Presidente da Sabesp garante que não haverá rodízio em 2015


Quarta-feira, 13 de maio de 2015, às 17h37


CMSP | por Kátia Kazedani – O presidente da Sabesp, Jerson Kelman, garantiu nesta quarta-feira (13) que neste ano não haverá rodízio de água em São Paulo. De acordo com ele, a vazão no Cantareira, a redução do volume de água retirado do sistema e o investimento em obras para aumentar a distribuição do produto são os principais motivos para dar essa segurança à população.

 

À esquerda, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, esclarece dúvidas dos vereadores da CPI. Foto: Luiz França / CMSP

À esquerda, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, esclarece dúvidas dos vereadores da CPI. Foto: Luiz França / CMSP

 

“Não temos nenhuma previsão de implantar um rodízio neste ano porque temos uma condição que nos permite diminuir a retirada de água do Cantareira e a possibilidade de abastecer regiões, atendidas por eles, com outros sistemas produtores”, explicou Kelman, durante depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Sabesp – instalada na Câmara de São Paulo para estudar o contrato entre a companhia e a prefeitura.

Entre as principais obras em andamento para garantir o abastecimento no município, está a transferência de quatro mil litros de água por segundo do reservatório do Rio Grande para o sistema Alto Tietê, que ajudaria no fornecimento às regiões atendidas apenas pelo Cantareira. “Não deve ter atraso na entrega das obras e essa interligação deverá começar a funcionar em setembro”, sinalizou Kelman.

Apesar disso, o executivo disse que isso não é motivo para que as pessoas deixem de fazer economia. “As chuvas dão a falsa impressão de que os reservatórios estão cheios, mas isso é um equívoco. Por isso, a população deve continuar a economizar”, afirmou.

Questionado pelos parlamentares sobre a necessidade de implementação de rodízio, Kelman explicou que há um plano de contingência. “Embora não enxerguemos no horizonte a necessidade de se fazer um rodízio, temos que estar preparados para o pior, que acreditamos que não vai acontecer”, declarou.

Reajuste

Kelman foi convidado pela CPI para prestar esclarecimentos sobre o reajuste da conta de água em São Paulo. O valor da tarifa, que será aplicado a partir do próximo mês, teve um aumento de 15, 24%. No entanto, a Sabesp havia pedido para a Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo) a aplicação de 22,7% de atualização.

“Não houve divergência de cálculo entre a Sabesp e a Arsesp. Mas a necessidade de pedirmos o reajuste é simples de ser entendida, é a lei de mercado. Temos a falta da matéria-prima, no caso a água, e também o aumento da energia elétrica”, justificou Kelman.

Para o presidente da CPI, vereador Laércio Benko (PHS), os esclarecimentos foram bons, mas não o suficiente. “Ainda ficamos com algumas dúvidas, por exemplo, em relação à clareza na distribuição dos dividendos dos lucros aos acionistas”, afirmou. “Temos uma crise hídrica causada pela inoperância dos três níveis de poderes (municipal, estadual e federal)”, acrescentou.

O relator da CPI, vereador Nelo Rodolfo(PMDB), defende que a fiscalização do serviço prestado seja feito pelo próprio município. “Depois de ouvir o presidente da Sabesp só ficou comprovado que quem deve cuidar da fiscalização é a própria cidade, e não um órgão ligado ao governo estadual (Arsesp), que decidiu por esse aumento abusivo”, sinalizou. “Além disso, fiquei em dúvida se haverá ou não rodízio. Espero que o que Kelman falou seja verdadeiro”, disse.

Apesar da possibilidade reuso, por exemplo, para lavagem de calçadas, estas águas escorrem por várias ruas do bairro do Tatuapé.  Com a escassez esses fluxos de água poderiam ser investigados pelos órgãos competentes. Foto: aloimage

Leia mais sobre
ÁGUA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*