Ditadura tipo Fifa

protestos rio de janeiro_maio14

15/05/2014 – Manifestantes protestam em passeata pelo Dia Mundial de Lutas contra a Copa, na Avenida Presidente Vargas, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Nos letreiros: “Queremos educação e saúde, escolas e hospitais padrão FIFA”. “Copa pra quem?”. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil.

A Fifa dita regras para quem vai assistir aos jogos, exposições que organiza e até a venda de alimentos num raio de dois quilômetros do estádios onde acontecem os jogos.

Veja algumas delas:

– É proibido fazer manifestação contra a Copa nos estádios;
– É proibido aos jogadores usarem as redes sociais para fazer marketing;
– É proibido protestar contra a Copa durante a exposição Tour da Copa em São Paulo;

Estas são algumas proibições, mas a Fifa tentou proibir venda de acarajé e festas folclóricas na Bahia, também impõe regras que protegem rigidamente seus patrocinadores, como o uso de certos tipos de camisetas com marcas que não estão na lista dos patrocínios. No Brasil, foram alteradas diversas leis para que o país se adaptasse ao padrão Fifa, como por exemplo, a isenção de impostos.

Por outro lado, a Lei nº 12.350 de 2010, que criou isenções para a realização da Copa do Mundo no país, incluiu no texto de isenções também os banquetes. Provavelmente sem acarajés…

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*