Haddad está mudando o estilo da cidade e o Tatuapé faz parte


Quarta-feira, 8 de outubro de 2014, às 15h43 – Atualizado às 18h56

Gerson Soares

O jeitão da cidade aos poucos vai mudando e parece ser esse o objetivo do prefeito Fernando Haddad. A impressão que fica é a de que será possível enxergar, dentro de pouco tempo, o horizonte de uma nova mentalidade administrativa. É o que se espera.

 

Prefeito é recebido com cortesia pelas frequentadoras do Ceret. Foto: aloimage

Prefeito é recebido com cortesia pelas frequentadoras do Ceret. Foto: aloimage

 

Faixas vermelhas com sinalização abundante já fazem parte da cidade, são as ciclovias. No lugar o cinza, palhaços e cadeiras de praia, crianças brincando. Ao invés de caminhos desviados pelas drogas, jovens se empenham nos esportes na virada esportiva e a cultura retoma o seu devido lugar. Será que São Paulo pode ficar mais colorida, iluminada e alegre? Claro que sim.

Na agenda desta quarta-feira (8) do prefeito da cidade estava o Centro Esportivo e Recreativo dos Trabalhadores, mais conhecido como Ceret, que apesar da troca de nomenclatura – atualmente denomina-se Parque Esportivo dos Trabalhadores (PET) – continua sendo o lugar onde milhares de pessoas se exercitam, correm ou apenas caminham pelas alamedas, há poucos meses duramente criticadas pela falta de investimentos da prefeitura.

 

Simão Pedro, abraça outra frequentadora do parque que reivindicou mais equipamentos para a terceira idade e ao interromper a fala de Celso Jatene, pedindo licença, provocou risos na plateia. Foto: aloimage

Simão Pedro, abraça outra frequentadora do parque que reivindicou mais equipamentos para a terceira idade e ao interromper a fala de Celso Jatene, pedindo licença, provocou risos na plateia. Foto: aloimage

 

Segundo Haddad, a prefeitura recebeu o parque precariamente por 20 anos e devido à legislação não podia investir. “Então o que eu fiz, fui até o governador e ele cedeu a administração do parque à prefeitura por 99 anos. Com esse entendimento nós começamos a planejar os investimentos. Agora, por 99 anos, o parque é da cidade e isso nos permite planejá-lo por décadas”, explicou o prefeito.

Lembrando a nova iluminação recém-inaugurada, Haddad disse que o Ceret vai estar no mesmo nível dos outros parques municipais, uma reivindicação mais do que antiga dos frequentadores e moradores. “Isto aqui não ficar devendo nada para Ibirapuera, Parque do Carmo e tudo o que está sendo feito nos parques municipais vai ser feito no Ceret”, afirmou comparando.

 

Anciã do bairro, disse que foi ao parque só para cumprimentar o prefeito (pedimos desculpas por não conseguirmos o seu nome). Foto: aloimage

Anciã do bairro, disse que foi ao parque só para cumprimentar o prefeito (pedimos desculpas por não conseguirmos o seu nome). Foto: aloimage

 

Haddad foi acolhido carinhosamente pelas moradoras que o abraçaram e pousaram para fotos. Uma das anciãs da qual não foi possível saber o nome, disse que veio só para vê-lo. “Já que não teve exercício eu vim só para cumprimentá-lo”. Os selfies também não faltaram. Foi registrada a presença do superintendente da Associação Comercial do Tatuapé, José Sampaio Teixeira que cumprimentou Haddad, além de outros moradores conhecidos do bairro e amigos das caminhadas matinais que prestigiaram a presença de Haddad e seus secretários.

“Os equipamentos da terceira idade, o Celso já se comprometeu a multiplicar e reparar, porquê? Eu vim a saber que aqui a frequência é tão grande que chega a fazer fila para usar os equipamentos”.

O prefeito afirmou que a cidade está sendo pensada a longo prazo. Referindo-se aos muros do parque disse que serão removidos. “Para mim a cidade tem muro demais”.

 


Assuntos relacionados

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*