Segunda Turma do STF retira acusações de delatores contra Lula das mãos de Moro


Quarta-feira, 25 de abril de 2018 às 13h50


A decisão tomada ontem (24), pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), abre novas oportunidades para a defesa do ex-presidente. Guinada da Suprema Corte tirou de Moro as declarações dos delatores da Odebrecht contra Lula.

Gerson Soares

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem (24), com uma guinada, derrubar a decisão individual do ministro Edson Fachin que determinou o envio de acusações de delatores da Odebrecht contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a 13ª Vara Federal em Curitiba, comandada pelo juiz federal Sérgio Moro. Fachin fizera esse envio em abril de 2017; a defesa de Lula recorreu e o recurso foi rejeitado por unanimidade nessa mesma Segunda Turma em outubro daquele ano, mantendo a decisão do relator da Operação Lava Jato no STF.

 

Sessão da 2ª turma do STF (ainda sem a presença do ministro Gilmar Mendes). Foto: Carlos Moura/SCO/STF (24/04/2018)

 

No entanto, por 3 votos a 2, seguindo voto divergente do ministro Dias Toffoli, agora a Turma entendeu que as acusações contra Lula não têm relação com os desvios de recursos na Petrobras, cujo relator é o juiz Sérgio Moro. Dessa forma, o processo deve ser enviado para a Justiça Federal em São Paulo, onde os supostos crimes ocorreram. Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes seguiram o voto de Toffoli. Edson Fachin e Celso de Mello denegaram o recurso.

De acordo com especialistas, a guinada do STF – que retira dos processos contra o ex-presidente delações do porte de Marcelo e Emilio Odebrecht – poderá impactar nos recursos da defesa do petista, tanto no caso do tríplex do Guarujá quanto do sítio de Atibaia em São Paulo, inclusive a aquisição de imóveis para uso pessoal, para instalação do Instituto Lula e pagamentos de palestras – a Lils Palestras do ex-presidente recebeu 27 milhões como pagamento das palestras (de acordo com matérias da Folha de São Paulo e Estadão) –, em retribuição aos favorecimentos à companhia.

População vêm decisão com indignação

Sem entender muito bem os termos jurídicos e nesse ambiente as inúmeras possibilidades exploradas, a população se limita a indignar-se, diante de mais uma decisão que para o povo só favorece a impunidade. Agora volta a cogitar-se até a soltura e anulação do processo que condenou Lula aos 12 anos e 1 mês de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro, e a possibilidade de sua candidatura à presidência da República em outubro próximo. Apesar disso, mesmo sendo transferidas para o Ministério Público de São Paulo, Moro pode pedir compartilhamento das informações, o que pode acarretar mais uma série de interpretações jurídicas.

Na mesma medida em que o STF vem se popularizando – através das transmissões ao vivo pela TV e internet –, diante de decisões polêmicas como esta, a Suprema Corte vai dando ao entendimento popular o teor do seu empenho para acabar com a corrupção no Brasil. Esse mal que impede parte da grande massa popular de obter o avanço e o sucesso que merece. Após a divulgação da decisão da Segunda Turma do STF, que pode ser chamada de uma vitória, o advogado do ex-presidente emitiu um comunicado. Leia abaixo.


Nota da Defesa de Lula

A decisão proferida hoje pela Segunda Turma do STF confirma o que sempre foi dito pela defesa do ex-Presidente Lula. Não há qualquer elemento concreto que possa justificar a competência da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba nos processos envolvendo o ex-Presidente. Entendemos que essa decisão da Suprema Corte faz cessar de uma vez por todas o juízo de exceção criado para Lula em Curitiba, impondo a remessa das ações que lá tramitam para São Paulo.
Cristiano Zanin Martins


Com informações da Veja.com, Estadão, Agência Brasil e STF

Parlamentares do Partido Progressista estão sendo sob a mira da Lava Jato no Congresso nesta terça-feira: Deputado Federal Eduardo da Fonte (Foto: José Cruz/ABr) e Senador Ciro Nogueira (Foto: Agência Senado)

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro
Assista ao programa de TV Ciência Aberta
Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo
STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo
Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo
Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo
Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula
Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo
  • Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro

  • Assista ao programa de TV Ciência Aberta

  • Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo

  • STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo

  • Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo

  • Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo

  • Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula

  • Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*