Marco da independência, Rio Ipiranga é protegido pelo Jardim Botânico de SP


Quarta-feira, 16 de setembro de 2015, às 08h17


Cerca de 1 km do riacho cruza a vegetação preservada do Jd. Botânico, que fica na Zona Sul de São Paulo e é aberto para visitação.

Nascente do Rio Ipiranga e Monumento. Foto: Ciete Silvério/A2img

Nascente do Rio Ipiranga e Monumento. Foto: Ciete Silvério/A2img

O Jardim Botânico de São Paulo, na Zona Sul da Capital, abriga diversas coleções de plantas, inclusive algumas ameaçadas de extinção. Sua área de 360 mil m² de Mata Atlântica contém 380 espécies de árvores, muitas delas utilizadas para pesquisa, e protege parte da biodiversidade paulista e brasileira.

 

Jardim Botânico de São Paulo. Foto: Ciete Silvério/A2img

Jardim Botânico de São Paulo. Foto: Ciete Silvério/A2img

Mas o local abriga ainda os três afluentes que formam o riacho do Ipiranga, curso d’água que faz parte da história do Brasil. Teria sido às suas margens, em 1822, que o imperador Dom Pedro I declarou a Independência do país, então colônia de Portugal.

O fato foi imortalizado no verso “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas”, do Hino Nacional, escrito por Joaquim Osório Duque Estrada (veja o vídeo abaixo).

Riacho do Ipiranga já na área urbana, cortando o Parque da Independência, na Zona Sul de São Paulo. Foto: Ciete Silvério/A2img

Riacho do Ipiranga já na área urbana, cortando o Parque da Independência, na Zona Sul de São Paulo. Foto: Ciete Silvério/A2img

Quem for até lá, poderá caminhar por uma trilha suspensa, com 350 metros de comprimento, que leva até o local onde brota o riacho Pirarungauá, o maior dos afluentes do Ipiranga. Com sorte, nesse percurso é possível ver vários animais, como exemplares do macaco bugio, além de muitas aves. É um pedaço de São Paulo que resguarda uma época remota.

Cerca de um quilômetro do Rio Ipiranga percorre o Jardim Botânico. Depois, ele entra na área urbana e passa próximo ao monumento da Independência – o ponto exato onde Dom Pedro I teria selado o destino do Brasil como país livre dos domínios portugueses. O Ipiranga segue seu caminho até desaguar no Rio Tamanduateí.


Serviço

Jardim Botânico de São Paulo
Av. Miguel Stéfano, 3031 – Bairro da Água Funda - SP
Aberto de 3ª feira a domingo (incluindo feriados que caem na 2ª feira), das 9h às 17h
Ingressos: Estudantes/Idoso acima de 60 anos, R$ 2,50; Público em geral, R$ 5

Do Portal do Governo do Estado

Marco da independência, Rio Ipiranga nasce na Zona Sul de São Paulo

 

entretenimentoLeia mais sobre
ENTRETENIMENTO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*