Preços agropecuários fecham setembro em alta de 0,88%


Terça-feira, 21 de outubro de 2014 às 06h11

 

O IqPR - Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista registrou alta de 0,88% no mês de setembro de 2014, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Os produtos que apresentaram altas foram: banana nanica (17,47%), carne de frango (10,31%), laranja para mesa (6,69%), leite cru resfriado (5,57%), carne bovina (5,06%), carne suína (4,88%), amendoim (2,99%), café (2,52%), soja (1,56%), tomate para mesa (0,92%) e arroz (0,25%).

 

Café em alta nas bolsas de New York e London. Foto ilustrativa: Stock Photo

Café em alta nas bolsas de New York e London. Foto ilustrativa: Stock Photo



No caso da banana, a seca que atingiu o Vale do Ribeira gerou perdas que diminuíram a oferta do produto no mercado paulista e, consequentemente, elevou os preços recebidos pelos produtores, afirmam José Alberto Angelo e Danton Bini, pesquisadores do IEA. O aumento das exportações e da demanda no mercado interno foram os principais motivos da alta do preço da carne de frango no mercado nacional em setembro.

Para laranja de mesa, a forte estiagem que acometeu as plantações durante todo o ano de 2014 reduziu a oferta do produto, aumentando o preço recebido pela caixa de 40,8 kg comercializada pelos produtores paulistas. Os mesmos motivos climáticos diminuíram a disponibilidade de pastagens para os pecuaristas de leite e carne, o que reprimiu a presença de seus produtos no mercado, ascendendo seus valores de negociação.

Já os produtos que apresentaram as maiores quedas de preços foram: trigo (19,98%), ovos (16,71%), batata (11,54%), laranja para indústria (3,43%), algodão (1,73%), feijão (0,70%) e cana-de-açúcar (0,17%).

Últimos 12 Meses

No acumulado dos últimos 12 meses o IqPR registrou variação positiva de 9,83%. Os produtos que tiveram preços com incrementos em patamares mais elevados que a inflação acumulada nos últimos 12 meses foram os seguintes: tomate para mesa (74,95%), café (61,62%), laranja para mesa (29,13%), carne suína (26,16%), carne bovina (22,68%), laranja para indústria (17,86%) e arroz (7,71%). Cana de açúcar (4,82%) e amendoim (2,34%) apresentaram variações positivas abaixo da inflação acumulada nos últimos 12 meses.

Já os produtos que apresentaram reduções de preços foram: batata (56,22%), feijão (46,35%), trigo (39,69%), ovos (23,40%), algodão (20,54%), banana nanica (13,60%), soja (11,76%), carne de frango (9,46%), milho (7,13%) e leite cru resfriado (3,12%).

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*