Marina abre 10 pontos sobre Aécio

Quarta-feira, 27 de agosto de 2014 às 19h52
Segundo mostram as pesquisas, se as eleições fossem realizadas hoje, Marina Silva venceria Dilma Roussef no segundo turno.

Gerson Soares

A candidata Marina Silva (PSB) teve uma participação satisfatória ontem, durante o primeiro debate dos presidenciáveis, promovido pela Band. Aécio Neves (PSDB) não se saiu tão bem quanto poderia, talvez pelo nervosismo e o compromisso que cresce com uma ala de diversos setores que não se alinham plenamente nem com Marina e já não aguenta mais, o que foi chamado de mundo da fantasia petista durante o debate. Dilma Roussef, conhecedora das muitas áreas pelas quais o país se divide, vem demonstrando nervosismo durante as entrevistas e ontem não foi diferente.

 

Estudios da Rede Bandeirantes, ontem (26) durante o debate com os presidenciáveis. Foto: Portal da Band

Estudios da Rede Bandeirantes, ontem (26) durante o debate com os presidenciáveis. Foto: Portal da Band

 

O PT de Dilma está esgotado com tantos descalabros praticados através dos anos que dispôs do mais alto cargo do poder. Aécio Neves defende a nova política, mas centra-se principalmente em suas propostas o que é saudável para ele e também para o Brasil que precisa de políticos com ideias renovadoras. Os demais candidatos presentes ao debate também tiveram um papel importante, suas propostas não podem ser menosprezadas e deveriam ser analisadas pelos concorrentes que despontam na corrida presidencial.

Marina Silva já supera Aécio Neves nas pesquisas e seria a nova presidente do Brasil se as eleições fossem hoje, pois venceria Dilma Roussef no segundo turno. Eis as mudanças mais contundentes que o cenário político apresenta, depois do lamentável falecimento de Eduardo Campos, tido também como um político com a mente voltada para as inovações e as tão requeridas mudanças pleiteadas pelos brasileiros, que ficaram a cargo de Marina levar à frente.

A candidata mantém uma postura tida por muitos como radical, pois a maioria está acostumada com os sorrisos dos políticos, com as facilidades com que prometem e não cumprem e o jeito fácil de encontrar soluções. Com ela, o sorriso não vem a cada palavra, que são duras, mesmo em momentos, em que se imagina deveriam ser condescendentes ou mais suaves, a fim de que ela possa obter os tão almejados votos.

 

Pesquisa sobre o ranking da corrida presidencial. Arte / Maita Rocha

Pesquisa Ibope realizada entre os dias 22 e 23 de agosto, sobre o ranking da corrida presidencial. Arte / Maita Rocha

 

As pesquisas estão mostrando que a preferência dos brasileiros estará recaindo sobre quem tiver coragem de enfrentar o toma lá, dá cá, da política tradicional brasileira e Marina Silva está se encaixando nesse novo modelo de político que não está muito a fim de mostrar os dentes e de dizer não quando a palavra for essa a palavra a ser dita. Caberá a ela manter-se firme diante do que afirma. Como disse ontem a candidata: “Existem pessoas com boas intenções em todos os partidos”. Segundo Marina deixa a entender, estes poderão somar em seu governo, caso seja eleita. Ela irá precisar.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*