É hora de rever as ciclofaixas


Quinta-feira, 11 de maio de 2017 às 10h16


“Não faz sentido trabalhar para agradar um grupo de ativistas que nem sempre representam os ciclistas”.

Leia o artigo enviado pelo vereador de São Paulo, Mario Covas Neto, sobre as ciclofaixas.

Durante os quatro anos da gestão anterior um sem-fim de faixas para bicicletas foram espalhadas pela cidade apenas para fazer número à iniciativa do antigo prefeito.

Todos os dias ao circular pela cidade é possível se deparar com muitas ciclofaixas abandonadas, com baixíssima ou nenhuma circulação bicicletas, servindo apenas para dificultar o trânsito em algumas vias. Passados os primeiros meses de mandato do atual prefeito, nenhuma mudança nesse cenário foi vista.

Para que a ação seja feita de forma organizada, seria viável que a CET ou o DSV fizesse um estudo quanto ao real uso das ciclofaixas na cidade e eliminasse aquelas claramente abandonadas. Na região central, por exemplo, as bikes são muito mais utilizadas como forma de lazer do que como locomoção – vide o sucesso das faixas aos finais de semana.

Na minha opinião, faz mais sentido trabalhar dessa forma do que tentar, a todo momento, buscar agradar um grupo de ativistas que nem sempre representam os ciclistas. Eu mesmo vejo muitos usuários de bicicletas que, sobretudo à noite, não se servem das rotas das ciclofaixas.

Para citar apenas um exemplo, ao lado da Câmara Municipal há uma faixa para bicicletas completamente inútil, sem qualquer trânsito e que não liga a qualquer lugar. No mais, ela apenas dificulta a passagem de outros meios de transporte, como ônibus e táxis e impede o estacionamento de veículos, até mesmo para repor estoques do comércio local.

Uma alternativa bastante viável para as ciclofaixas são as faixas provisórias, que podem servir à população em momentos pontuais ou a implantação de ciclovias, mais seguras e que não concorrem com os demais veículos que transitam pelas ruas.

Fato é que a cidade não pode ficar à mercê de uma política pública que serviu apenas para propósitos eleitoreiros. O uso racional das ruas de São Paulo é urgente!

Rua Xiririca, no Carrão, capital: prejuízo dos moradores e ciclovia fantasma. Foto: Fabio Arantes / SECOM | arquivo aloimage

Artigo publicado na Physical Review Letters detalha resultados de experimento pioneiro realizado por físicos brasileiros, irlandeses e alemães sobre a seta do tempo, propriedade fundamental do Universo. Imagem: APS/Alan Stonebraker

Leia mais sobre
ARTIGOS

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro
Assista ao programa de TV Ciência Aberta
Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo
STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo
Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo
Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo
Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula
  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro

  • Assista ao programa de TV Ciência Aberta

  • Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo

  • STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo

  • Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo

  • Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo

  • Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*