Eleições 2014: reta final a uma semana das urnas

Dilma Rousseff durante entrevista coletiva no Palácio da Alvorada. Brasília - DF, 18/10/2014. Foto: Ichiro Guerra

Dilma Rousseff, durante ato de mobilização com lideranças políticas em Florianópolis. Florianópolis - SC, 17/10/2014. Foto: Ichiro Guerra

Dilma Rousseff participa de caminhada em Curitiba. 17/10/2014. Foto: Ichiro Guerra

O ex-presidente Lula, durante ato de mobilização com o governador eleito Fernando Pimentel, em Minas Gerais. Foto: Ricardo Stuckert / Instituto Lula

Ex-presidente Lula em plenária com Fernando Pimentel, Flávio Renegado e movimentos sociais, na Praça Duque de Caxias, Bairro de Santa Tereza, em Minas Gerais. Foto Ricardo Stuckert / Instituto Lula


Domingo, 19 de outubro de 2014, às 08h08 – Atualizado às 10h05


Candidatos correm e suam para angariar os votos dos indecisos e conseguir adesões às suas campanhas.

Na reta final, a uma semana da eleição mais disputada desde a volta da democracia no país Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB), correm pelo país atrás dos últimos votos. Cada um deles conta.

Entre os dias 17 (sexta-feira) e 18 (sábado), Aécio se movimentou pelos estados de Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Paraíba e Rio Grande do Sul. Dilma esteve em Santa Catarina, Paraná e falou à imprensa em Brasília, DF. Enquanto isso, seu mais importante cabo eleitoral, o ex-presidente Lula, foi cutucar as bases tucanas em Minas Gerais, que retrucaram com o apoio de políticos da zona da Mata e a importante adesão dos white blocks da classe médica – a versão bem humorada aos black blocks.

O TSE suspendeu trecho da propaganda eleitoral de Dilma devido a citações sobre construção de aeroporto em Minas Gerais que teria beneficiado um tio do candidato. Essa afirmação também foi feita durante o debate na Band, nesta terça-feira (14); a propaganda foi veiculada na quinta-feira (16). Para o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que suspendeu o trecho sobre o assunto, o horário gratuito “não pode ser desvirtuado para realização de críticas destrutivas da imagem pessoal do candidato adversário, nem é justo que o ofendido tenha de utilizar seu próprio tempo para se defender de ataques pessoais, em prejuízo de um autêntico e benfazejo debate político”. O candidato Aécio Neves também requereu direito de resposta, mas o pedido ainda não foi julgado. Esse é o segundo trecho de propaganda de Dilma Rousseff (PT) suspenso pelo TSE.

O PSDB também reagiu ao que chamou de “desespero”, quanto às baixarias do ex-presidente Lula, neste sábado em Minas Gerais. O senador Aloysio Nunes (PSDB), candidato a vice na chapa de Aécio, emitiu uma nota criticando a postura do cabo eleitoral, que percorre o país personificando a própria presidente em favor da campanha petista. “No momento em que se pede para elevar o nível do debate, o ex-presidente Lula dá as mais baixas declarações em uma campanha presidencial da história”, diz a nota.

Dilma, que admitiu neste sábado à imprensa que houve desvios de verbas da Petrobrás, está sendo apontada como responsável pelo baixo nível da eleição presidencial por ter iniciado uma campanha de acusações e baixarias, tendo Lula como principal artífice dos discursos vexatórios.

A acirrada disputa está desgastando o físico dos pretendentes à vaga da presidência. A candidata do PT, foi socorrida nos estúdios do SBT durante o debate na quinta-feira, depois de mal-estar que atribuiu à queda de pressão por não ter se alimentado corretamente. Por sua vez, o tucano já mostra no rosto, o abatimento pela maratona empreendida, literalmente suando a camisa. O poder interessa a ambos, um pela continuidade outro pela mudança.

Com informações da Agência Brasil e Veja.com

Salvador, BA. Aécio participa de ato político, na sexta-feira (17/10), acompanhado do prefeito de Salvador ACM Neto e outros correligionários. Foto: Igo Estrela

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, participou, nesta sexta-feira (17/10), em João Pessoa (PB), de ato político ao lado do candidato ao governo Cassio Cunha Lima.  Foto: Marcos Fernandes

Porto Alegre, RS. Acompanhado do candidato a governador Ivo Sartori, do senador eleito Lasier Martins e dos senadores Pedro Simon e Ana Amélia, Aécio participou de ato político, tomou café da manhã com lideranças políticas do Estado e concedeu entrevista coletiva à imprensa. Foto: Igo Estrela

Belo Horizonte, MG. Caminhada e adesão dos médicos. Foto: Bruno Magalhaes

Caminhada com médicos em apoio ao candidato a presidência da republica Aécio Neves. Foto: Bruno Magalhães

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*