Incontinência urinária e o envelhecimento estão relacionadas e merecem atenção


Terça-feira, 15 de setembro de 2015, às 08h33


Incontinência urinária (IU) é a perda involuntária de urina. É um sintoma comum a diferentes situações, que pode ou não ter relação com o trato urinário. Por exemplo, quadros demenciais ou imobilidade no idoso podem causar IU, sem problemas urológicos específicos. O grande impacto ou repercussão é na qualidade de vida.

“A pessoa fica constrangida, deixa de praticar atividades físicas, desvia-se do convívio social, evita a ingestão de líquidos, preocupa-se e planeja seu trajeto de acordo com a disponibilidade de banheiros no caminho, afasta-se do cônjuge, além do gasto com absorventes e fraldas. A IU associa-se à depressão e outros distúrbios psiquiátricos. No idoso, as micções noturnas estão associadas a quedas, fraturas e até maior risco de morte”, explica o dr. Luis Gustavo Morato de Toledo, suplente delegado da Sociedade Brasileira de Urologia – Seccional São Paulo (SBU-SP).

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Na mulher, as causas mais frequentes são a Incontinência Urinária de Esforço (IUE) e a Bexiga Hiperativa (BH). A primeira se caracteriza por perdas relacionadas aos movimentos e esforços como tossir, espirrar, mesmo pouco tempo após a última micção, ou seja, com a bexiga vazia, sem vontade de urinar. No outro caso, predomina a urgência para urinar, sem poder adiar, ocorrendo a perda da urina devido à bexiga contrair e empurrar o líquido para fora, involuntariamente.

“É importante ressaltar que estas duas afecções podem coexistir em diferentes proporções, dificultando o diagnóstico e tratamento”, esclarece o urologista.

Na população de meia idade, a IU predomina entre as mulheres – para cada homem, cinco delas apresentarão queixa. Após os 60 anos, a prevalência nos dois sexos é aproximada, atingindo 35% dos idosos. Quando institucionalizados, esta prevalência sobe para 50%. “Prevenindo e tratando adequadamente as doenças crônicas, é possível prevenir este quadro”, acrescenta.

As cirurgias da próstata, principalmente para tratar o câncer, podem causar incontinência permanente em cerca de 5% dos casos. Sua prevalência aumenta significativamente com a idade, em virtude do envelhecimento da bexiga e próstata, mas também por associação a outras afecções crônicas, com diabetes, problemas cardiológicos e neurológicos.

“Por sua etiologia diversa e multifatorial, a investigação diagnóstica e o tratamento devem ser individualizados. É primordial deixar o paciente ter acesso a uma informação clara e completa sobre seu caso e as expectativas terapêuticas”, comenta dr. Luis Gustavo.

A fisioterapia específica para o assoalho pélvico feminino auxilia na prevenção e tratamento da IU. Já a IUE pode ser tratada com cirurgia, por meio de uma fita sintética colocada transversalmente sob a uretra (Sling), com resultados ótimos quando bem indicado e tecnicamente bem realizado. Para BH, não há cura definitiva, somente o controle, com o uso de medicamentos orais, injeção de toxina botulínica na bexiga e neuromodulação sacral, o “marca passo” da bexiga.

Câncer de mama, saiba mais para se prevenir. Foto: Marius Largu / Getty Image

Câncer de mama, saiba mais para se prevenir. Foto: Marius Largu / Getty Image

Leia mais sobre
MULHER

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERALeia mais sobre
SAÚDE

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Leia mais sobre
MEDICINA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*