Petroquímica de Suape é investigada pelo TCU


Terça-feira, 21 de outubro de 2014 às 05h01

Pernambuco 247 – Não é só a construção da Refinaria Abreu e Lima, no Complexo Industrial e Portuário de Suape, em Pernambuco, que está sendo alvo de investigação. O Tribunal de Contas da União (TCU) também teria identificado falhas na construção do Complexo Petroquímico que está sendo implantado no local, ao lado da refinaria.

 

Conclusão das obras do Complexo Petroquímico de Suape em Pernambuco atrasou cinco anos. Foto: AI SUAPE

Conclusão das obras do Complexo Petroquímico de Suape em Pernambuco atrasou cinco anos. Foto: AI SUAPE

 

Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de São Paulo, o TCU estaria investigando os prazos para a implantação do complexo e os gastos com obra, cujo orçamento passou de R$ 2 bilhões para cerca de R$ 5,5 bilhões. A entrega do complexo estava prevista inicialmente para 2009, mas o projeto só foi finalizado neste exercício.

O órgão fiscalizador teria feito vistorias entre 2012 e 2013. Na ocasião os fiscais teriam apontado aumentos de até 100% nos gastos com mão de obra. Além disso, a empreiteira Odebrecht teria sido contratada sem licitação, o que apesar de permitido pela legislação não costuma ser feito pela Petrobras, responsável pela implantação do empreendimento.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*