NET: modelo e inspiração para as piores práticas comerciais

Gerson Soares

Atualização hoje (10/04/2014)

Após 3 meses e 12 dias da data do cancelamento, depois de fazer três cobranças indevidas em janeiro, fevereiro e março, a empresa Net Serviços finalmente enviou um funcionário para retirar o equipamento que foi usado como desculpa para justificar as cobranças geradas indevidamente. Desculpa por que desde o cancelamento, no dia 26 de dezembro de 2013, ficou acertado que um funcionário retiraria os dois aparelhos, que serviam para captar o sinal da Net em dois pontos na residência, no dia 4 de janeiro. Naquela data, um dos aparelhos foi levado e o outro deixado no local sem justificativa, como mostram as reportagens anteriores a respeito deste caso que acompanhamos.

Os transtornos continuaram neste mês de abril, quando mais uma vez a empresa enviou uma cobrança para ser paga na totalidade da assinatura, tendo o ex-assinante que se submeter a horas ao telefone para conseguir receber uma fatura sem a cobrança indevida que será paga hoje (10/04). Esperamos que agora a Net Serviços tenha entendido e o seu famoso sistema tenha assimilado o cancelamento da assinatura para que no próximo mês a cobrança não seja mais uma vez efetuada indevidamente.

Reportagem iniciada em 18/03/2014
http://alotatuape.com.br/?p=2853

Atualizada em 24/03/2014
http://alotatuape.com.br/?p=2984

Última atualização, hoje 27/03/2014 às 9h.
Ficamos 1 hora e 11 minutos ao telefone.

Ainda estávamos ao telefone com a atendente da Net Serviços, empresa de TV a cabo e telefonia, quando começamos a redigir esta atualização da reportagem iniciada no dia 18 de março. Afinal, hoje (27) o recorde de tempo despendido com a Net foi quebrado: 41m25s com os primeiro e segundo atendentes, mais 29m30s com o terceiro atendente ao telefone, o que gerou três protocolos. Num total de 1 hora e 11 minutos, a partir das 8 horas desta manhã.

Todo esse esforço é para efetivar o cancelamento de uma assinatura e tentar efetuar o pagamento de um dos serviços prestados pela empresa, o Net Virtua, que está na mesma fatura cobrada indevidamente de uma TV por assinatura Net Combo, cancelada no dia 26 de dezembro de 2013, e que em pleno dia 20 de março, três meses depois volta a ser cobrada integralmente, mesmo tendo sido reconhecidos pagamentos proporcionais ao cancelamento. Tentar redigir todos os detalhes é revoltante e levam qualquer um à momentos de ira.

mont

No Brasil, que por brincadeira ou trocadilho deriva de braseiro, vive-se num inferno onde tudo é possível e impossível. É viável, por exemplo, reclamar que a oposição ao governo instale uma CPI para verificar possíveis desfalques na gestão. É possível que gestores da Petrobrás comprem uma usina que não chegava ao valor de 50 mil dólares, pela intolerável quantia de mais de 1,1 bilhão de dólares. Enquanto isso, no braseiro, é impossível acreditar que numa pequena cidade do interior paulista, há mais de um ano se espera pela compra de uma ambulância.

Empresas como a Net, que gastam milhões de dólares na divulgação dos benefícios que oferecem aos clientes/assinantes, não recebem críticas, apenas elogios. Por isso, podem acreditar que é possível chegar ao topo do mercado. Os elogios proclamam que seu faturamento só aumentará em 2014, demonstrando a espetacular gestão que a cerca. Ela mesma se oferece elogios, ao afirmar que entrega o melhor sinal de banda larga, incrivelmente dizendo que chega o mais próximo do contratado.

Será que existe alguém reclamando da Net? Será que essa empresa recebe multas pelas suas péssimas práticas de mercado?

Sim. São 5.500 reclamações entre 2012 e 2013 registradas no Procon de São Paulo, quase 100 por dia se desconsiderarmos os finais de semana. E, sim, a empresa foi multada em milhões no ano passado.

Detalhe sobre este caso que estamos acompanhando: Pela terceira vez foi agendada a visita de um técnico para retirar o aparelho que a Net afirma estar ativo, cuja assinatura foi cancelada em dezembro do ano passado. O tempo de espera chega a 5 horas entre o primeiro e último horários em que ele deverá comparecer.

Outro detalhe: Como a fatura onde constam a assinatura cancelada e o serviço de internet (este sim em uso) não foi paga, o atendimento eletrônico avisa: “Precisamos receber logo para você não ficar sem sinal”.

Com isso, mais uma vez reafirmamos a falta de compromisso com os clientes por parte da Net, sendo um modelo de prática nociva de prestação de serviço e justificamos.

Se a assinatura que ilustra esta matéria foi cancelada em dezembro e reconhecida em janeiro e fevereiro, como poderia ser cobrada integralmente em março, já que a empresa controla o sinal? Conforme afirma o atendimento eletrônico, eles podem cortá-lo a qualquer momento. Desta forma, se quisessem já poderiam tê-lo feito.

O sucesso da Net é um modelo e serve de inspiração para quem pretende tirar vantagem das prerrogativas que possui no âmbito do mercado e também como modelo para tudo aquilo que os consumidores mais execram. Agindo dessa forma, é um mau exemplo como empresa prestadora de serviços, prática que deveria ser devidamente proibida.

Com a palavra os órgãos responsáveis, apenas multar e registrar não deve estar adiantando, pois essa prática de ludibriar continua em ação.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*