Obra amplia vazão de água do Sistema Alto Tietê


Terça-feira, 30 de junho de 2015, às 16h36


Nove quilômetros de adutoras fazem ligação até o rio Guaió; medida é essencial para garantir o abastecimento da população no período de estiagem.

As obras que aumentam a captação de água do Rio Guaió, ampliando em mil litros a vazão do Sistema Alto Tietê, foram entregues pelo governador Geraldo Alckmin nesta segunda-feira, 29. Serão diretamente beneficiados mais de 300 mil moradores de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Suzano e Mogi das Cruzes, além de parte de Guarulhos, na Grande São Paulo, e uma parcela da zona leste da capital.

 

Nove quilômetros de adutoras fazem ligação até o rio Guaió. Foto: A2img / Daniel Guimarães

Nove quilômetros de adutoras fazem ligação até o rio Guaió. Foto: A2img / Daniel Guimarães

 

“Estamos entregando a primeira das três obras importantíssimas para garantir o abastecimento hídrico durante o período seco. Feita diretamente pela Sabesp. São nove quilômetros de adutoras feitos em tempo recorde. Uma estação elevatória de água bruta, válvulas redutoras de pressão”, disse o governador. As adutoras ligam o rio Guaió ao Sistema Alto Tietê, levando 1 m³/s de água para o Ribeirão dos Moraes, afluente do rio Taiaçupeba-Mirim que, por sua vez, deságua na represa Taiaçupeba.

Com investimento total de R$ 28,9 milhões, o serviço foi implantado no município de Suzano, na divisa com Ferraz de Vasconcelos. O rio Guaió nasce na cidade de Mauá, na região do ABC, e tem extensão aproximada de 20 quilômetros, passando pelos municípios de Ribeirão Pires, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Poá. É contribuinte do rio Tietê, na divisa de Poá com Suzano.

Importância da obra

A obra entregue vai aumentar a quantidade de água que entra no Sistema Alto Tietê no período de poucas chuvas. O sistema é composto por cinco represas (Ponte Nova, Paraitinga, Biritiba-Mirim, Jundiaí e Taiaçupeba). São alimentadas pela chuva direta sobre elas e pelos rios que as abastecem. Portanto, a entrada de mais um rio (o Guaió) para alimentar as represas vai ampliar o nível de todo o sistema.

 

Com investimento total de R$ 28,9 milhões, o serviço foi implantado no município de Suzano. Foto: A2img / Daniel Guimarães

Com investimento total de R$ 28,9 milhões, o serviço foi implantado no município de Suzano. Foto: A2img / Daniel Guimarães

 

A medida é essencial para garantir o abastecimento da população no período de estiagem, que vai até o fim de setembro. O Alto Tietê tem grande capacidade de tratamento, de 15 mil litros por segundo, mas suas represas estão com nível baixo. A captação do Guaió vai elevar o volume armazenado.

Sistema Alto Tietê já recebeu outra ampliação

Em 27 de janeiro deste ano, foi entregue a ampliação da transferência de água do córrego Guaratuba para o Sistema Alto Tietê. A obra, feita em pouco mais de dois meses pela Sabesp, contribuiu para aumentar o volume armazenado nesse sistema. O Guaratuba nasce na serra do Mar e deságua em Bertioga, no litoral. Com a obra, o volume transferido para a Grande São Paulo subiu de 500 litros por segundo de água para 1.000 litros por segundo. A obra teve início no dia 5 de novembro de 2014 e foi realizada com mão-de-obra própria da Sabesp.

O Sistema Alto Tietê também será beneficiado pela interligação do braço Rio Grande (que pertence à represa Billings) à represa Taiaçupeba. A transferência de água será feita por bombeamento. Para isso, três bombas flutuantes de grande capacidade serão instaladas. A obra proporcionará maior entrada de água para o Alto Tietê. No total, o empreendimento está orçado em R$ 132 milhões. O volume de água a ser repassado à represa Taiaçupeba será de até 4.000 litros por segundo.

Do Portal do Governo do Estado
As membranas utilizadas nesta nova fase são ultrafiltrantes, uma tecnologia de ponta já empregada em países como Estados Unidos, Israel e Cingapura. Foto: Ciete Silvério

As membranas utilizadas nesta nova fase são ultrafiltrantes, uma tecnologia de ponta já empregada em países como Estados Unidos, Israel e Cingapura. Foto: Ciete Silvério

Leia mais sobre
ÁGUA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
  • Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*