Ministério da Saúde e reitoria debatem situação do Hospital São Paulo


Sábado, 4 de julho de 2015, às 12h16 - atualizado às 16h30


Ministro Arthur Chioro ressaltou a regularidade dos repasses federais para a unidade de saúde. Nesta terça-feira (1ª), foram liberados mais R$ 5,9 milhões, totalizando adicional de R$ 18 milhões do governo federal somente este ano.

Agência Saúde | por Amanda Mendes

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, participou na tarde desta quarta-feira (1º) de videoconferência com a reitoria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) para discutir a situação do Hospital São Paulo, que é vinculado à instituição de ensino. A unidade de saúde, que suspendeu parcialmente suas atividades, já recebeu este ano adicional de R$ 18 milhões por parte do governo federal. Participaram da reunião, a reitora da Universidade, Soraya Smaili, além de médicos, residentes e estudantes.

 

 

Ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante participação no Simpósio Nacional de Saúde, na Câmara dos Deputados: segundo informa, os repasses da sua pasta estão em dia com São Paulo. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ministro da Saúde, Arthur Chioro, durante participação no Simpósio Nacional de Saúde, na Câmara dos Deputados: segundo informa, os repasses da sua pasta estão em dia com São Paulo. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

“Os repasses federais destinados ao Hospital São Paulo sempre estiveram, estão e continuarão regulares. Somente em 2014 foram repassados R$ 180 milhões de verbas do Ministério para custeio do atendimento, manutenção e melhoria da infraestrutura”, afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Durante o debate, o ministro reforçou que o financiamento do Hospital São Paulo, assim de como qualquer outro estabelecimento de saúde, é de responsabilidade compartilhada entre as três esferas de governo. O serviço prestado pela unidade no Sistema Único de Saúde (SUS) é regido por meio de um contrato firmado com o gestor estadual (Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo), que complementa o financiamento.

A reunião ocorreu no dia em que o Ministério da Saúde disponibilizou R$ 100 milhões para a ampliação ou melhoria do atendimento realizado em 49 hospitais universitários de todo o país. A medida vai beneficiar 35 municípios de 24 estados. O Estado de São Paulo receberá R$ 6 milhões para repasse para o Hospital São Paulo como parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF), desenvolvido e financiado em parceria com o Ministério da Educação. A Portaria nº 879, que autoriza o recurso, foi publicada nesta quarta-feira (1) no Diário Oficial da União (D.O.U).

Os valores passados são definidos de acordo com indicadores e metas de desempenho de cada hospital. Esse montante, pago em parcela única, vai reforçar o orçamento das instituições universitárias que comprovaram o cumprimento das metas de qualidade relacionadas a porte e perfil de atendimento, capacidade de gestão, desenvolvimento de pesquisa e ensino e integração à rede SUS local.

Recursos

Em 2014, foram repassados R$ 180 milhões de verbas do Ministério para custeio do atendimento, manutenção e melhoria da infraestrutura. Além disso, o Ministério da Saúde e da Educação garantiram cerca de R$ 18 milhões em recursos novos para 2015. Um exemplo disso foi a portaria do Ministério publicada em março, que assegura adicional de mais R$ 12 milhões por ano, equivalente a R$ 1 milhão por mês. Com isso, em 2015, já foram destinados ao hospital da Unifesp, por parte do Ministério da Saúde, um adicional de R$ 3 milhões.

Dos R$ 180 milhões destinados em 2014 pelo Ministério da Saúde para o hospital da Unifesp, por meio do Fundo Estadual de Saúde de São Paulo, a maior parcela, de R$ 108 milhões, é para custear o atendimento da população pelo SUS. Outros R$ 49,6 milhões são de incentivo, para a qualificação do atendimento, e R$ 22,7 milhões, do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF).
Além dos recursos citados, entre 2012 e 2013, o Hospital São Paulo foi contemplado com R$ 53,2 milhões referentes ao Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF).

Amamentação tranquila. Foto ilustrativa: Stock Photo

Amamentação tranquila. Foto ilustrativa: Stock Photo

Leia mais sobre
SAÚDE

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*