Empresas paulistas podem desenvolver tecnologias para o Sirius, vídeo

 


Terça-feira, 8 de dezembro de 2015, às 13h18
As micro, pequenas e médias empresas de base tecnológica estabelecidas no Estado de São Paulo que se candidataram a solucionar desafios incomuns apresentados pelo Sirius – a nova fonte de luz síncrotron brasileira, em construção no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas, no interior paulista, poderão estar entre as pioneiras do Brasil, a lidar com problemas em altíssimo grau de tecnologia. Assista o vídeo.

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*