Reiteradas vendas pressionam as cotações do café, afirma IEA


Segunda-feira, 18 de maio de 2015, às 17h22


IEA/APTA | A elevação da taxa SELIC anunciada pelo Comitê de Política Monetária (COPOM) na última quarta-feira do mês de abril, já antecipada pelos operadores do mercado de juros futuros, alavancou as expectativas dos agentes quanto aos valores dos contratos envolvendo a taxa de juros básicos da economia negociados com vencimentos em 2015 e em datas posteriores, especialmente aqueles transacionados a partir da segunda quinzena do mês, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Clima está afetando diversos setores da economia, inclusive a agricultura. Foto: Stock Photo

No momento, o futuro é incerto quanto à oferta, demanda e movimentações de estoques no mercado cafeeiro paulista. Foto: Stock Photo


Houve mudança no patamar das curvas médias semanais do mercado de dólar futuro negociado na BM&F-Bovespa. Na posição média de junho de 2015, os contratos eram negociados a R$3,24/US$, baixando para R$2,98 na média da quinta semana, ou seja, valorização do real de 8,02%, revelando que os agentes de mercado responderam à alta dos juros básicos desfazendo-se de contratos de câmbio futuro, afirma Celso Luís Vegro, pesquisador do IEA.

“No mais importante cinturão cafeeiro do Estado de São Paulo, a Alta Mogiana de Franca, a média do preço diário para o café cereja descascado, recebido pelos cafeicultores, foi de R$491,56/sc. Comparativamente ao registrado em Nova York na média das cotações da última semana de abril, em segunda cotação, de US$¢140,00/lbp equivaleria a R$556,91/sc. conversão considerando a cotação do dólar futuro em igual semana e posição (R$3,01/US$)”, ressalta Vegro. A possibilidade de arbitrar vantagem na contratação de hedge não seria conveniente, considerando que existe aplicação de deságio para a origem brasileira.

A intensa volatilidade que se observa nas cotações futuras do café afastou, aparentemente, os agentes desse mercado, especialmente entre os fundos e grandes investidores. Diante das oscilações baixistas nas cotações, o movimento prevalecente foi o de venda de contratos, o que pode ter até contribuído para quedas ainda mais intensas nessas cotações. Todavia, os agentes reconhecem relativo exagero nesse movimento, diminuindo as posições vendidas. Confirma-se, assim, que o mercado está atuando sem referências firmes quanto ao cenário futuro de oferta, demanda e a necessidade de mobilização de estoques.

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*