Rosberg larga na pole no GP da Espanha de Fórmula 1
maio09
Leia mais
Porsche apresenta a 2ª geração do 919 Hybrid em Paul Ricard
mar29
Leia mais
Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 – 2014
nov10
Leia mais
Rússia sedia pela primeira vez o GP de F1
out12
Leia mais
Lamborghini revela o Huracán LP 620-2 Super Trofeo
set04
Leia mais
Ricardo Maurício se iguala a Chico Serra em Curitiba
set02

Ricardo Maurício se iguala a Chico Serra em Curitiba

  Vídeo com os melhores momentos da 7ª da Stock Car, realizada em Curitiba-PR.   Terça-feira, 2 de setembro de 2014 às 12h55 Ricardo Maurício vence 2ª corrida da rodada dupla de Curitiba neste final de semana. Parece que a visita à aldeia indígena urbana Kakané Porã trouxe sorte ao piloto da equipe Eurofarma RC que largou na pole position e venceu de ponta a ponta pela 4ª vez em Curitiba. Ricardo Maurício levou a melhor na segunda corrida da etapa de Curitiba do Circuito Schin Stock Car. Sob a intensa chuva que caiu sobre a capital paranaense, o piloto da equipe Eurofarma RC driblou as adversidades e, mesmo sem o Limpador do para-brisafuncionando adequadamente, venceu a prova de ponta a ponta. De quebra, Ricardo Maurício escreveu seu nome no automobilismo paranaense: com o triunfo, o primeiro dele na temporada, ele alcança o lendário Chico Serra como o maior vencedor do Autódromo Internacional de Curitiba, com 4 vitórias.     Depois de quase 1h30 de paralisação por conta da chuva, a direção de prova declarou encerrada a corrida 1. Com os carros já alinhados no grid, depois de a decisão oficial ser comunicada os pilotos receberam sinal verde para completar a rodada dupla da etapa. Sob auxílio do Safety car, a largada da corrida 2, teve duração de 20 minutos mais uma volta, e se deu com grid invertido entre os 10 primeiros colocados da primeira corrida: Ricardo Mauricio, Sergio Jimenez, Galid Osman, Rubens Barrichello, Julio Campos, Cacá Bueno, Átila Abreu, Allam Khodair, Valdeno Brito e Daniel Serra. Apesar de a chuva ter dado uma trégua, os pilotos ainda se depararam com água acumulada na pista e, principalmente o spray de água, que prejudica seriamente a visibilidade. Após 2 voltas os carros foram liberados para a disputa, e logo na primeira curva Valdeno Brito recebeu um toque de Allam Khodair, perdendo o controle de seu carro. O maior beneficiado com a relargada foi Rubens Barrichello, que declaradamente prefere guiar em condições adversas. O piloto não demorou para impor sua familiaridade com o piso molhado, ultrapassando Galid Osman e Sergio Jimenez até chegar na vice-liderança. A partir daí, iniciou-se um intenso duelo pela ponta. Por vezes Ricardo Mauricio mudou seu traçado para defender a liderança das investidas de Rubens Barrichello. A ameaça se concretizou na 8ª volta, quando Rubinho assumiu a ponta. Só que Ricardinho, que havia largado na pole position não somente devolveu a ultrapassagem como também conseguiu, sem acionar o Botão Shell V-Power, abrir mais de 2 segundos de vantagem para Rubinho. Apesar da chuva ter voltado com intensidade , e a cortina d’água ser cada vez mais...

Leia mais
Stock Car: Piloto visita aldeia indígena
set02
Leia mais