Governo amplia esforços para garantir abastecimento de água

Quinta-feira – 06 março 2014 – 19h40

Adesão da população à campanha da Sabesp reduziu o consumo de água em 3 mil litros por segundo

O uso racional de água foi o grande responsável pela economia de 3 m³ por segundo (3 mil litros por segundo) de água do Sistema Cantareira em fevereiro deste ano. No primeiro mês de campanha da Sabesp, que oferece bônus a moradores da Grande São Paulo que reduzirem o consumo de água em pelo menos 20%, a utilização de água do Sistema Cantareira caiu de 33 m³ por segundo para pouco menos de 30 m³ por segundo.

Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin nesta quinta-feira (06), durante a inauguração do Pôlder na marginal do Tietê: Esforços para afastar o racionamento de água na Grande São Paulo.  Foto: Diogo Moreira

Governador de São Paulo, Geraldo Alckmin nesta quinta-feira (06), durante a inauguração do Pôlder na marginal do Tietê: Esforços para afastar o racionamento de água na Grande São Paulo. Foto: Diogo Moreira

“São Paulo foi o único Estado do Brasil que deu prêmio. Quem economizar 20% ganha mais 30% de bônus e economiza 50% na conta de água”, afirmou o governador Geraldo Alckmin, que também parabenizou os paulistas: “A população é extremamente solidária e deu uma resposta super positiva”, disse.

“Não há necessidade de racionamento, uma vez que nós temos um sistema de compensação pelos outros sistemas de abastecimento, e de outro lado uma boa economia da população”, afirmou Alckmin. A partir do dia 10 de março, por determinação dos órgãos reguladores, a captação de água do Sistema Cantareira será de 27,9 m³ por segundo.

Saiba quais são as medidas adotadas pelo Governo do Estado, por meio da Sabesp, para assegurar o abastecimento da população. Confira:

– O sistema de bônus será mantido. A medida já é um sucesso, não só pela economia da conta, mas pela consciência cívica do paulista. Os programas de conscientização e economia de água, como o Pura (Programa de Uso Racional da Água) também continuarão.

– Sistemas de abastecimento integrados: manejo eficiente e inteligente entre os sistemas integrados, do Guarapiranga e do Alto Tietê, de forma que aquele que esteja mais cheio forneça água para áreas que são abastecidas por reservatórios mais vazios.

– Redução de perdas de água: São Paulo já tem um dos menores índices de perda de água do Brasil e a Sabesp está empenhada em reduzir ainda mais este patamar.

– Indução de chuvas no Cantareira: os voos que resultaram em 8 chuvas induzidas, localizadas, devem continuar.

– Obras para o eventual aproveitamento de 200 milhões de m³ da reserva estratégica do Sistema Cantareira (represas Jacareí e Atibainha) serão iniciadas na próxima semana.

Do Portal do Governo do Estado

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*