua Antonio João Fiore, no Tatuapé. Alerta já havia sido dado à Subprefeitura Aricanduva/Carrão.

Nesta segunda-feira, por volta das 7h da manhã, este era o aspecto do local. Entre pichações e a imundice, os cidadãos jogam seus dejetos, apesar de haver coleta regular as segundas, quartas, quintas e sextas-feiras. O lixo deveria ser deixado onde foi gerado, ou seja, à frente das residências, para que os coletores possam fazer o seu trabalho, que ocorre no período noturno nesta região.

Segundo moradores, o horário de coleta é feito entre às 20h e 22h aproximadamente, mas como pode ser observado nas imagens regras simples de convivência, cidadania e respeito não são observadas. Neste momento, o lixo está se espalhando com a ventania, folhas de cadernos escolares, contas de serviços e depósitos bancários – inclusive com o nome dos usuários –, caixas de papelão, papel higiênico e todo tipo de dejetos estão espalhados pela via pública.

 

Esquina das ruas Henrique e Antonio João Fiore no Tatuapé: diariamente o local recebe todo tipo de entulhos e lixos. Foto: aloimage

Esquina das ruas Henrique e Antonio João Fiore no Tatuapé: diariamente o local recebe todo tipo de entulhos e lixos. Foto: aloimage

 

No dia 22 de março, publicamos a primeira reportagem sobre essa situação: “Rua Antonio João Fiore esquina com Henrique Dumont: virou depósito de lixo”. Na oportunidade, havia apenas alguns sacos de lixo, mas os moradores alertaram que aquilo era pouco. De fato, hoje é possível constatar que é hábito jogar lixo naquela esquina.


Saiba mais: 

Rua Antonio João Fiore esquina com Henrique Dumont: virou depósito de lixo


O rigor da fiscalização quanto às sacolinhas para dispensar o lixo caseiro começou a vigorar ontem em São Paulo, mas já existe legislação quanto ao desrespeito aos horários de coleta de lixo e atos como este. Basta aplicá-la aos infratores.

A assessoria da Subprefeitura Aricanduva/Carrão informou na semana retrasada que será possível sinalizar o local com placas de advertência, mas que depende da autorização do proprietário do imóvel. Consultamos a moradora sobre o assunto e esta nos informou que não haveria nenhum problema para fornecer essa autorização, que bastaria a subprefeitura fazer contato. “Na verdade eu peço providências e a placa há cinco anos”, reclamou.

Imagens do local, mostram depósitos bancários, nomes e endereços em contas públicas e privadas, cheques rasgados e trabalhos escolares: péssimo exemplo (click nas imagens para ampliar).

Foto: aloimage

Foto: aloimage

Foto: aloimage

Foto: aloimage

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*