Memória do Tatuapé: final da Rua Tuiuti era só campos de futebol


Terça-feira, 31 de maio de 2016 às 13h35


Nesta imagem do Tatuapé antigo vemos uma chácara, duas ruas e o seu formato há mais de seis décadas. Doada por antigo morador que nos contou esta pequena lembrança, a fotografia foi publicada pela revista Alô Tatuapé nº 48, distribuída em maio de 2001, há 15 anos.

 

Clube Atlético Paulista em campo existente por volta de 1950, entre o final da Rua Tuiuti e Rua Coelho Lisboa, no bairro do Tatuapé. Foto: © Acervo Alô Tatuapé / doada pelo morador

Clube Atlético Paulista em campo existente por volta de 1950, entre o final da Rua Tuiuti e Rua Coelho Lisboa, no bairro do Tatuapé. Foto: © Acervo Alô Tatuapé / doada pelo morador

 

Condomínios luxuosos, biblioteca, padaria, banca de jornal, escolas, comércio, nem pensar. Por volta de 1950, no final da Rua Tuiuti só havia campos de futebol cercados por residências e chácaras, como a Chácara Seca que em parte pode ser vista à direita da imagem.

Este é o campo do time chamado Saudade onde também jogavam outras agremiações como o Clube Atlético Paulista, que durou apenas três anos – não por coincidência, paralela à Rua Coelho Lisboa está a Rua da Saudade. Esse tempo foi suficiente para nos proporcionar este belíssimo momento da memória do Tatuapé. Repare que vários jogadores usam uma espécie de gorro com as cores do clube, muito comum à época.

Além dessa característica especial do futebol que foi deixada para trás, aparecem as ruas Tuiuti e Cambembé em seus antigos aspectos e casas, onde ainda não havia nenhum edifício construído. Para facilitar a localização numeramos os locais:

1) Rua Tuiuti: no campo de visão do fotógrafo está imediatamente atrás dos jogadores e se prolonga acima e à direita, onde é possível ver parte da Chácara Seca. Os atletas se encontram onde hoje é o Colégio Ascendino Reis.

2) Rua Cambembé: veja acima dos primeiros jogadores que estão em pé (E) e verá qual era o aspecto daquela rua.

Os campos existentes no local se estendiam da Tuiuti até a via que conhecemos hoje como Rua Coelho Lisboa. Entre a Rua Azevedo Soares e a Praça Ituzaingó é possível comparar o comprimento do espaço existente com o de um campo de médio a grande, onde nessa extensão ficavam as traves.

Praça Sílvio Romero em 1946. Foto: © Acervo Alô Tatuapé / doada por Antonio da Silva Fernando

Praça Sílvio Romero em 1946. Foto: © Acervo Alô Tatuapé / doada por Antonio da Silva Fernando

Leia mais sobre
TATUAPÉ ANTIGO MEMÓRIA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
Melhores momentos do revezamento da Tocha Paralímpica pelo Brasil, vídeo
  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

  • Melhores momentos do revezamento da Tocha Paralímpica pelo Brasil, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*