Sorocaba é a mais nova Região Metropolitana do Estado de São Paulo

Depois de quatro Regiões Metropolitanas (RM) e duas Aglomerações Urbanas (AU), Sorocaba é a quinta Unidade Regional (UR) e já nasce com mais de 1,7 milhões de habitantes.

O governador Geraldo Alckmin sancionou nesta quinta-feira, 8, o Projeto de Lei 1/2014, aprovado por unanimidade na Assembleia e que cria a Região Metropolitana de Sorocaba.

Governador Geraldo Alckmin sanciona Projeto de Lei que cria a Região Metropolitana de Sorocaba. Foto: Diogo Moreira

Governador Geraldo Alckmin sanciona Projeto de Lei que cria a Região Metropolitana de Sorocaba. Foto: Diogo Moreira

A região está estrategicamente situada entre duas outras importantes regiões metropolitanas do país: São Paulo e Curitiba, além de manter limite territorial e processo de conurbação com a Região Metropolitana de Campinas.

“São 26 municípios de uma das regiões que mais crescem no Estado de São Paulo. A transformação em Região Metropolitana é uma ferramenta para integração, sinergia e desenvolvimento da região, além da melhoria na qualidade de vida da população”, afirmou Alckmin.

O governador aproveitou para dizer que vai encaminhar para a Assembleia Legislativa o projeto criando a Agência de Desenvolvimento e o Fundo de Desenvolvimento Metropolitano de Sorocaba. “Vamos ter um ganho importante em benefício de uma região que é uma das mais prósperas de São Paulo”, finalizou.

A Região Metropolitana de Sorocaba concentrará uma população aproximada de 1,7 milhão de habitantes e contará com um Conselho de Desenvolvimento, composto pelos prefeitos dos municípios de Alambari, Alumínio, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Boituva, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Ibiúna, Iperó, Itu, Jumirim, Mairinque, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Sorocaba, Tapiraí, Tatuí, Tietê e Votorantim.

Sorocaba destaca-se em âmbito nacional por intensa e diversificada atividade econômica, caracterizada por produção industrial altamente desenvolvida, com predominância dos setores metalmecânico, eletroeletrônico, têxtil e agronegócio (cana-de-açúcar). A região possui 11 municípios localizados no eixo das rodovias Castello Branco e Raposo Tavares, com economias baseadas em atividades industriais. Destes, cinco apresentam especial importância na economia do Estado: Sorocaba, Itu, Salto, Cerquilho e Votorantim. É a maior produtora agrícola entre as regiões metropolitanas, com elevada diversidade. Tem papel relevante na produção estadual de minérios, como cimento, calcário, rocha ornamental, pedra brita, argila, complexos carbonatíticos e tungstênio.

Com Produto Interno Bruto (2011) de R$ 46,7 bilhões, é equivalente a 3,46 % do PIB gerado no Estado e ocupa a 11º posição da economia estadual. Este porcentual é próximo ao da RM de Santos (3,88%), superado apenas pelos das RMs do Vale do Paraíba e Litoral Norte (4,68%), Campinas (7,84%) e de São Paulo (56,32%). Apresenta a atividade industrial voltada à inovação e ao desenvolvimento científico e tecnológico. Abriga o Parque Tecnológico de Sorocaba, inaugurado em 2012. Conta com a Agência de Inovação e a Incubadora Tecnológica, laboratórios e convênios com mais de 10 universidades nacionais e internacionais, Centro Experimental de Aramar, da Marinha Brasileira, localizado na região da Flona Ipanema (Floresta Nacional de Ipanema)/Iperó.

Os empregos formais estão concentrados (96,9%) nas atividades urbanas, sendo 36,88% no setor de serviços, 36,08% na indústria e 20,72% no comércio. A ocupação na construção civil representa 3,22% e na agropecuária representa 3,10% do total. Sorocaba se sobressai com 38,7% dos empregos da região, seguida por Itu, com 11,5%.

Conta com cinco unidades de conservação, abrangendo 19% do seu território, num total de 1.572 Km², além de áreas municipais e particulares protegidas. Têm destaque no turismo os circuitos históricos e o ecoturismo.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*