Falecimento aos 95 anos

Caixão com corpo do ex-presidente sul-africano Nelson Mandela é carregado por militares durante seu funeral na aldeia ancestral de Qunu, 900 quilômetros ao sul de Johannesburgo, onde Mandela passou sua infância. Goto: GCIS

O presidente Jacob Zuma com Winnie Mandela e Graça Machell, durante cerimônia que antecedeu o enterro de Nelson Mandela, em Qunu. Foto: GCIS

Príncipe Charles e  Nkosazana Dlamini Zuma no Funeral do ex-presidente Nelson Mandela. Foto: GCIS

Cortejo com Honras de Estado com soldados negros e brancos lado a lado durante a marcha para o local de sepultamento em Qunu, onde o líder mundial passou sua infância. Foto: GCIS

Sexta-feira, 18 de julho de 2014 às 13h15 – Atualizado às 18h34

Gerson Soares

Nelson Mandela faleceu no dia 5 de dezembro de 2013, aos 95 anos. Uma das afirmações interessantes ditas após sua morte é a de que ele não era um santo e sim um gigante.

Seus passos ao sair da prisão foram eternizados com uma estátua de bronze de 3 metros de altura, onde aparece com o punho do braço direito erguido e fechado. Esse gesto também se perpetua no filme lançado sobre sua vida “Mandela: Longo caminho para a liberdade” (original “Mandela: Long walk to freedom), escrito por William Nicholson e estrelado por Idris Elba (como Mandela) e Naomie Harris (como sua esposa Winnie Madikizela-Mandela).

Coincidência ou algum tipo de comunicação extrassensorial, não se pode afirmar ao certo, mas suas filhas souberam da morte do pai em Londres. Convidadas para o lançamento da obra foram avisadas sobre o falecimento de Nelson Mandela na África do Sul durante a projeção do filme na Inglaterra, deixando o cinema imediatamente. Estavam presentes, entre outros ilustres convidados, o príncipe William – neto da rainha Elizabeth II – e sua esposa Kate Middleton – duquesa de Cambridge.

Para sua lápide, um dia Mandela declarou que gostaria que fosse escrito somente o seguinte: “Aqui jaz um homem que cumpriu o seu dever na Terra”.

Frases sobre o falecimento de Nelson Mandela, no dia 5 de dezembro de 2013

Frases no dia de seu falecimento:

“É um momento muito triste para toda a África do Sul e para milhões de pessoas em todo o mundo”.

Frederik de Klerk à BBC.

 

“Um homem corajoso e profundamente bom. Sacrificou a sua liberdade em prol da liberdade dos outros, transformando a África do Sul e o mundo inteiro”.

Presidente dos EUA, Barack Obbama

 

“Hoje o mundo perdeu um dos verdadeiros gigantes do século passado”.

Morgan Freeman, que viveu Mandela no filme “Invictus”, de Clint Eastwood.

 

“Gostaria de expressar o meu profundo pesar pelo falecimento de um homem que ‘fincou o pé’ pelos direitos humanos e pela igualdade neste mundo. Nos fez compreender que ninguém pode ser castigado pela cor da sua pele ou pelas circunstâncias em que nasceu.”

Pronunciamento da líder ativista dos direitos humanos de Mianmar, Aung San Suu Kyi, ganhadora do Nobel da Paz em 1991.

 

“Que honra foi entrar na pele de Nelson Mandela e representar um homem que desafiou as adversidades, quebrou as barreiras e defendeu os direitos humanos aos olhos do mundo”.

Idris Alba, intérprete de Mandela, no filme: Mandela: O longo caminho para a liberdade.



“Uma grande luz extinguiu-se no mundo”.

Primeiro-ministro da Inglaterra, David Cameron



“Ele está agora a descansar. Ele está agora em paz”.

O presidente da África do Sul Jacob Zuma declarou luto oficial no dia 5 de Dezembro 2013. “A nação perde seu maior líder. Ainda que soubéssemos que esse dia iria chegar, nada pode diminuir nosso sentimento de profunda perda”, declarou em pronunciamento.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*