Número de vítimas civis causado por combate terrestre aumenta no Afeganistão


Segunda-feira, 20 de abril de 2015, às 18h18


Só em 2015, Missão da ONU no país documentou 136 mortos e 385 feridos por esse motivo. Nações Unidas lamentaram a morte de cinco trabalhadores humanitários da organização ‘Save the Children’.

ONU Brasil – Nos primeiros três meses de 2015, o numero de civis vítimas de combate terrestre, no Afeganistão, cresceu 8% comparado ao mesmo período do ano passado, de acordo com os últimos dados divulgados, neste domingo (12), pela Missão de Assistência da ONU no Afeganistão (UNAMA).

Essa foi a causa que mais vitimou civis no ano. Foram 136 civis mortos e 385 feridos pelo conflito entre as forças pró-governo e os elementos antigoverno, de janeiro a março.

A maioria das vítimas é causada pelos elementos antigoverno (73%), com as forças pró-governo responsáveis por 14% dos casos. Funcionários da ONU no país aproveitaram a divulgação dos dados para convocar todas as partes, e especialmente o Talibã, para cessar ataques contra pessoas que não estão participando diretamente nas hostilidades.

Mulheres fazem fila para coletar sacos de divisão grão de bico, trigo e óleo de cozinha sendo distribuídos pelo Programa Alimentar Mundial (PAM). Foto: Eric Kanalstein/ UN 29/06/2012

Um campo de deslocados internos no norte do Afeganistão. Foto: UNAMA/Eric KanalsteinAs

Mulheres encontram alívio para a 45 graus sol do meio-dia em um Programa Alimentar Mundial (PAM) de ponto de distribuição de alimentos.  Foto: Eric Kanalstein / UN 29/06/2012

“Com todos os sinais apontando para um crescimento do conflito nos próximos meses, com consequências devastadoras para os civis, as partes devem agir com urgência sobre os compromissos que fizeram para evitar danos a civis, principalmente mulheres e crianças”, disse Georgette Gagnon, diretora de direitos humanos da UNAMA, acrescentando que o número de crianças e mulheres vítimas do confronto aumento 15% em relação a 2014, um recorde sem precedentes. Foram 55 mulheres mortas e 117 feridas e 123 crianças mortas e 307 feridas.

A segunda maior causa de vítimas civis foi por dispositivos explosivos improvisados, com 155 mortes e 275 feridos. No total, nos três primeiros meses de 2015, foram 655 mortes e 1.155 feridos documentados pela UNAMA.

No dia 11 deste mês, o coordenador de direitos humanos da ONU no Afeganistão expressou sua tristeza pelos cinco membros da organização internacional ‘Save the Children’, encontrados mortos no dia 10 de abril, depois de terem sido sequestrados no início de março, na província de Uruzgan.

“Estou profundamente entristecido pelas chocantes notícias. Eu compartilho a dor de nossos colegas da Aliança Internacional Save the Children e das famílias dos mortos”, disse Mark Bowden, vice-representante da ONU e da Missão no país.

O Afeganistão é um dos mais desafiadores lugares para a comunidade humanitária devido às mortes, sequestros e ataques contra os agentes humanitário que ocorrem frequentemente. Em 2014, 57 trabalhadores humanitários foram mortos no Afeganistão, de acordo com a UNAMA.

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*