Presidente armênio afirma que genocídio ocorrido há 100 anos foi planejado


Sexta-feira, 24 de abril de 2015, às 18h15


Da Agência Lusa

O presidente da Armênia, Serge Sarkissian, afirmou hoje (24) que o massacre de 1,5 milhão de armênios há 100 anos foi um genocídio planejado e que negá-lo é uma derrota da consciência humana.

“Os armênios foram deportados e aniquilados segundo um plano estatal, com a participação direta do Exército, da polícia e de outras instituições e grupos criminosos libertados especificamente para esse fim pelos turcos otomanos”, disse Sarkissian.

 

O presidente da Armênia, Serge Sarkissian (5º da direita p/ esquerda), caminha ao lado dos líderes mundiais em Yerevan. Foto: Armenian Genocide Museum & Institute

O presidente da Armênia, Serge Sarkissian (5º da direita p/ esquerda), caminha ao lado dos líderes mundiais em Yerevan. Foto: Armenian Genocide Museum & Institute

 

“A 24 de abril de 1915 teve início um dos crimes mais graves do século 20”, disse o presidente armênio na sua intervenção em Tsitsernakaberd, um memorial dedicado aos que morreram. O memorial é o centro das cerimônias que lembram o centenário.

Sarkissian advertiu também para o perigo de negar os crimes contra a humanidade, numa alusão à Turquia, que recusa reconhecer este episódio histórico como um genocídio. “O reconhecimento do genocídio não é um tributo mundial ao povo armênio e aos seus mártires. É o triunfo da consciência humana e da justiça sobre a intolerância e o ódio”, afirmou.

Vários dirigentes mundiais participaram da cerimônia, entre os quais os presidentes francês, François Hollande, e russo, Vladimir Putin.
Saiba Mais

Depois de colocar uma flor no memorial às vítimas, François Hollande apelou à Turquia para reconhecer os massacres de 1915-1917 como genocídio. “Curvo-me perante a memória das vítimas e venho dizer aos meus amigos armênios que nunca esqueceremos as tragédias que o seu povo sofreu”, disse Hollande.

Vladimir Putin afirmou que “nada pode justificar massacres em massa” e que o povo russo está ao lado dos armênios: “Choramos ao lado do povo armênio”.

Depois da cerimônia oficial, centenas de milhares de armênios são esperados para uma procissão no memorial do genocídio, o local mais visitado do país, onde vão depositar velas e flores.

A Armênia sustenta que 1,5 milhão de armênios foram mortos de forma sistemática entre 1915 e 1917 nos últimos anos do Império Otomano. Cerca de 20 países, entre os quais a França e a Rússia, reconhecem ter-se tratado de um genocídio.

A Alemanha reconheceu ontem (23) pela primeira vez o genocídio armênio. O presidente, Joachim Gauck, admitiu a “corresponsabilidade” de Berlim no crime, enquanto aliado dos otomanos na Primeira Guerra Mundial.

Um dia antes, a Áustria, também aliada do Império Otomano, observou, pela primeira vez, um minuto de silêncio para lembrar o genocídio.

A Turquia recusa o termo e defende ter-se tratado de uma guerra civil na Anatólia, agravada pela fome, na qual morreram entre 300 mil e 500 mil armênios.

Genocídio armênio 100 anos - Veja todas as reportagens

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro
Assista ao programa de TV Ciência Aberta
Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo
STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo
Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo
Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo
Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula
Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo
  • Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro

  • Assista ao programa de TV Ciência Aberta

  • Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo

  • STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo

  • Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo

  • Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo

  • Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula

  • Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*