Finlândia substitui as matérias escolares por método de ensino interdisciplinar


Quinta-feira, 2 de abril de 2015, às 17h18

Língua Portuguesa, Geografia, Matemática… As chamadas matérias escolares sempre estiveram (e ainda estão) presentes em nossa formação educacional, concorda? Mas na Finlândia, país cuja área da educação é considerada uma das melhores do mundo, o conceito tradicional de aprendizado tem sido revisto.

Finlândia: Matérias serão substituídas pelo estudo de fenômenos Foto: Getty Images

Finlândia: Matérias serão substituídas pelo estudo de fenômenos
Foto: Getty Images

Para dar mais uma alavancada em seu sistema de ensino, caracterizado pela valorização dos professores e das artes, a Finlândia pretende extinguir as matérias escolares.

“Nós ainda temos escolas ensinando à moda antiga, que foi proveitosa no início dos anos 1900 – mas as necessidades não são mais as mesmas e nós precisamos de algo adequado ao Século 21”, explica a gerente educacional de Helsinki, Marjo Kyllonen.

Agora, as matérias serão substituídas pelo estudo de fenômenos, método que já é adotado por cerca de 70% dos professores das escolas de ensino médio da capital do país. A ideia é que cada fenômeno possa ser estudado com diferentes abordagens: a Segunda Guerra, por exemplo, poderia reunir professores de História, Geografia e Matemática.

As escolas do país já são obrigadas a oferecer ao menos um período de ensino multidisciplinar baseado em fenômenos, enquanto na capital Helsinki, as instituições são encorajadas a oferecer dois períodos de ensino seguindo este estilo – e a tendência é que este número siga aumentando nos próximos anos.

Do Portal EcoD

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*