Sampaio Moreira, clube do Tatuapé com 85 anos, inaugura sala de troféus


Quarta-feira, 1 de outubro de 2014, às 08h52 - Atualizado às 07h50 de sábado, 11 de outubro

Música ao vivo e a animação de sempre, envolvem a noite de inauguração da Sala de Troféus do E. C. Sampaio Moreira que completou 85 anos em setembro.

Representantes de clubes da zona Leste e do Tatuapé prestigiaram o evento. Foto: aloimage

Thiago Pires, ao microfone, faz a abertura do evento que foi seguida pelo descerramento da sala de troféus. Foto: aloimage

Costa e Paulo Pires, na entrada do novo espaço do Sampaio Moreira. Foto: aloimage

Anexo da sala de troféus, com camisas e fotografias de épocas. Foto: aloimage

Gerson Soares

Um dos clubes mais tradicionais do Tatuapé, recebeu na noite desta terça-feira (30/9) centenas de convidados, enquanto os jogadores do time faziam uma partida de futsal na quadra do ginásio esportivo, também repleto pelas torcidas. O evento marcou a inauguração da Sala de Troféus do E. C. Sampaio Moreira, fundado em 1 de setembro de 1929.

O projeto do do novo espaço foi determinado à partir da decisão da diretoria que passou a utilizar também a sala onde as taças ficavam guardadas, onde no último dia 7, foi inaugurado o Espaço Social Alfredo Burattini Pires. Ambas inaugurações fazem parte da comemoração dos 85 anos do clube, completados neste ano.


Leia também a reportagem:

Sampaio Moreira faz 85 anos


A noite foi especial para vários membros do clube como o ex-jogador e ex-presidente Arnaldo Schiavino, Costa, 74 anos. “Todo o patrimônio não é tão importante quanto este. O maior patrimônio do clube está aqui”, disse referindo-se aos troféus conquistados lembrando-se de vários outros que não puderam ser recuperados.

Na verdade, a sala de troféus, guardará em espaço nobre a memória do clube e suas conquistas, servindo de exemplo às novas gerações de jogadores como Thiago Pires, filho do atual presidente Paulo Pires e neto do presidente de honra do clube José Pires. Coube a ele fazer a chamada oficial para o descerramento da cortina que envolvia a entrada do espaço, honrosamente aberto pelo pai.

Durante o evento foram lembrados os parceiros e as pessoas que tiveram o maior envolvimento na concretização do projeto, além da inserção de todos os membros do clube nesse contexto e coube ao palmeirense Tunicão, uma das figuras emblemáticas do Sampaio Moreira, fazer os agradecimentos.

Num ambiente festivo e alegre as brincadeiras vieram. “Queremos agradecer a presença dos clubes do Tatuapé”, disse Thiago durante a abertura. “O 1º de Maio, Cruzeirinho, Vila Paris, Lusitano da Vila Carrão”, enfatizou. E a torcida presente completou: “A presença do Corinthians... e o Tunicão não perdoou: do Palmeiras...”, levando todos ao riso.

Nesse clima de amizade também estiveram ex-jogadores do Azevedo Soares e outros times da região que sempre povoam as reuniões com sua presença importante e necessária para a continuidade das tradições varzeanas.

Nesse sentido, o próprio Thiago Pires, assumindo já há algum tempo uma participação efetiva junto à diretoria do clube, perpetua a tradição do Sampaio Moreira. Um dos fatores mais importantes para a manutenção dos clubes de várzea, a fim de que seu patrimônio e acervo culturais não se deteriorem com o tempo é o engajamento dos membros mais jovens, para que assumam responsabilidades no futuro.

Clubes que surgiram na várzea e nos campos de futebol como o Sampaio Moreira, envolvem as populações no seu entorno há mais de um século, sendo eles próprios um patrimônio cultural das cidades como no interior e na capital de São Paulo.

Alô SP | Tatuapé - Sampaio Moreira inaugura sala de troféus

Publicado em 01/10/2014

Noite de terça-feira (30/09/2014) nas dependências do E. C. Sampaio Moreira, clube do Tatuapé que comemora 85 anos. As imagens mostram a confraternização antes e depois da abertura da sala de troféus ao público.


Assuntos relacionados

 

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*