Safra do trigo traz boa notícia

Quinta-feira, 10 de julho de 2014 às 17h55

Trigo: São Paulo pode ter a maior produção dos últimos 10 anos

IEA – A produção brasileira de trigo, em 2014, de acordo com a previsão de safra do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), deverá atingir o volume recorde de 7,8 milhões de toneladas, representando um acréscimo de 36,5%, decorrente de uma previsão de expansão de área de 20,3% e de rendimento de 2,9 t/ha. Em São Paulo, o levantamento de abril do Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) e da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), órgãos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento acusa expansão de 16% na área cultivada com o cereal e elevação correspondente da produção de 48%, situando-se, respectivamente, em 64,7 mil hectares e 206,3 mil toneladas.

 

 

Trigo pode ter safra recorde em SP. Foto: Stock Photo

Trigo pode ter safra recorde em SP. Foto: Stock Photo

 

“Daqui para frente, a preocupação dos agricultores é o risco de frustração de safra devido ao comportamento do clima e também de eventuais mudanças no mercado, como via de regra tem acontecido nos últimos anos”, alerta José Roberto da Silva, pesquisador do IEA. As previsões de organismos internacionais de estudos climáticos, como a Organização Meteorológica Mundial da Organização das Nações Unidas, preveem o desenvolvimento do fenômeno climático “El Nino” a partir de meados do ano, o que pode acarretar variações como, por exemplo, excesso de chuvas e/ou estiagens. “Na época de se decidir e planejar o plantio, os preços se apresentam alvissareiros; depois, pela ocasião da comercialização, entram em declínio, fato normal, considerando oferta e procura. Porém, no caso do trigo, o Brasil não é autossuficiente, cuja produção representa apenas 50% do consumo”, complementa Silva.

A retomada dos trabalhos da Câmara Setorial de Trigo de São Paulo, no final de 2013, tem focado a agenda no sentido de direcionar que a escolha de sementes por parte dos agricultores coincida com aqueles cultivares que apresentem a qualidade exigida pelo mercado consumidor de farinha. Na ultima reunião da Câmara, foram discutidos esses temas. O segmento da moagem apresentou um rol de variedades de trigo que, segundo eles, têm qualidade e potencial de uso, mas é preciso que essa seleção seja feita em conjunto com os diversos segmentos, notadamente os da produção agrícola, os da empresas de melhoramento genético (entre outros) e os públicos de pesquisa e produção de sementes. Para tanto, “é necessário o estabelecimento de um programa robusto de produção de sementes, um reforço nos programas de melhoramento genético e um acompanhamento também conjunto do mercado, dos volumes de estoques, tanto oficiais como os da indústria, são informações importantes para subsidiar o planejamento da produção de trigo e obter melhor eficiência da cadeia, reforça Silva.

 

Em dois anos farinha especial para a fabricação de pães teve alta de 40% no atacado e pão francês 9%. Foto: Stock Photo

Em dois anos farinha especial para a fabricação de pães teve alta de 40% no atacado e pão francês 9%. Foto: Stock Photo

 

A elevação de preço tem sido repassada para os diversos níveis de comercialização. Comparando os preços de maio de 2012 e maio de 2014, em termos reais, os preços médios recebidos pelos produtores paulistas apresentaram elevação de 53%, e os da farinha de trigo especial no atacado da cidade de São Paulo e o pão francês no varejo da mesma cidade acusaram elevação de 40% e 9%, respectivamente.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*