Prevenção contra a dengue deve ser feita também nos canteiros de obras do bairro


Sexta-feira, 27 de março de 2015, às 16h30

 
Como todos sabem, o Tatuapé e Jardim Anália Franco, possuem canteiros de obras para a construção de edifícios por toda parte e eles também merecem atenção especial das autoridades. O morador do bairro, WGA, enviou na noite de ontem (26), a imagem que ilustra sua preocupação, onde pode ser vista uma poça d’água com grandes dimensões no interior de um canteiro de obras localizado à Rua Antonio Alves Barril, sem número, no Jardim Anália Franco – Tatuapé, um dos bairros apontados como focos do mosquito da dengue.

 

Foco da dengue no Anália Franco? Autoridades precisam investigar. Foto: WGA

Foco da dengue no Anália Franco? Autoridades precisam investigar. Foto: WGA

 

Segundo o leitor, o terreno fica próximo ao Shopping Anália Franco, está murado e pintado na cor preta. “Ao lado do St. Marchê”, informou o morador. “Essa ‘lagoa’ se encontra há semanas, e se não estiver enganado, um ‘poço’ de mosquito da ‘dengue’. Liguei para o 156 e me deram três telefones, dizendo que eram da secretaria da Saúde: 3066-8000/3397-8279/3397-8280…”, disse e completou dizendo que é impossível falar nesses números.

Conseguimos contato com o telefone 3066-8000 que é da secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, porém os demais não atendem. Encaminhamos a denúncia a essa secretária e também à mesma pasta da Prefeitura que respondeu no início desta tarde.

“A Prefeitura reforçou o trabalho de combate à dengue. São 2.500 agentes que atuam em toda cidade, com ações de visitas porta a porta, grupos de orientação e ações de combate nos locais de grande concentração de pessoas. As denúncias recebidas por meio dos canais da Prefeitura são encaminhadas à COVISA que enviam agentes após uma análise técnica baseada nos casos notificados e confirmados da região.


Leia também:

Pneu da Dengue no Tatuapé: atitude merece punição rigorosa ou um rádio

Pneu da Dengue volta à árvore, Subprefeitura Aricanduva não responde questões

Pneu da Dengue continua na árvore

Fiocruz – Dengue: vírus e vetor

‘Força tática’ contra dengue terá até PM de São Paulo


Quando um caso de dengue é confirmado e a Coordenação de Vigilância em Saúde (Covisa) é notificada, uma equipe vai até o local para fazer um trabalho de bloqueio de criadouros. No caso de denúncia de terrenos particulares, a Vigilância notifica o proprietário e, caso não haja providências, é necessária ação judicial para entrar no local. O combate ao mosquito Aedes aegypti deve ser um compromisso de toda população. Cerca de 85% dos criadouros se encontram em residências.”

É muito importante prevenir a dengue, uma epidemia que preocupa as autoridades, e os canteiros de obras também precisam ser inspecionados e os trabalhadores orientados. São Paulo, detém aproximadamente metade dos casos da doença. A melhor prevenção é feita individualmente com responsabilidade e cidadania, mas se perceber algo estranho faça como o leitor Wagner, envie uma imagem aos órgãos competentes e/ou descreva o local e endereço, se preferir encaminhe para a nossa redação.

Há poucos instantes (17h10), o leitor atualizou a informação dada nesta manhã. “Esta é a foto da entrada para o terreno Tirei essa foto hoje pela manha da rampa do estacionamento do Shopping Anália Franco. O muro do terreno é cinza e não preto como havia mencionado.”

 

Entrada do terreno: imagem difere da primeira, já que não é possível visualizar com amplitude o local. Foto: WGA

Entrada do terreno: imagem difere da primeira, já que não é possível visualizar com amplitude o local. Foto: WGA

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*