ONU Mulheres e canal GNT firmam parceria e lançam campanha #ElesPorElas


Sábado, 20 de junho de 2015, às 20h42


O movimento tem como objetivo mobilizar o público masculino a favor da luta pelo empoderamento feminino e provocar a discussão pela igualdade de gênero.

A partir desse mês, o GNT – em parceria com a ONU Mulheres – lança o movimento #ElesPorElas, que tem como objetivo mobilizar o público masculino a favor da luta pelo empoderamento feminino e provocar a discussão pela igualdade de gênero. A campanha é uma versão brasileira de #HeForShe, já conhecido mundialmente. Por isso, na próxima quarta-feira (24), no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, o canal e a entidade das Nações Unidas juntam suas forças e lançam a ação.

 

Rodrigo Hilbert é um dos apoiadores do movimento #ElesPorElas no Brasil. Foto: ONU Mulheres

Rodrigo Hilbert é um dos apoiadores do movimento #ElesPorElas no Brasil. Foto: ONU Mulheres

 

De acordo com a representante da ONU Mulheres Brasil, Nadine Gasman, a parceria com o GNT colabora para amplificar a defesa dos direitos das mulheres no Brasil. “É a vez de os homens se somarem ao debate e à ação para eliminar as desigualdades de gênero, gerando consciência pública sobre a urgência da mudança de comportamentos e atitudes diárias. Para isso, a mídia tem um papel fundamental”.

O objetivo do evento é, a partir de uma dinâmica em total sintonia com o viés da campanha, colocar o homem como centro do ativismo e do diálogo, e trazer o tema para uma reflexão conjunta. Desta forma, GNT e ONU Mulheres pensaram em cinco painéis, com cerca de 20 minutos cada, mediados pelos apresentadores Marcelo Tas e Astrid Fontenelle. Os temas abordados serão: trabalho, assédio, mídia, vida em casal e infância.

Além disso, com o apoio do canal e o engajamento do seu elenco, a campanha tem como meta alcançar 100 mil assinaturas, somente aqui no país, para contribuir com o mapa mundial de engajamento à causa, que está disponível no site www.heforshe.org. O Brasil é atualmente o líder do ranking de adesões nas Américas do Sul e Central.

Para a ONU Mulheres, assim como para o GNT a aceitação e o reconhecimento dos benefícios de uma sociedade integralmente igualitária, por parte da população masculina, são de extrema importância. É preciso que juntos, homens e mulheres, ajam a favor de um ideal comum e sigam em busca de mudanças culturais, sociais e institucionais. Por isso, a campanha atua em diversas frentes como, por exemplo, o empoderamento econômico das mulheres e o aumento da participação e lideranças femininas. A igualdade de gênero precisa ser vista, sobretudo, como um direito humano.

Acesse a plataforma em http://gnt.globo.com/especiais/eles-por-elas

Arte: ONU Mulheres

Arte: ONU Mulheres

Leia mais sobre
MULHER

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro
Assista ao programa de TV Ciência Aberta
Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo
STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo
Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo
Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo
Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula
Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo
  • Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro

  • Assista ao programa de TV Ciência Aberta

  • Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo

  • STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo

  • Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo

  • Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo

  • Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula

  • Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*