PF prende Wesley Batista em São Paulo, vídeo


Quarta-feira, 13 de setembro de 2017 às 13h24


A prisão aconteceu na manhã desta quarta-feira (13). Os irmãos Batista são investigados por crime de uso indevido de informações privilegiadas no mercado financeiro.

O pedido de prisão de Wesley Batista foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal. Joesley estava em regime de prisão temporária que poderia durar cinco dias e ter um adiamento de mais cinco. De acordo com a nota do MPF, a prisão agora é preventiva, sem data prevista para que eles sejam soltos. Os dois são investigados pelo crime de insider trading – uso indevido de informações privilegiadas no mercado financeiro.

O caso de São Paulo também envolve indiretamente a delação. Dias antes do anúncio da homologação da colaboração premiada de Joesley Batista e Ricardo Saud, os irmãos controladores do grupo J&F autorizaram a compra milionária de dólares e venda e posterior recompra de ações do grupo em um conjunto de operações realizadas dias antes da homologação da delação, caracterizando o crime de insider trading, investigado pela PF e pelo MPF.

 

Coletiva da Polícia Federal. Foto: Reprodução Youtube

 

A prisão preventiva dos irmãos foi decretada esta manhã pelo juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo. O pedido formulado pela PF e MPF se baseou em relatórios da CVM e da PF que constataram que as operações financeiras eram extremamente atípicas. Além da aquisição de contratos futuros de dólar e contratos a termo de dólar, a empresa FB Participações vendeu 200 milhões de ações da JBS, que estavam em alta, alguns dias antes da divulgação da celebração do acordo.

Posteriormente, com a divulgação da informação privilegiada (homologação da delação), com o preço das ações já em baixa, em virtude da venda realizada dias antes, os investigados readquiriram as mesmas ações por valores bem inferiores.

O valor das operações, somente com os dólares, foi de quase US$ 3 bilhões, e causou um lucro aos irmãos Batista de US$ 100 milhões de dólares, sendo esta praticamente a mesma quantia da multa prevista na delação no processo criminal (US$ 110 milhões). No acordo de leniência firmado com o MPF-DF, o valor da multa acertada foi de R$ 10,3 bilhões.

O pedido de prisão preventiva foi formulado para que fosse interrompida a prática de crimes por parte de Joesley e Wesley. Segundo o pedido, assinado ontem, 12 de setembro, pelos procuradores da República Thaméa Danelon e Thiago Lacerda Nobre, Procurador Chefe da Procuradoria da República em São Paulo, “a organização criminosa (formada pelos irmãos Batista) continua articulada e em pleno funcionamento”.

Foi constatado que mesmo após assumir o compromisso de não cometer outros crimes, Joesley continuou perpetrando ilícitos criminais, e no entendimento do MPF “somente a prisão preventiva dos investigados poderá interromper a continuidade delitiva”, afirmou a Procuradora da República Thaméa Danelon.

A prisão de Joesley Batista por ordem do STF é temporária. A prisão preventiva não apresenta prazo determinado, podendo se estender no tempo enquanto for necessária às investigações e ao processo.

As informações são do MPF

COLETIVA DA PF SOBRE PRISÃO DE WESLEY BATISTA 13-09-2017 

ShowTube BR

São Paulo - Saída do empresário Joesley Batista, dono da JBS, da sede Superintendência da Polícia Federal, após prestar depoimento.
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Leia mais sobre
JUSTIÇA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*