Período Proterozóico: “O oceano ao longo do tempo geológico”


Domingo, 28 de junho de 2015, às 13h54


Comunidade Ediacaran, Proterozóico (2,500-542 milhões de anos atrás)

 

Ilustração: Smithsonian Institution

Ilustração: Smithsonian Institution

 

Os primeiros animais terrestres tinham corpos macios. Esta ilustração mostra uma comunidade desses animais no período Ediacaran (edi-A-Karan). Algumas espécies do oceano se assemelhavam a criaturas vivas. Outros são muito diferentes de todos os organismos conhecidos e não podem ser classificados. Os cientistas descobriram fósseis desses animais em rochas sedimentares em todo o mundo.

 

Ilustração: Instituição Smithsonian

Ilustração: Instituição Smithsonian

Na próxima edição veremos o Período Cambriano

Ilustração: O Arqueano Mundial / Peter Sawyer

Ilustração: O Arqueano Mundial / Peter Sawyer

Leia mais sobre
OCEANO PRÉ-HISTÓRICO

 

Foto: NASA

Foto: NASA

Leia mais sobre
OCEANOS

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
  • Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*