“Meu querido Tatuapé”

1949: Escola Congonhas do Campo, na Rua do Ouro, esquina com a Rua Tuiuti: Adilson é o quinto menino da segunda fila. Foto: Adilson Gomes Sales / Cedida para Alô Tatuapé


Quarta-feira, 17 de dezembro de 2014, às 05h45

Leitor recebe edição histórica do Alô Tatuapé em sua casa no interior e escreve sobre suas memórias.

O Alô Tatuapé publica anualmente uma edição histórica sobre o bairro, que tem como característica principal a narrativa daqueles que viveram essas histórias. Nesse contexto, o antigo morador Adilson Gomes Sales, 74, hoje residindo na cidade de Passos em Minas Gerais, recebeu através da filha Kátia Gomes Sales – Procuradora de Justiça em São Paulo – alguns exemplares da revista e teve a gentileza de nos escrever. Os exemplares foram entregues à filha, através de uma amiga que reside no bairro do Tatuapé.

Leia um trecho da mensagem do senhor Adilson e viaje conosco na história do bairro:

“Ao me aposentar vim morar na cidade de Passos - MG, sou nascido e fui criado na Rua do Ouro, nº 383 – atual Rua Padre Estevão Pernet.

Fiquei muito emocionado ao ver uma foto do senhor Batista que tinha uma sorveteria em frente ao grupo escolar Congonhas do Campo. Tenho algumas fotos dos dois anos que estudei lá, entre 1947 e 1948.

Lembro também da época da 2ª Guerra Mundial, eu com 4 ou 5 anos, minha mãe me tirava da cama para irmos buscar pão na velha Padaria Lisboa. Lembro bem do Alfredo Martins, do Quim seu irmão, da sua única irmã e da dona Maria, a matriarca dos Martins.

Essa revista me traz tantas lembranças... do Cine Leste onde aos sábados eu ia engraxar sapatos para ganhar um dinheirinho, da Praça Sílvio Romero, das Festas Juninas que eram sempre bem animadas, do meu Corinthians – onde treinei Boxe e Natação, dos tempos em que andava nas catraias que o clube mantinha para os sócios remarem no Tietê.

Espero que aqueles que ainda estão vivos possam se deleitar com as lembranças daquela época”.

Completamos dizendo que todos nos sentimos em deleite quando podemos relembrar as nossas origens.

GSS
alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*